quarta-feira, 31 de agosto de 2005

PROGRAMA DE 31/08/05

1 - Expensive Soul - Falas disso
2 - Super Shor - Tipo de nigha
3 - Adamastor - Groupies
4 - Da Weasel - Re-tratamento
5 - Os Azeitonas - Um tanto ou quanto atarantado
6 - Jorge Vadio (c/ Adiafa) - Vamos descendo para o sul
7 - Cruzmana - Errante
8 - Superego - Ficção científica
9 - Ölga - Money
entrevista com os Ölga
na sexta nas NRR
10 - Alla Polacca - Secret satellite
entrevista com Rodrigo (Alla Polacca e Borland)
na sexta nas NRR
11 - Dead Combo - Ribot
12 - Alex F e Marta Bernardes - Sabe-se lá

ZDB AO VIVO

Sexta-Feira dia 16 de Setembro às 23h00
Avant_Rock_Sessions:

Vítor Rua+Alexandre Soares+Zé Miguel (PT)

Vitor Rua

Reencontro de duas figuras marcantes do rock mais audaz feito em Portugalnos anos 80, Vítor Rua e Alexandre Soares reencontram-se, mais de dez anosdepois, para voltarem a fazer música com Zé Miguel, baterista dos incendiários Loosers. O trabalho comum de Rua e Soares situou-se e celebrou-se principalmente nos primeiros anos dos GNR, até ao lançamento do primeiro álbum da banda, «Psicopátria». Pouco tempo após o lançamento do álbum “Independança”, Vítor Rua abandonou o grupo, sendo que Alexandre Soares saíria definitivamente corria o ano de 1987. Vítor Rua continua até aos dias de hoje o duo Telectu, com Jorge Lima Barreto, tendo lançado álbuns em nome próprio e enquanto PSP, para além de dezenas de colaborações no campo da improvisação e composição, tendo também trabalhado para bailado. Alexandre Soares faz parte dos Três Tristes Tigres, tendo também sido parte integrante dos Zero. Do trabalho concreto deste trio pouco sabemos e nada conhecemos, para alémda ideia da convergência destas três unidades num projecto que ameaça caminhar sobre os «avantismos» da matriz do rock.

Entrada: 6 €

Sexta-feira dia 30 Setembro às 23h00
Rock’n’Roll_Sessions:

The vicious 5 (PT)


Numa das movimentações de mercado mais bem conseguidas da história discográfica nacional, a Loop Recordings decidiu lançar o primeiro discode longa-duração dos Vicious 5. O hip-hop e o punk rock têm um forte passado em comum, bastando lembrar a evolução dos Beastie Boys cheios de imagens de Ian McKaye na cabeça a passarem do hardcore para os históricosdo hip hop em que se tornaram, ou, mais no plano do rock (sem punk), os Run D.M.C. a ajudarem os Aerosmith a partir as fronteiras entre idiomas que o tempo, à época, tornara tão estética e racialmente separadas. Eassim, em 2005, uma das melhores bandas de rock (já se pode dizer, não?) da história deste país passa para uma das editoras mais profissionais, abertas e carismáticas de Portugal.

Quem os viu incendiar palcos pelo país fora só pode esperar o melhor do novo álbum, «Up On The Walls», que está nas ruas a partir de 30 de Setembro. Estão lá menos JR Ewing (mas a escola contemporânea do novo hardcore está presente, sofrendo avanços por parte da banda), os momentosmais feéricos dos Fugazi (sem as partes chatas), os Who (daquelas cincomúsicas que fizeram em que eram verdadeiramente grandes), a simplicidade enganosa dos momentos mais pesados dos Kinks (menos fuzz, mais overdrive),ou a palavra da revolução interior dos MC5. Com os decibéis bem puxados para cima (como só podia ser), «Up On TheWalls», que os Vicious 5 apresentam na Zé dos Bois, transpira tensão tornada baile urbano, canalizando as propriedades curativas do riff, quet ransfigura dor e angústia em ondas de energia eléctrica de dentes cerrados e berros sorridentes.

Os Vicious 5 são banda para pôr milhares a saltar pelo mundo fora. Quem sabe onde vão parar? Estão todos convidados a aparecer para lhes desejar boa sorte (e começarem a dançar nos concertos dos rapazes também nãoficava nada mal). Já sabem onde é a festa.

Entrada: 7.5 €

CLÃ NA ESTRADA

Image hosted by Photobucket.com


Setembro


- Dia 03, Festa do Avante, entrada Paga.
- Dia 04, Redondo, pelas 23h00, inserido nas Festas da Cidade, entrada livre.
- Dia 17, Porto, pelas 23h30 – Portosounds, Entrada Livre.
- Dia 24, S. Miguel - Açores, no Teatro Micaelense, pelas 22h00, entrada Paga.

PAT KAY & THE GAJOS COM CD QUASE A ROMPER

Image hosted by Photobucket.com


A « Montmartre tour 2005 » foi um verdadeiro sucesso. O acolhimento foi muito bom, com um público entusiasta.

Já com boas credenciais em França, PKG deram assim a conhecer ao público português o universo da banda.

Há blues, rock, reminiscências ora jazzy ora electrónicas, canto e spoken word com textos densos a prevalecer.

Está prestes a ser editado o álbum « Montmartre », distribuído em Portugal pela Música Activa (http://www.musicactiva.com).

O disco contém 12 temas, e conta com a participação especial de Adolfo Luxuria Canibal (Mão Morta), em "Pressure".

"Montmartre" oferece também uma adaptação muito original do clássico "Tu Disseste"da banda bracarense, bem como uma releitura do tema "(Vivo) Na Fronteira" dos UHF – o qual será também posteriormente integrado (com novos arranjos) no disco tributo à banda de Almada.

SÉTIMA EDIÇÃO DA MERZBAU

Image hosted by Photobucket.com


A sétima edição da merzbau já está on line. Desde o dia 31 deAgosto que se encontra disponível em www.merzbau.pt.vu para download gratuito.
link directo: www.merzindie.no.sapo.pt/MERZ0007.htm

Chegados que estamos ao final do mês de Agosto, o mês em que o país pára, em que toda a gente emigra para o Algarve afim de esquecer as dicotomias do dia a dia, chega-nos uma obra escura para nos preparar para mais uma chegada do Inverno. O segundo trabalho de Barcos (mais um alter ego de Vítor Lopes) é um trabalho introspectivo, ambiental e perturbante.

BARCOS
PSICOLOGIA NEGRA

Depois de Drones (2004, Searching Records), Barcos, projecto paralelode Vítor Lopes conhecido como músico de bandas como Frango, Ivone ouHomemCãoVelhoMorto, prossegue a recolha do espólio gravado nos últimosdois anos. Este EP reúne três temas em que predomina o desassossego.

os barcos de dez cozinheiros
à solta nos matagais esquecidos
brilham por sobre a cabeça estranha,
comum aos arruaceiros temáticos.

os dez cozinheiros enganam-se bem
quando julgam ver que flutuam talvez,
à intimidade das oliveiras.
querem ser génios úteis à sociedade,
querem ser um cão inventado
à solta nos matagais esquecidos da mente.

PROGRAMA DE 30/08/05

1 - d3ö - I can never trust ya
2 - Bunnyranch - Little bird get in shape
3 - Wraygunn - Keep on prayin'
4 - André Indiana - Naked
5 - Zen - Play it fast
6 - Superego - ... Há quatro minutos no alentejo
7 - Cruzumana - Errante
8 - Brainwashed By Amalia - Miles away
9 - Dollar Llama - Trippin'
10 - Fishbrain - My way
11 - The Staeven - These lines (are not that straight)
12 - Aside - Capsule v 21
13 - Fonzie - Say hello
14 - Easyway - Fake a smile (my mistake)
15 - Ex Lover Sex - Tonight
16 - The Hellspiders - Motocycle girls

terça-feira, 30 de agosto de 2005

RITMO, AMOE E PALAVRAS É DISCO DE OURO

Image hosted by Photobucket.com


RITMO, AMOR E PALAVRAS um SUCESSO!

O novo álbum deBOSS AC RITMO, AMOR E PALAVRAS acaba de atingir o DISCO DE OURO por vendas superiores a 10 mil exemplares numa altura em que o single"HIP HOP (SOU EU E ÉS TU)"é um dos temas mais tocados na rádio portuguesa...

A provar que HIP HOP SOU EU ÉS TU SOMOS TODOS NÓS! (e só pára quando chegar à Platina!)

R.J.A. NO AVANTE A GRAVAR VIDEO

Image hosted by Photobucket.com


É já no proximo Sábado dia 3 de Setembro que os R.J.A. vão estar na Festa doAvante! (Palco Novos Valores - 19h30m [pontual], esse concerto vai ser gravado na integra, e algumas partes vão ser utilizadas para o 1º Video Clip da banda. A Gravação e Produção vai estar a cargo de Mário Fontinhas, aluno do ultimo ano do curso de Cinema, Video e Comunicação Multimédia da Universidade Lusófona.


O Video Clip estará pronto para o final do mês de Setembro...

SUPERSTEREO DEMONSTRATIOM 2005

Sábado, 3 de Setembro 2005, 23h30
BAR LOUNGE, Rua da Moeda, 1 - Cais do Sodré, Lisboa.
Apresentação do programa do Media-Art Festival SuperStereo Demostration:
DJ set da dupla TRA$H CONVERTERS, importantes divulgadores de música electrónica em Portugal - aqui reciclam o passado à luz do presente,indicando o futuro.

SuperStereo Demonstration 2005
Media-Art Festival
Castelo de Linhares da Beira, Guarda
9 e 10 de Setembro 2005

A segunda edição do Super Stereo Demonstration irá decorrer nos dias 9 e 10 de Setembro de 2005 no castelo de Linhares da Beira, Guarda. Este evento pluridisciplinar de carácter independente e produzido pela editora Variz com o apoio do Município de Celorico da Beira, funciona como espaço privilegiado para mostrar uma parte da mais recente produção nacional no domínio da musica electrónica, performance e video-art, promovendo a experimentação alargada dos processos pluridisciplinares.

> Sexta-feira, 9 Setembro, 19h

Image hosted by Photobucket.com
Micro Audio Waves

Concertos) 19h
Portable, Micro Audio Waves, Kubik, Producers + Hana Bi, João Castro Pinto, Canal 0.

DJ's) 00h>04h
Ballet Mecânico, Dub Video Connection + Fadigaz, Single Again.

DVD ARTscreen) 19h>03h
João Vinagre, Ruy Otero, Sandra Dias, António Caramelo, Pedro Cabral Santo, Christine Fowler + André Sousa, Ana Bezelga, João Carrilho, Miguel Soares, Gustavo Sumpta, Rui Viana.

Vídeo Clips) - 21h
Migso

Lançamento do CD "ZOOS" - Variz 007 den.)
Migso

> Sábado, 9 Setembro, 14h

Image hosted by Photobucket.com
Lolly And Brains

Concertos) - 18h
Dead Combo, Body Code, Lolly and Brains, aCUR, Tam, Lumpen Trio, Traumatics.

DJ's) - 00h>04h
Manu, Tra$h Converters + Dona Sara, Milkshake.

Performance/Banda Sonora ao vivo de ³Eu não² - Samuel Beckett) 21h
Margarida Mestre + Sound Asleep

Performance "Strachiatella")
Quarta Parede

DVD ARTscreen) 17h>03h
João Vinagre, Ruy Otero, Sandra Dias, António Caramelo, Pedro Cabral Santo, Christine Fowler + André Sousa, Ana Bezelga, João Carrilho, Miguel Soares, Gustavo Sumpta, Rui Viana.

Instalação Sonora "Paisagem Transitorizada") 14h>20h
João Paulo Patrício

Percurso Pedestre das Assanhas) 14h>17h
José Reis

Lançamento do CD "TAM" - Variz 008 den.)
Tam

> Castelo de Linhares da Beira

A cerca de 15km de Celorico da Beira e a outros tantos de Gouveia, na vertente norte da Serra da Estrela, incluída no seu parque natural, fica uma das mais belas aldeias de Portugal: Linhares da Beira. Hoje é uma pequena aldeia, que depois de visitada, cedo nos damos conta do esplendor que terá tido em tempos mais remotos. Passear por Linhares é entrar num verdadeiro cenário medieval. O castelo de Linhares da Beira foi o local escolhido para a segunda ediçãodo Super Stereo Demonstration 2005, pela sua beleza e imponência e pelasc ondições naturais que oferece para um evento deste tipo. O Castelo foi estratégicamente colocado sobre um monte de rochedos graníticos, que se avista da estrada da Beira. A torre que se situa no meioda fortaleza é a chamada Torre de Menagem, mais alta que a outra, sendo o posto de observação por excelência.

> Como chegar a Linhares da Beira:

AUTOMÓVEL
De Lisboa: Seguir pela A1 até à saída para Abrantes (A23). Seguir pela A23 até à Guarda; Sem entrar na cidade da Guarda seguir na direcção de Celorico da Beira pela IP5; Ao chegar a Celorico virar na direcção de Coimbra pela N17 até à saída de Linhares. Este itinerário, apesar de mais longo, compensa pela quase totalidade do percurso ser feito por auto-estrada... e não se paga portagem na A23.
Do Porto: Seguir pela A1 até à saída para Vilar Formoso (IP5) perto de Aveiro; Seguir pela IP5 até Celorico da Beira; Ao chegar a Celorico, ainda na IP5, sair para a N17 em direcção a Coimbra; Na N17 sair nas indicações para Linhares da Beira.

COMBOIO - INTERCIDADES
Circulam 3 comboios diários IC entre Lisboa-Celorico Beira-Guarda e Guarda-Celorico Beira-Lisboa; e entre Porto-Coimbra-Celorico-Guarda e Guarda-Celorico Beira-Coimbra-Porto.
Número Verde: 808 208 208

AUTOCARROREDE NACIONAL DE EXPRESSOS
Destino Celorico da Beira
Número Azul: 707 223 344

Nota: Estarão disponíveis, através da Câmara Municipal de Celorico da Beira, ligações regulares entre Celorico e o castelo de Linhares da Beira.

Alojamento:

PARQUE DE CAMPISMO - Grátis
LINHARES DA BEIRA
A Junta de Freguesia de Linhares da Beira associa-se a este evento ao fornecer apoio logístico nomeadamente através da abertura do Parque de Campismo local. As estadias são gratuitas. O parque fica a 1,5 km a pé do SuperStereo 2005, a caminho da rampa de lançamento do Parapente, numl ocal paradisíaco, em pleno Parque Natural da Serra da Estrela.

> Contactos SuperStereo Demonstration:

Miguel Sá: 967 655 889
Fernando Fadigas: 964 223 649
João P. Patrício: 963 743 973

ROSTU LIMPU

Sagas





Chamam-lhe Sagas, um nome de paz que desde os primeiros momentos dos Micro se tornou sinónimo de MCing em estado puro. É um veterano, claro, num movimento que teima ainda em manter-se sob a superfície. Mas as coisas estão a mudar. "Rostu Limpu" é o seu álbum de estreia a solo. No crioulo do título adivinha-se uma postura: alguém que se apresenta de forma transparente, sem máscaras, frontal e verdadeiro, sem truques. "Rostu Limpu" é o mais fiel retrato deste MC, que também é produtor e que tem África no sangue e na alma. Que tem África, sobretudo, na música. E essa, para já, é a grande marca de distinção de "Rostu Limpu" e de Sagas: uma enorme musicalidade não só nos beats, mas também na forma como as palavras são ditas, uma enorme musicalidade na maneira de estabelecer a ponte entre hip hop, África e soul.

A trindade dos Micro – D-Mars, Nel’Assassin e Sagas – tem agora disponíveis discos a solo que revelam exactamente porque é que o som do grupo de "Microlandeses" sempre foi tão diferente de tudo o resto no panorama nacional. D-Mars procurou sentir o pulsar da noite em "Filho da Selva" e estudou o jazz em "The Pyramid Sessions" como Rocky Marsiano, o grande DJ Nel’Assassin revelou a sua vertente de produtor em "Timecode" e agora Sagas mostra-nos o seu "Rostu Limpu". São três direcções diferentes, três sentires diferentes que fazem todos parte de uma mesma dedicação ao universo do hip hop.

Sagas, um "sobrevivente da rima", como faz questão de afirmar em "Quem és tu?", oferece-nos em "Rostu Limpu" um álbum atravessado por um positivismo desconcertante. Talvez porque, apesar de tudo, apesar das crises e das dificuldades, Sagas saiba que a música é equivalente de esperança. Ou talvez porque acredite que é no indivíduo que reside toda a força, capaz de sustentar mudança, evolução, crescimento. E Sagas mostra essa força em temas onde o crioulo, que traduz a sua ascendência cabo-verdiana, se cola na perfeição com o português, criando uma nova postura musical. Exactamente porque não há diferenças: as palavras, em português ou em crioulo, são recursos, ferramentas que Sagas domina na perfeição, equilibrando sentido e flow como poucos.

Musicalmente, há outra revolução. Em primeiro lugar porque, tal como os seus dois companheiros dos Micro, assume o papel de produtor principal criando beats carregados de musicalidade, que não são meras bases para debitar rimas. Os beats de Sagas são significantes por si mesmo e quase sempre têm espaço para respirar. Inteligentemente, Sagas não afoga nunca a música para a sacrificar às palavras. Existe um equilíbrio sabedor, próprio de quem sabe que uma coisa não existe sem a outra. E existe muita soul, no sentido mais clássico do termo, na forma como se constrói a música, com um bom gosto tremendo ao nível dos arranjos.

Com convidados como Milton (dos Philarmonic Weed e agora também nos Cool Hipnoise), D-Mars, Nel’Assassin, Nigga Poison e um novo e secreto valor de nome Michael (que dá voz ao refrão de "Alegria de rimar"), "Rostu Limpu" revela-se um álbum com espaço para o murmúrio e o grito, com espaço para o amor e o ódio, mas este último só às coisas más, que nos prendem e impedem de crescer e evoluir. Há, enfim, retratos, recados e confissões. Para a família, para os amigos, para a sua geração.

Este é o Rostu Limpu de Sagas. O seu único rosto. E a sua única música: forte, frágil, honesta, verdadeira, directa, africana, urbana e actual. Ouçam…

DEAD COMBO AO VIVO

Image hosted by Photobucket.com


Septembro:
03 - FNAC Colombo - Lisbon - 17h00 - Entrada Livre
09 - Passos Manuel - Porto - 22h00 - 5€
10 - Superstereo Demo - Linhares da Beira


Ouve os Dead Combo em:
http://www.myspace.com/deadcombo

SAGAS COM ROSTU LIMPU


Sagas, o MC dos Micro que acaba de editar "Rostu Limpu", o seu trabalho de estreia a solo, apresentará o seu álbum ao vivo no próximo dia 3 de Setembro no Sports Bar, na Praia de Carcavelos. Nessa mesma noite subirão ao palco outros nomes, para ajudar à festa. Os Kazulu são o projecto do cantor Michael, que colabora no tema "Alegria de Rimar", do álbum de Sagas. Do Porto chegará Mundo, membro dos Dealema. E claro, a figura central da noite é Sagas, que repete o espectáculo assinado recentemente no Festival Sudoeste contando para tal com a colaboração do seu companheiro dos Micro Dj Nel'Assassin. Absolutamente a não perder!

A FESTA TRIBAL DOS MATA-RATOS

Image hosted by Photobucket.com


MATA-RATOS "Festa Tribal"
"O disco que agora se apresenta vale o pretensiosismo aos seus autores de olharem para o umbigo e celebrarem a longevidade da sua música. A história que acompanha os 23 anos dos Mata-Ratos revela um exemplo maior do termo subcultura na música portuguesa. Apesar da existência acidentada e de períodos de falência criativa, os Mata-Ratos têm no seu legado um conjunto de ideias que reflectem o quotidiano urbano nacional através de palavras e canções. A resistência invisível da sua história foi construída sem cúmplices e ao largo de modas ou proteccionismos - podem até ignorá-los, mas.Eles Vivem!"

Henrique Amaro (Radialista, Antena 3)

Image hosted by Photobucket.com

Artist: Mata-Ratos
Format: 2CDC
at. # : Rastilho010CD2005 / Barcode: 5609330103525
Release Date: 26 Setembro ´05 (na Rastilho) / 03 Outubro´2005 (nas lojas)
Preço: 12,50eur (c/IVA, preço apenas válido na Rastilho)
Exclusive Distribution: Compact (Portugal) / Dock (Spain) / DiskUnion Ltd (Japan)
Reservas Online: nos sites da Rastilho ao melhor preço do mercado!

E-Card Mata-Ratos disponível em http://www.rastilho.com/ecardmr.htm ou em www.punkpt.com
Especial Mata-Ratos no site Rastilho disponível dia 01 Setembro´05. Deixa o teu comentário a "Festa Tribal"! Faz já a tua reserva/encomenda online para receberes o Cd uma semana antes da sua apresentação oficial em concerto dia 01 Outubro no HardClub em V.N. Gaia.

Review "Festa Tribal"

A mais lendária banda do Punk nacional está de volta aos discos em 2005 com o seu primeiro album ao vivo. Gravado dia 24 de Abril´05 em Leiria (na mini-tour com os The Parkinsons), "Festa Tribal" é uma compilação de autênticos hinos do Punk português, alguns dos quais arquivados como o que o melhor Rock português produziu nos anos 80/90. Assim, munidos de excelentes condições técnicas e um público (estimado em 400 pessoas) ávido para juntar a sua voz a este live record, os Mata-Ratos desfilam clássicos que fazem a restrospectiva perfeita de mais de duas décadas de sangue, suor e lágrimas! Por mais que alguns tentem denegrir e ignorar a história da banda, os Mata-Ratos sempre se mostraram indiferentes a todas as polémicas, entregando-se de corpo e alma em cada concerto, partilhando com o público aquelas músicas que acompanharam a infância de muitos. O resultado são 20 músicas com excelente qualidade sonora e entrega total por parte da banda de Miguel Newton, em 60 minutos intensos! Não satisfeitos com o album ao vivo, a Rastilho desafiou os Mata-Ratos para a edição de um CD extra com conteúdos multimedia. O resultado superou tudo o que tinhamos idealizado inicialmente: para além de dois vídeos em Quicktime incluídos ("Gangue das Batinas" e "Deus, Pátria e Família"), este Cd inclui ainda uma biografia completa de MR escrita por Miguel Newton (desde o ano 1982 até 2005, com muitos episódios curiosos - alguns polémicos - de 23 anos de Mata-Ratos), discografia completa, todos os concertos de MR até aos dias de hoje, árvore geneológica (com referência a todos os elementos MR que passaram pela banda), links, contactos e outras surpresas que nos recusamos a revelar. Tudo incluído numa excelente apresentação multimedia. Por último, destacamos ainda as preciosas colaborações de Jornalistas/Radialistas/Músicos incluídos no booklet desta edição - as suas palavras tornam esta edição ainda mais especial - e o excelente grafismo envolvendo esta edição, a cargo da ComaVisions

Setlist
CD1

1.. PARALISIA CEREBRAL
2.. RAÇA HUMANA RAÇA SUPERIOR
3.. ROUBA O QUE É TEU
4.. ÉS UM HOMEM OU ÉS UM RATO?
5.. MUSGUEIRA CHAINSAW MASSACRE
6.. C.C.M.
7.. MENINA DA RUA
8.. NAPALM NA RUA SESAMO
9.. A MINHA SOGRA É UM BOI
10.. GANGUE DAS BATINAS
11.. DEUS, PÁTRIA & FAMILIA
12.. PEDRA NO SAPATO
13.. LEIS DE MERDA
14.. INOCENTE O DOENTE
15.. TERRORISTA URBANO
16.. AMOR ETERNO
17.. O ARMANDO É UM COMANDO (SÓ VOZ)
18.. EU? ESTOU-ME A CAGAR!
19.. XU-PA-KI
20.. NO MEU SONHO ERA O FIGO

CD2

01. INTRO#1
02. TUDO VAI ACABAR MAL (Ao vivo na Concha Praia das Maças 30-10-2004)
03. ESCRAVO DO SISTEMA (Ao vivo na Concha Praia das Maças 30-10-2004)
04. REI DA NOITE (Ao vivo na Concha Praia das Maças 30-10-2004)
05. BAR GALILEIA (Ao vivo na Concha Praia das Maças 30-10-2004)
06. SAI DA MINHA VIDA (Ao vivo no Cabaret Voltaire, Binche, Bélgica, 27-11-2002)
07. EU TENHO 1 POBRE (Ao vivo no Le Son, Pedrulha/Coimbra, 20-11-2002)
08. INTRO#2

+ Videos "Gangue das Batinas" e "Deus, Pátria e Familia"

+ CONTEÚDOS MULTIMEDIA (Biografia, Discografia, Árvore Genealógica, Concertos, Letras Músicas, Links, Videos, etc, em suporte Multimedia PC)

Image hosted by Photobucket.com

PROGRAMA DE 29/08/05

1 - Ugo - Salto no trampolim
2 - Almaplana - Amar como voar
3 - A Naifa - Hécuba
4 - Jorge Cruz - Fado de uma rua qualquer
5 - Soro - 1 rio
6 - Cruzumana - Errante
7 - Superego - A lenda da irresponsabilidade do poeta
8 - Mesa - Luz vaga
9 - Jorge Palma - Escuridão (vai por min)
10 - Toranja - Carta
11 - Humanos - Rugas
12 - Qunteto Tati - Suor e fantasia
13 - Pluto - O 2 vem sempre depois
14 - Balla - Quero ser o teu volksvagen
15 - Viviane - A vida não chega

segunda-feira, 29 de agosto de 2005

FIFA AO SOM DOS THE GIFT



EA Sports anuncia título disponível dia 30 de Setembro.

Este ano um dos jogos de futebol mais aclamados de sempre – FIFA – conta com a colaboração dos The Gift (uma das bandas portuguesas de maior sucesso e mais irreverentes de todos os tempos).

Devido ao seu ritmo e capacidade de incentivar o jogador a alcançar a vitória, a EA Sports seleccionou a música intitulada 11.33 (que consta do álbum AM/FM), como som de fundo do FIFA 06.

A banda sonora do FIFA 06 representa a paixão e o orgulho de cada país sendo os seus clubes e a música que melhor o definem. Representando Portugal, os The Gift integram a lista dos 39 artistas de todo o mundo que fazem parte desta banda sonora.

Em Portugal o FIFA 06 vai ser lançado para 6 plataformas – GameBoyAdvance™; Nintendo DS, PC CD, PlayStation®2, PSP™ e Xbox® – e vai estar disponível nas lojas já no dia 30 de Setembro.

"B.I" PELA ESTRADA FORA

Image hosted by Photobucket.com


Depois do tão aclamado concerto que inaugurou a Nova Marginal de Leça da Palmeira e que reuniu 25.000 pessoas os Expensive Soul & Jaguar Band dão continuidade à Tour 2005 que leva "B.I." pelaestrada fora.

DATA: 02 de Setembro (Sexta - Feira)
EVENTO: Redondo em Festa
LOCAL: Redondo
SALA: Campo Futebol de R.C.F.
HORA: 22h30
ENTRADA: 5€

DATA: 16 de Setembro (Sexta - Feira)
EVENTO: Coca-Cola SoundWave on Stage
LOCAL: Lisboa
SALA: junto à Torre de Belém
HORA: 19h30

DATA: 17 de Setembro (Sábado)
EVENTO: Festas da Nossa Senhora da Ajuda
LOCAL: Espinho
SALA: Praia da Baía
HORA: 22h00
ENTRADA: Livre

DATA: 30 de Setembro (Sábado)
EVENTO: Arraial do Caloiro
LOCAL: Lisboa
SALA: Alameda do Instituto Superior Técnico
HORA: 22h00
ENTRADA: Paga

O ALINHAMENTO DOS OPRGASMO




O disco de estreia dos Orgasmo tem lançamento marcado para terça-feira, dia 13 de Setembro, com a edição do Blitz, e estará nas bancas durante duas semanas, por apenas 7,50€.

Z é o nome desta galáxia de dez faixas, que propõe uma viagem entre o instrumental e as estimulações vocais do Tóbel (Slamo) e também da Eunice (Carbon H). Como extra, ainda inclui uma faixa multimédia, com algumas surpresas sobre o universo dos Orgasmo e acesso a conteúdos on-line exclusivos. O alinhamento do disco é o seguinte:

ZELDA
ASTRAL
NOVA
URANO
LADIES NIGHT
WORMHOLE 074.9
SEDNA
ENJOY IT [KdX.RMX]
VIDA
A MOMENT

O single 'Nova' está disponível para escuta! E também é possível escutar e comentar mais temas do disco, em www.myspace.com/orgasmoband.

Para uma amostra da capa e mais informações, passem por www.orgasmoband.com.

[ agenda confirmada ]
12.09.2005 > Hard Rock Cafe, Lisboa
15.09.2005 > Maus Hábitos, Porto
17.09.2005 > Festival Rosa dos Ventos, Sintra
03.11.2005 > Santiago Alquimista, Lisboa

Cruzumana - “Cruzumana” (demo, edição de autor)

Image hosted by Photobucket.com

Isto é rock. Rock que não busca influências no que vem lá de fora. Rock que descobre no que se faz cá dentro a melhor maneira de se moldar. Manuel Cruz é a alma que ao longe dá alento aos Cruzuma para escrever canções.
“Desencantos” apesar de ser o tema mais personalizado é o menos inspirado. A voz feminina é aqui uma mais valia que afasta a banda do caminho seguido nas restantes músicas. “Errante”, com umas guitarras fortes, passeia-se lado a lado com algumas músicas dos Pluto. “Entre Mim” fica entre os Cruzumana e os Ornatos Violeta, com a voz a beber na forma de cantar de Manuel Cruz.
Apesar de tudo, estamos perante uma banda com pernas para andar, e que assim que descobrir um caminho só seu terá tudo para triunfar. Com o crescer dos dias, os Cruzumana irão também eles ficar maiores. Este é já um excelente arranque. Agora será necessário assentar os pés na terra e meter mão ao trabalho.
O futuro fica já ali ao virar da esquina…


Nuno Ávila

DESTAQUES DA SEMANA

TEMA DA SEMANA


ERRANTE - Cruzumana
(demo, edição de autor)


Para ouvir todos os dias desta semana


ÁLBUM RECORDAÇÃO


A LENDA DA IRRESPONSABILIDADE DO POETA- Superego
(2000, Murmúrio, Zona Música, Metrodiscos)


Para ouvir um tema diferente todos os dias desta semana

domingo, 28 de agosto de 2005

13 FADOS - 35/2005 - 28 de Agosto

Segunda semana de liderança para os Mesa.
6 temas a subir, 5 a descer, 1 a manter,
1 novidade para colmatar a saída.
AMOR DE CONSERVA - Humanos

Aproximam-se da tabela
RIBOT - Dead Combo
DEIXA-TE FICAR NA MINHA CASA - Filarmónica Gil
FOR YOU TO DANCE - Complicado

13º (11) (19) MARIA ALBERTINA - Humanos
12º (06) (10) HEAVEN - Mark Lewis and the Standards
11º (08) (09) ESTRANHOS À MESA - Margarida Pinto
10º (12) (10) ONE, I SHOULD KNOW YOU - Old Jerusalem
09º (10) (02) QUIMICA - Rey
08º (13) (18) SHINE ON - Blind Zero
07º (09) (13) A VIDA NÃO CHEGA - Viviane
06º (04) (05) I'M A VAMPIRE, I'M DISGUST - Kubik c/ Old Jerusalem
05º (NN) (01) ESTAMOS DE VOLTA - Peste & Sida
04º (05) (02) É - M'as Foice
03º (02) (03) WHO ARE U? - David Fonseca
02º (03) (07) ROUBADORES - Lupanar
01º (01) (04) ARREFECE - Mesa

podem votar para esta tabela
e ganhar CDs
enviem mail com 5 temas

ESTA SEMANACDs
SANTOS DA CASA

Na semana passada
CDs SANTOS DA CASA
para
Carlos Coelho
António Almeida

PRÓXIMA TABELA - domingo 04 de Setembro

MESA NA ESTADA



Os MESA vão fazer 3 apresentações exclusivas do seu 2º disco de originais, “Vitamina”. Esta será uma oportunidade única de ouvir em 1ªmão os temas incluídos neste 2º registo com edição a 12 de Setembro!

As datas são as seguintes:

Dia 1 de Setembro, no Bflat (Porto/Matosinhos)
Dia 10 de Setembro, no Clinic (Alcobaça)
Dia 13 de Setembro, no Lux (Lisboa)

Queremos dar-te a oportunidade de ganhares bilhetes para cada um destes espectáculos! Cada semana será colocada uma pergunta no rodapé da página de entrada do site dos MESA (www.mesa.pt). Para o concerto de quinta-feira no B -Flat, a perguntaa que terão de responder será colocada às 20h00 de terça-feira, dia 30. Os 10 primeiros a responder acertadamente em mesa@mesa.pt, ganham os convites. Não se esqueçam de deixar o vosso nome junto com a resposta. O convite estará à vossaespera na bilheteira!

NOITES RITUAL ROCK- JARDINS DO PALÁCIO DE CRISTAL (PORTO) - 26 E 27 DE AGOSTO

Pelo 14º ano o ritual cumpriu-se em favor da música portuguesa. Pela primeira vez em 14 anos houve uma banda que pegou nas guitarras durante a tarde, se foi embora, deixando um dos palcos mais vazio.
Mais uma vez, este foi um encontro de velhos amigos, que se juntam em duas noites para aplaudir o que de melhor se faz em Portugal.
E se muitos criticavam a falta de grandes nomes, o que é bem verdade é que nestas Noites Ritual, se assistiu a alguns dos melhores concertos de que há memória em todos estes anos.

DIA 26 DE AGOSTO

Palco Principal

WORDSONG

Primeiro concerto da banda ao ar livre. Muitos temas novos. Alguns problemas de som.
As palavras de Fernando Pessoa que vão encher o próximo disco, fizeram-se ouvir, deixando-nos com água na boca. Al Berto esteve igualmente presente em alguns temas do primeiro registo.
A pop, o experimentalismo, o dadaismo e o improviso servidos em alguns minutos de música. O som e a imagem em perfeita comunhão.
Faltou apenas um pouco mais de garra. Se calhar este é um concerto para ver sentado.
O público estranhou. Contudo, aceitou. Não explodiu de alegria, mas aplaudiu.

NOTA: 4

PLAZA


Primeiro grande concerto destas duas noites. O branco a vestir o palco. A festa a invadir o jardim com os corpos a dançar.
O glamour que se mistura com a melhor ectro-pop dos anos 80 é servido em temas que os Plaza criam a pensar na diversão.
Muito suor. Lá em cima do palco e cá em baixo. Os Plaza estiveram frenéticos. É difícil ficar indiferente a um concerto em que os músicos se entregam como se este fosse o último das suas vidas.
A música entra fácil nos ouvidos e comanda o corpo. Sem tempo para pausas. No final estamos todos de rastos.

NOTA: 5

COOL HIPNOISE

Apesar de este ter sido um bom concerto, ficou no ar a ideia de já os termos visto em melhores noites.
Muito funk servido por um naipe de excelentes músicos. Duas grandes vozes. Um grande momento com as percussões a invadirem o palco.
Pelo ar um desfile de temas conhecidos. Faltaram coisas novas. Faltou sentir que a banda tem futuro e que o passado não é muro difícil de transpor.
Assistimos a grandes momentos em que a partilha com o público foi total. Contudo faltou aquele saber fazer, que tão bem caracterizava os Cool Hipnoise, e nos agarrava da primeira à ultima nota dos concertos.

NOTA: 4

Palco Ritual (Noite Borland)

COMPLICADO

Muito complicado. Não tocaram. Ninguém sabe porquê.

ÖLGA



Grande momento. Nada a apontar. Foi perfeito. O público agarrou o som, apesar de a música dos Ölga não ser nada fácil.
Na concha, ouviram-se sons pós-rock, onde cabem momentos sónicos, de improvisação de jazz e claro de rock.
A voz usada, de quando em vez, como instrumento. Os teclados quase sempre a dominarem. As guitarras a chutarem grandes muros de som. A curiosidade de vermos, em alguns minutos, duas baterias em despique.
Sim, porque aqui vale tudo. A imaginação criativa não tem limites.
Ainda bem que existem editoras como a Borland para fazerem chegar estes momentos até nós.

NOTA: 5

ALLA POLACCA


Tudo temas novos. Os Alla Polacca estão vivos. Bons momentos de música, misturados com sons a necessitarem ainda se ser polidos.
Constantes variações de ritmo a surpreenderem o povo. Muita pop. Alguns momentos mais sónicos. Uma leve experimentação.
Concerto muito introspectivo. Uma brisa a soprar no ar que nos diz que o disco que sai para o ano deve ser bom.
Para já a certeza de que em palco os temas sofrem, pois necessitam ainda de uma maior exposição.
Mesmo assim, este concerto valeu muito a pena, pois não há por estes lados muitas bandas assim.

NOTA: 4

DIA 27 DE AGOSTO


Palco Principal

SUPERNADA


Este é o outro projecto de Manuel Cruz. Muito mais próximo dos Ornatos Violeta que os Pluto.
Muito rock Por vezes a lembrar os anos 70. Muita energia. Muito suor na cara dos músicos. O público completamente rendido. Não há quase tempo para respirar.
Primeiro, Manuel Cruz, tira a camisola, depois a ligadura do joelho que lhe tolhia os movimentos. No final do concerto coxeia. O rock assim dói e deixa marcas no corpo do músico que se entrega. A sua alma está naquele palco.
Foi irrepreensível. Este som tem uma força bruta. Só é pena que as palavras se embrulhem por vezes em demasia com a restante música.


NOTA: 4,5

BUNNYRANCH



Ninguém estava à espera disto. Da chuva. E ninguém estava à espera de ver um concerto assim.
Todos se renderam e nem as pingas de água os fizeram arredar pé. Foi impossível resistir a tanto rock. Tanto blues. Tanta energia.
Kaló é um animal de palco. Toca bateria, canta e sem se perder consegue ainda ter o público todo do seu lado. As teclas do Filipe preenchem todo o espaço sonoro.
Pelo meio a versão de “Tetas da Alienação” dos Mão Morta. Irá aparecer num tributo à banda de Braga. O tema deixa de ser dos Mão Morta para pertencer por inteiro à banda de Coimbra.
Não houve tempo para falhas. Foi sempre a abrir. Kaló veio cá a abaixo cumprimentar o público, que por vezes “enganou”, trocando-lhes as voltas nos finais de algumas músicas. No fim agradeceu o esforço dos presentes que resistiram à chuva.
E nós cá em baixo agradecemos este concerto, que não vamos esquecer durante muito tempo.

NOTA: 5

WRAYGUNN


Paulo Furtado é grande. Frenético. Imprevisível. Provocador. A meio do concerto saltou para junto do público, ao voltar a palco trepou pelo suporte que segurava as colunas. Depois subiu para a mesa do DJ. Nunca parou de cantar. Esteve sempre a saltar e a rastejar. No fim teve tempo ainda para amolgar uma das suas guitarras, batendo com ela violentamente no chão. É este o espirito do rock. Um forma de estar em palco que contagia os restantes músicos da banda.
E contagia quem vê. O público rendido ao rock e ao blues dos Wraygunn, não parava de abanar o corpo.
Fecharam em grande com o tema dos The Who “My Generation”, este magnifico momento. Foi um dos melhores concertos que já se viram por estes lados.

NOTA: 5

Palco Ritual

GAJOS BAIXOS


Os Gajos Baixos são altos. São dois baixistas em palco. Bons instrumentistas. Muito jazz, algum improviso. Som difícil de mastigar. Definitivamente não é para este espaço, nem para estas noites.
Depois de alguns minutos, torna-se um pouco monótono.


NOTA: 3


HOUSANDBASS


Um DJ a colocar discos de funk e house, acompanhado por um baixista. O conceito é diferente, mas deslocado do espaço, torna-se pouco apelativo. E depois de se ver um bom concerto rock no outro palco a coisa torna-se ainda mais complicada.


NOTA: 3


ALEX FX

Confesso que depois de ter apanhado uma molha a ver os Bunnyranch, não tive pernas para descer a rampa para espreitar Alex Fx. O que ouvi ao longe pareceu-me agradável. Sentei-me numa cadeira e recuperei forças para ver Wrygunn.


Mais uma vez os parabéns à Ximfrim por estas duas magnificas noites. Fica assim provado que ainda continua a valer a pena apostar na música nacional.
Para o ano cá nos encontramos outra vez.


Nuno Ávila

sábado, 27 de agosto de 2005

PROGRAMA DE 27/08/05

1 - Wraygunn - How long, how long
2 - Bunnyranch - Sheppard
3 - Terrakota - Open your eyes
4 - Prince Wadada - Taxi para Luanda
5 - Pluto - O 2 vem sempre depois
6 - Ornatos Violeta - Chaga
7 - Peste & Sida - Estamos de volta
8 - Mata-Ratos - Sai da minha vida
9 - UHF - Matas-me com o teu olhar (acustico)
10 - Jorge Palma - Escuridão (vai por mim)
11 - Filarmónica Gil - Deixa-te ficar na minha casa
12 - Viviane (c/ José Medeiros) - Amores (im)perfeitos
13 - Jorge Cruz - O calor
14 - Camarão (c/ Melo D) - As tuas mãos
15 - Rocky Marsiano - Hold of me
16 - The Ultimate Architects - Run

PROGRAMA DE 26/08/05

1 - The Unplayable Sofa Guitar - Dad's gun
3 - Muchen - Trotter
4 - Ölga - The hunt
5 - Alla Polacca - Secret satellite
6 - Peste & Sida - Estamos de volta
7 - Mata-Ratos - Armando é um comando
8 - The Nevermet Ensemble - Brazen whispers
9 - Stealing Orchestra - É contra mim que luto
10 - Kubik - Night and frog: ya!
11 - Fat Freddy - Frenesim de canibalismo ritual
12 - Double MP - Fadeinho Beunito
13 - TGB - Lilli's funk theme (to Liliana)

sexta-feira, 26 de agosto de 2005

LOUNGE RECEBE ESTREIA AO VIVO DA BANDA ALEMÃ SUSPICIOUS




São uma das novas bandas internacionais mais badaladas no circuito underground do Electro Punk. Chamam-se Suspicious e são duas raparigas, a portuguesa Suspiria Franklyn (dos Les Baton Rouge) e a belga Caroline Werbrouck (das Harakiri), dois nomes de relevo da cena de Berlim, cidade onde vivem há vários anos. Para ouvir o viciante Punk-Wave da banda, podem visitar o site http://www.suspicious.be/ e descarregar alguns mp3s. Caso não tenham ficado convencidos de que este vai ser um dos concertos do ano, fiquem sabendo que as Suspicious já têm uma legião de seguidores, entre os quais podemos encontrar Peaches, The Hives, Beastie Boys e Franz Ferdinand. O Lounge orgulha-se de as receber para aquela que será a sua estreia ao vivo em Portugal, e o concerto vai ter lugar no dia sábado, dia17 de Setembro, pelas 23 horas.

VIDEOLAB

Transnatura Videolab
Jardim Botânico da Universidade de Coimbra
27 Agosto 2005 – 21H30
Retrospectiva Transverdura

• TELEPHATIC AGRICULTURE
Realização: António Olaio – 2004, 5’19’’



A forte ligação à performance levou António Olaio à música, num curto-circuito entre as artes plásticas e o universo da cultura Pop. Este vídeo surge a partir de uma das canções que fez com o músico João Taborda, e cuja letra é reveladora da forma delirante com que explora as relações conceptuais. Numa reflexão sobre o campo da arte, na relação entre o imaginário e o objectivo, esta agricultura telepática dilui as fronteiras entre realidade e ficção:
If you hold a cabbage for more than a yearthe cabbage will gain an animal life
If you hold a cabbage for more than three yearsyour hand will gain a vegetable life
If you hold my hand when you say farewellwe’ll be together for all of our lives
Telepathic agricultureleaves are hair and grass is fur
Telepathic agricultureroots are veins and stones mon coeur
If I want cabbage, I plant onionsIf I want onions, I plant potatoes
If I want potatoes, I plant tomatoes
If I want tomatoes, I plant garlic
If I want garlic, I plant daisies
If I want daisies, I plant cabbage
If you plant a cabbage in one of your earsyou soon will hear a magical sound
If you plant cabbages in both of your earsyour brain will melt and turn into ground



O vídeo Telepathic agriculture foi apresentado em Novembro de 2004 no Jardim Botânico no âmbito do evento Transnatura video art. E este jardim não é só cenário da sua apresentação, é parte integrante deste vídeo que resulta de filmagens das folhas das suas árvores. Nas imagens destevídeo a relação entre a natureza e o artifício é sublinhada na vegetação que surge como paisagem/fundo e como pele de personagem virtual, numa projecção cibernética do que poderia ser uma experiência subjectiva. Aideia de Telepathic agriculture foi também o título de uma exposição individual que António Olaio mostrou em Berlim e Frankfurt em 2002. As telas aí expostas, como este vídeo, manifestam a ironia de uma estratégia psicadélica, no entendimento da arte conceptual enquanto delírio conceptual, na forma como A.O. articula as ideias com a luxúria plástica da pintura.

Outros videos:

• O JARDIM BOTÂNICO REVISITADO
Realização: Alexandre Ramires – 2004

• VANDELLI
Realização: Susana Paiva – 2003, 12’44’’

• O JARDINEIRO QUE NÃO TINHA PROJECTOS
Realização: Maria Lusitano santos – 2003, 14’33’’

• CORISCO
Realização: António Júlio Duarte – 2000, 21’08’’

TRA$H CONVERTERS @ LOUNGE




Hoje, Sexta-feira, 26 Agosto 2005, 23h30
http://barlounge.blogspot.com/
LOUNGE, Lisboa


> TRA$H CONVERTERS (DJ set)

SUPER STEREO

Image hosted by Photobucket.com

ALA DOS NAMORADOS NA FIGUEIRA



O grupo Ala dos Namorados actua no próximo sábado, dia 27 de Agosto às 22h30, no Salão Caffé do Casino Figueira, na última noite do "Rock in Casino 2005"

Com entradas a 10 € e a 5 € (para os detentores do cartão CasinoFigueira Club).

CANTADO EM PORTUGUÊS

Image hosted by Photobucket.com

P êxitos na tua língua

Quem olhar para o Top de Vendas de fins de Julho e de princípios de Agosto de 2005 fica impressionado com a vitalidade dos discos em Língua Portuguesa. Poucas vezes eles terão representado, no seu conjunto, 70% do Top 20 como sucedeu nestas duas semanas. Ao contrário do mito tantas vezes repetido – “os Portugueses não gostam de Música Portuguesa…” -, o público escolhe de forma decidida quem canta na sua língua e concede ao Brasil o 2º lugar entre os países que contribuem com mais títulos para o Top 20 nacional; o 1º, sublinhe-se com alegria, pertence a Portugal.

“P” é, assim, em primeiro lugar, um álbum que celebra este sucesso, reunindo um número impressionante de estrelas dos dois lados doAtlântico. E que bem que eles dialogam entre si, as baladas de cá e a sde lá, os rocks com os dois sotaques, os dois hip hops, o samba e o fado, os nossos cantores mais queridos. Alguém se zanga de chamarmos nossos ao Caetano e à Bethânia, à Adriana e aos Tribalistas, à Ivete e ao Martinho da Vila? Alguém se espanta se a língua que dá mais jeito para sonhar, para cantar, para namorar continua a ser a que conhecemos melhor, o Português?!

Mas “P” não é apenas uma celebração. É também um caminho. E um caminho em todas as direcções. De cá para lá, de lá para cá. Em Português de toda a parte para toda a parte. Não podemos continuar a ignorar os nossos irmãos africanos, os que cantam lá como os que cantam cá. E se a Cesária é querida e conhecida de todos e a Sara é meio nossa – é toda nossa, todos estes Artistas são todos nossos, como os vossos ouvidos irão comprovar! – não é cedo de mais para conhecer a Patrícia Faria, para nos conhecermos uns aos outros cada vez melhor.

Este “P” é apenas um princípio. E é uma questão de princípio a nossa Música ser cada vez mais fertilizada com o conhecimento de quem vive tão perto, de quem está tão perto de nós. Nos próximos “Ps” haverá mais africanos, as Luras, os Waldemares e os Titos Paris que acabaram por não caber neste primeiro álbum.

Acreditamos iniciar com esta edição um selo histórico, uma escolha que o público consagrará como obrigatória. Por isso, em vez duma, ela é assinada por três editoras, pelas três maiores que operam no nosso país.

“P”: tomem nota. E, depois de ouvirem, digam lá se não temos razão.

José Maria Camara (SONY/BMG) / Tó Zé Brito (UNIVERSAL) / David Ferreira (EMI)

Data de edição: 29 de Agosto 2005
Edição: SONY&BMG EMI Music Portugal Universal

CD 1

1 Humanos - Maria Albertina
2 Da Weasel - Re- Tratamento
3 Xutos & Pontapés - Ai Se Ele Cai
4 Skank - Vamos Fugir
5 Cool Hipnoise - Brother Joe
6 João Pedro Pais - Mais Que Uma Vez
7 Mafalda Veiga - Fim Do Dia
8 Paulo Gonzo - Falamos depois
9 Mesa & Rui Reininho - Luz Vaga
10 Nelly Furtado - Força
11 Boss AC - Hip Hop (Sou Eu e És Tu)
12 Expensive Soul - Falas Disso
13 Jorge Palma - Valsa Dum Homem Carente
14 Gabriel o Pensador - Palavras Repetidas
15 Sara Tavares - Mi Ma Bo
16 Maria Bethânia - Tarde em Itapoã
17 Madredeus - Moro em Lisboa
18 Cesária Évora - Sodade
19 Il Divo - Volta Pra Mim (Unbreak My Heart)

CD 2

20 Adriana Calcanhotto - Oito Anos
21 Tribalistas - Velha Infância
22 Filarmónica Gil - Deixa-te Ficar Na Minha Casa
23 Toranja - Carta
24 Rita Lee - Amor e Sexo
25 Martinho da Vila/Katia Guerreiro - Dar e Receber
26 Mariza - Meu Fado Meu
27 Rui Veloso - Nunca Me Esqueci de Ti
28 Ivete Sangalo - Sorte Grande
29 Roupa Nova - Linda de Mais
30 Clã & Sérgio Godinho - Espectáculo
31 GNR - 6ª Feira (Um Seu Criado)
32 Rodrigo Leão - Rosa
33 Pedro Abrunhosa e os Bandemónio Momento - (Uma Espécie de Céu)
34 Luis Represas - Da Próxima Vez
35 Maria Rita - Cara Valente
36 Lucia Moniz - Chuva (I)
37 Caetano Veloso - Sózinho (remix)
38 Patrícia Faria - Cama e Mesa
39 Ennio Morricone, Dulce Pontes - O Amor A Portugal (Cera Una Volta Il West)

PHONO'05

Image hosted by Photobucket.com

Inscrições de 22 Agosto a 13 Setembro


A Fonoteca Municipal de Lisboa vai promover pela quarta vez consecutiva o PHONO


Esta mostra de música realizar-se-á novamente nas instalações desta biblioteca especializada, nos dias 22, 23, 24, 25 e 26 de Novembro, pelas 21h30.

Na continuação do projecto iniciado em 2002, o PHONO'05 pretende difundir, tanto quanto possível, novas formas de estar na música e novas bandas. Esta mostra continuará a ter entrada livre, apresentando um concerto por noite.

Assim, iremos seleccionar cinco novas bandas portuguesas, de vários domínios musicais (Pop/Rock, Tradicional, Hip Hop etc.), às quais ofereceremos o nosso espaço e as condições necessárias para a sua apresentação pública, solicitando o indispensável contributo da comunicação social, e fazendo convites a A&R de diversas editoras, produtoras e personalidades da música portuguesa.

O PHONO contemplará ainda a edição de um CD, que incluirá dois temas de cada banda participante, cujo objectivo é apoiar a divulgação do festival em si e a auto-promoção das bandas, pelo que cada uma receberá 50 exemplares desta edição.

As inscrições estão abertas de 22 de Agosto a 13 de Setembro a todos os domínios musicais. Os interessados deverão enviar, por correio, ou entregar directamente na Fonoteca Municipal uma maqueta em CD, com um mínimo de quatro temas, biografia e ficha de inscrição (disponível nas instalações ou no site da Fonoteca em http://www.cm-lisboa.pt/fonoteca, a partir da data de início de inscrição).

O nome das cinco bandas seleccionadas será divulgado no site da Fonoteca no dia 27 de Setembro, bem como o nome dos dois temas seleccionados, para constarem do CD PHONO'05 , as quais deverão ser entregues com a devida qualidade na Fonoteca até 11/10.

A consulta do regulamento do PHONO'05 é indispensável


FONOTECA MUNICIPAL DE LISBOA
Praça Duque de Saldanha, Edifício Monumental, Lj. 17
1050-094 Lisboa
Tel.: (+351) 21 3536231/2
Fax: (+351) 21 3541250

VIANA GOODBYE

Image hosted by Photobucket.com


O Kastru's Bar apoia a primeira edição do Viana Goodbye Summer. Participam neste evento as bandas Les Triple, Reckless, participantes no Rockastru's 2005 e os vencedores do Rockastru's 2004 Paranoid. Para além destas , o evento conta com a participação dos Lulla Bye, The Other Band, Be-Dom, Dixie e Intermission. Para animar o início dos espectáculos os conhecidos Quim Roscas e Zé Estacionâncio.

3 de Setembro no Forte de Santiago da Barra em Viana do Castelo.
Inícioàs 16:00.
Bilhetes à venda de 20 de Agosto a 2 de Setembro no Kastru's Bar, no Turismo, Loja Extel (Barroselas), Stress Off e dia 3 no local a partirdas 15:30.


www.ivianagoodbyesummer.pt.vu

quinta-feira, 25 de agosto de 2005

PROGRAMA DE 25/08/05

1 - Alex Fx e Marta Bernardes - Sabe-se lá
2 - Alex Fx - Silver heart
3 - Supernova (c/Arkham Hi-Fi) - Modem 77
4 - Belle Chase Hotel (c/ Alex Fx) - Living Room
5 - Peste & Sida - Estamos de volta
6 - Mata-Ratos - Ratos
7 - Cruzumana - Errante
8 - Zebu3pide - Água rás
9 - The Symphonix - Winterfall
10 - Teatrum - Stay
11 - Alla Polacca - Brightned star (Stealing Orchestra mix)
12 - Ez Special - I feel like John Travolta

COIMBRA CIDADE JOVEM


Atendendo a que a cidade de Coimbra é uma cidade que recebe anualmente milhares de estudantes de diversos pontos do país, urge dar seguimento a uma política de integração dos mesmos e a uma política que incuta nos jovens do Concelho, um espirito de partilha de experiências e de vida saudável.


É sob esta perspectiva que a Divisão de Juventude da Câmara Municipal de Coimbra se propõe a desenvolver uma iniciativa denominada "Coimbra Cidade Jovem", entre os dias 8 e 10 de Setembro do corrente ano, e que se dirige essencialmente aos jovens entre os 12 e os 30 anos. Abrangendo áreas como o desporto, o cinema, o teatro, as artes e a diversão, este pretende ser um evento lúdico-pedagógico, dedicado à juventude, no reconhecimento da sua importância nos dias de hoje e promovendo a sua participação activa.


Entre muitas outras actividades, prevê-se a actuação de seis "Bandas de Garagem" do Concelho no Jardim da Sereia, nos dias 8 (quatro bandas) e 10 de Setembro (duas bandas), assim como um Circuito pelos Ensaios de Bandas de Garagem do Concelho. Para participarem nestes eventos, estão abertas inscrições na Divisão de Juventude da Câmara Municipal de Coimbra, entre os dias 29 de Agosto e 02 de Setembro. Os jovens terão à disposição fichas de inscrição no site da CMC, assim como na Divisão de Juventude, devendo ser entregues nesta Divisão até às 17 horas do dia 02 de Setembro. As primeiras seis bandas que se inscreverem terão direito a actuar no Jardim da Sereia.

Como requisitos, as bandas não podem ter já editado quaisquer trabalhos discográficos, e, n, a maioria dos elementos deverão ser residentes no Concelho de Coimbra e ser menores de trinta anos.

ROCK NA QUINTA

STOWAWAYS NA TRANSFORMADORES




Está confirmada a edição do próximo disco dos Stowaways pela Transformadores. O álbum está quase pronto para ser misturado nos estúdios OCV MUZIKA (Paulo Abelho/ João Eleutério) e é mais uma aposta na originalidade e qualidade da produção nacional.

Data lançamento prevista: 2006

PITCH BLACK COM TANKARD


Os alemães Tankard actuam no Hard Club, em Vila Nova de Gaia, no dia 30 de Setembro. No dia 1de Outubro é a vez do Paradise Garagem, em Lisboa, receber o lendário grupo.
Na primeira parte do concerto nortenho actuam os representates do metal nacional, Angriff e Pitch Black. Na data agendada para Lisboa sobem a palco os Iron Sword e os Simbiose.

BE-DOM AO VIVO

Image hosted by Photobucket.com


A banda que está a revolucionar o conceito de animação ao vivo em Portugal, volta ao ataque, desta feita na XIV Concentração Motard S. Mateus 2005 (Viseu). Latas, bidões, garrafas, teatro, comédia e tudo o que imaginação alcançar irá estar ao dispor dos que irão estar presentes neste evento.

Brevemente inauguração do Site Oficial.

quarta-feira, 24 de agosto de 2005

PROGRAMA DE 24/08/05

1 - Wraygunn - Keep on praying
2 - Bunnyranch - Intelligent freak
3 - M'as Foice - Cu nimbriga de morcegos
4 - Essa Entente - Dança nua
5 - Placenta - Cura certa para o coração solitário
6 - Complicado - For you to dance
entrevista, via telefone, em directo
com Carlos Vieira (Xinfrim)
sobre Noites Ritual
7 - Ölga - Money
8 - Mata-Ratos - Amor eterno
9 - Peste & Sida - Estamos de volta
10 - Afonsinhos do Condado - Rolar no chão
11 - Plaza - July the 1st 1984
12 - Cool Hipnoise - Mofo

NOITES RITUAL ROCK




Hoje, no Santos da Casa, Carlos Vieira da Xinfrim, fala das Noites Ritual Rock deste ano.

CABEÇAS DE GADO AO VIVO




26 e 27 de Agosto no B-Flat em Matosinhos

CORVOS AO VIVO




É já neste sábado que os Corvos vão actuar a Matosinhos (junto à Biblioteca Florbela Espanca) .


O concerto está previsto para as 23 horas.

terça-feira, 23 de agosto de 2005

PROGRAMA DE 23/08/05

1 - Wordsong - Telegrama stop
2 - Cool Hipnoise - Dois (c/ Fernanda Abreu)
3 - Rodrigo Leão - Rosa (c/ Rosa Passos)
4 - Quinteto Tati - Gota d'água
5 - Clã - Eu ninguém
6 - Mata Ratos - Xavier
7 - Peste & Sida - Estamos de volta
8 - Micro Audio Waves - Fully connected
9 - Sci Fi Industries - Anobium puntactum
10 - Knock Knock - Find me
11 - Loto - Back to discos
12 - U-Clic - Ici in Disneyland
13 - Sciencia - Psychometer

LULLA BYE ACÚSTICOS




Os portuenses Lulla Bye, vão disponibilizar a partir de Sexta-feira dia 26 de Agosto uma versão acústica do tema que os tornou conhecidos do grande público "MAKING ME BETTER", no site oficial em www.lullabye.net

URBAN ROCK FEST

Data: 10-09-2005
Hora: 15.00
Local: Parque Recreativo de Pedrouços, Algés
Preço: 7.5 a 9€





BARAFUNDA TOTAL
COIRATOS VIOLENTOS
WE WERE WOLVES
BLACK SUNRISE
TRINTA E UM


O Santos da Casa tem duas entradas para oferecer para este festival. Fiquem atentos ao programa.

segunda-feira, 22 de agosto de 2005

PROGRAMA DE 22/08/05

1 - Fita Cola - Eu Não
2 - Tara Perdida - Fizeram-se amigos
3 - Oioai - Boiar num barco
4 - Xutos & Pontapés - Pequeno promenor
5 - Rádio Macau - O homem a quem chamaram cavalo
6 - Peste & Sida - Estamos de volta
7 - Mata-Ratos - A minha sogra é um boi
8 - Wraygunn - She's a speed freak
9 - Bunnyranch - Litle bird get in shape
10 - d3ö - I can never trust ya
11 - Us Forretas Ocutos - It's ok
12 - Zen - Play it fast
13 - My Depressive Morning - Learn me
14 - The Legendary Tiger Man - Crowdad hole (X-Wife mix)
15 - X-Wife - Eno
16 - Blind Zero - Shine on

AQUARELLE VOLTAM EM FORÇA

Estão disponíveis para download em http://aquarelle.221design.com/musica.htm trêsnovos temas de aquarelle que, em princípio, não serão editados em CD. São:

- a doll with real eyes: Tema que começou a ser composto e gravado pouco tempo depois das sessões para "era uma vez uma cortina...". Tema solto, que faz uso da grande tríade do rock n' roll (não, não é "sexo, drogas e rock n' roll") - guitarra, baixo e bateria; ao contrário do habitual em aquarelle, praticamente não há utilização de electrónica. O tema desenvolve-se num crescendo de emoção, finalizando com guitarras distorcidas e "tremolo".

- dancing in each other's flame: Tema iniciado pela mesma altura do anterior. Ritmos próximos do trip hop. Composto a partir de uma linha harmónica de orgão e utilizando wah wah. Sobre o significado do sexo como acto metafísico. Pura sensualidade.

- even though i'm not in love, i still need to write love songs: Tema que esteve para entrar em "ten postcards to her ghosts/ten postcards from his ghosts", mas que não ficou concluído atempadamente. É, como o próprio título indica, uma canção de amor, bastante suave, em ritmo lento.

Apesar de não constituírem um trabalho "normal" são três dos melhores temas alguma vez gravados por aquarelle.

Entretanto, dentro em breve será editado o primeiro trabalho de um projecto paralelo a aquarelle - post crash high. O disco irá intitular-se "the apocalypse cameyesterday and no one noticed" e terá o seguinte alinhamento:

01. we're all sleeping (and think the nightmares are dreams)
02. ruby glass made from the blood of peasants (dedicated to the glassmakers georgew. bush and tony blair)
03. so much noise inside our minds (but once there were cathedrals of sound)
04. the glorious modern civilization is falling (HURRAY!, the factory of nightmaresis almost closed)
05. requiem for this world of becoming (please welcome the world of being)
06. in the clouds, there are rabbitts burning and screaming
07. the world is burning, so let us waltz (it's almost as good as listening to thetale of "long lankin" under the influence of psylocibin)08. the end of history has come (and the rabbits are back in the woods dancing)

É difícil descrever o som do disco, porque é bastante invulgar. Há uma valsa com muito delay, a lembrar sons da 4AD, mas com doses de experimentação muito maiores,sons industriais, temas baseados em longos drones, trabalhos com baixas frequências, caixas de músicas de embalar, sons ambientais, guitarras a la my bloody valentine,indie rock. Só ouvindo...

NORTON A PREPARAR NOVOS TEMAS

Image hosted by Photobucket.com


*>>>**Neste momento a banda encontra-se a compor novos temas para o próximo disco de originais e a preparar um concerto especial para o Imago Film Festival a decorrer em Outubro na cidade do Fundão. (Mais informações brevemente!)***

*>>>Chocolate* dos *Norton* é um dos temas da banda sonora do novo Dvd de *Snowskate,Adieu*. O filme foi realizado pela produtora Norueguesa Switch Films e conta com os melhores praticantes mundiais da modalidade. O Dvd estará disponivel já a partir do próximo dia 26 de Agosto por toda a Europa.

*>>>**Próximo Concerto: 9 de Setembro > 22h > Castelo Branco > + The Gift*

RECORDAÇÃO - MATA-RATOS




A Banda nasceu em finais de 1981. Começou como muitas outras da época: uma vontade tremenda de fazer barulho, incomodar os pais e vizinhos, em suma, pura revolta e delinquência juvenil. Violas de caixa e caixas de sapatos como bateria foram os primeiros instrumentos conseguidos. As influencias eram marcadamente do Punk Britânico e Americano de finais dos 70 e inicio dos 80: Killing Joke, Blitz, Dead Kennedys, Black Flag, Adicts, Business, Anti Pasti, etc. Rapidamente - por meio de trabalho arduo e outros recursos menos licitos - conseguem arranjar os instrumentos e os amplificadores que lhes permitiriam incomodar ainda mais a pacatez do bairro sub-urbano onde residiam (Oeiras). O 1º concerto acontece em Dezembro de 82 na Escola de Belas Artes de Lisboa. Um verdadeiro sucesso já que a banda é expulsa de palco pela 1º vez (muitas outras se seguiriam), acabando o concerto com alguns fans da banda no telhado a mijar sobre o restante público e levando a detenção e fuga de alguns deles, entre os quais o fan nº1 da banda e futuro vocalista. Os concertos seguintes não decorreram mais pacificamente, em alguns deles não deixaram sequer a banda subir ao palco.

A banda acaba, conjuntamente com outras bandas Punk da época - como os CRISE TOTAL, KÚ-DE-JUDAS e GRITO FINAL (que constituem a 2º vaga do Punk em Portugal; tendo a 1º vaga sido protagonizada por Bandas como os FAISCAS, AQUI D’EL ROCK, MINAS E ARMADILHAS e logo de seguida os ainda activos XUTOS & PONTÁPES) - por organizar os seus próprios concertos na mítica TEIA em Lisboa. Desta 1º formação dos MATA-RATOS manteve-se apenas durante todos estes anos, o guitarrista Pedro Coelho, mas, mesmo este, decidiu arrumar as botas. Em 1984 entra um novo vocalista, Miguel “Angel Face” Newton, que rapidamente se tornará na imagem de marca da banda e que ainda hoje permanece um dos mais carismáticos e polémicos agitadores do Underground musical português.

Em 1991, após participação bombástica no 6º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez Vous (mitico clube rock da cena lisboeta) acabam por lançar o seu primeiro albúm pela EMI-Valentim De Carvalho: “ROCK RADIOACTIVO”. A intenção da banda nunca fora a de lançar o seu trabalho por uma multinacional; contudo, todas as editoras independentes que existiam nessa época recusaram pegar nos Mata-Ratos devido á fama crescente de desordeiros violentos. A EMI, por seu lado, soube farrejar um bom negocio, e, não se enganou: o albúm chegou ao 5º lugar do Top Nacional e vendeu mais de seis mil unidades. Os temas rudes e crús - como «A minha Sogra é Um Boi», «Eu Tenho Um Pobre» e «C.C.M. - Cona Cú e Mamas» - tornam-se hinos de rua para toda uma geração.

Por essa altura já os Mata-Ratos tinham mudado de formação por diversas vezes e mal sai o albúm dão-se novas alterações devido a desentendimento entre os membros quanto ao rumo a tomar dai para a frente: ou permanecer na via tomada até então - pura diversão, gerada na anarquia & caos e movida a alcool - ou mudar para uma postura mais “soft” que permitisse angariar uma maior “clientela”. Manteve-se a tradição, vence o Caos. Para deleite dos fanaticos de longa data, da-se um pontápe no Cú do Baixista e Baterista e segue-se em frente com nova formação. A mesma razão que levou à saida dos músicos que gravaram o albúm , leva os Mata-Ratos a rescindirem o seu contrato com a EMI. Dai para a frente estão por sua conta e a caminhada não tem sido nada facíl, o que só os fez tornar mais fortes e agressivos. Novas mudanças de banda, concertos caoticos, polémicas sem fim, acusações sem nexo, cenas de pugilato, etc., etc., etc.

Sobreviventes por excelência, só em 1994 é que a banda arranja nova editora - a Drunk Records/Fast’ N’ Loud - que inicia a sua actividade lançando o lendário EP “EXPULSOS DO BAR” que rapidamente esgota (é posteriormente re-editado pela editora alemã Street Beat acabando por esgotar de novo). Em 95 sai o segundo albúm - “ESTÁS AQUI … ESTÁS ALI !” - e da-se uma Tour por Portugal e Alemanha com a mítica banda brasileira GAROTOS PODRES. Um verdadeiro sucesso e uma bebedeira interminavel durante 15 dias consecutivos. Na Tour tocam ainda com as bandas BRAINDANCE (UK) e OXYMORON (Alemanha). Participam ainda em inumeras colectaneas internacionais e tocam em 1996 no 1º Festival Super Rock em Faro ao lado dos THE EXPLOITED (UK) e RATOS DO PORÃO (Brasil). Em finais de 97 gravam novo albúm “SENTE O ÓDIO” que só agora será lançado em CD pela nova editora discografica Portuguesa ALARME! RECORDS. Há um ano os MATA-RATOS celebraram os seus 20 anos de existência.

Ao longo de já quase duas decadas os MATA-RATOS tem tocado ao vivo com bandas como NO FX (U.S.A.), SOZIEDAD ALKOHOLIKA (Euskadi), TOY DOLLS (U.K.), GAROTOS PODRES (Brasil), RUIN BOIS (Galiza), MADBALL (NY), CRISE TOTAL, OXYMORON (Alemanha), GRITO FINAL, BACANAL ANIMAL, BABES IN TOYLAND (USA), RENEGADOS DE BOLIQUEIME, EXPLOITED (UK), RATOS DE PORÃO (Brasil), D.P.E., MINDLOCK, BRAINDANCE (UK), SETIMA LEGIÃO, HOLOCAUSTO CANIBAL, RETALIATOR (UK), METRALHAS, ACROMANIACOS, ANTI-PORCOS, KU-DE-JUDAS, DR. MARTENS BEAT (Galiza), RAMP, TARA PERDIDA, LOS FALTONES (Galiza), CAPITÃO FANTASMA, ARGIES (Argentina), SHOCKS (Alemanha), PAINSTRUCK, THE SUSPECTS (USA), KICKBACK (França), OMITED GR, etc.

Os Mata-Ratos são:
• ARLOCK DIAS - Guitarra;
• MIGUEL NEWTON - Voz;
• BIBI RAMONE - Baixo;
• BACALA - Bateria.

DISCOGRAFIA
- «MANIFESTO DE COMBATE’ 85», Demo Tape, Z.A.G.R.E.B. Produções, Portugal, 1985
- «MATA-RATOS» Demo Tape, Raticida Records, Portugal, 1989
- «ROCK RADIOACTIVO», CD/LP/K7, EMI-VC, Portugal, 1990
- «EXPULSOS DO BAR», EP, Drunk Records/Fast’N’Loud, Portugal, 1994
- «EXPULSOS DO BAR», EP(reedição em Vinil Cinzento), Street Beat, Alemanha, 1995
- «ESTÁS AQUI…ESTÁS ALI!», CD, Fast’N’Loud, Portugal, 1995
- «BEBEDEIRAS & MIUDAS TOUR 95» Split EP c/ GAROTOS PODRES (Brasil), Walzwerk, Alemanha, 1995
- «XU-PA-KI 1982-1997», CD, Fast’N’Loud, Portugal, 1997
- «SENTE O ÓDIO» CD, Alarme! Records, Portugal, 1999
- «CRIME » EP, Cranes Blases, França, 1999
- «POR UM PUNHADO DE RATOS», CDR, Mata-Ratos, Portugal, 2002
- «PARIS Vs. LISBOA” split CD c/ URBAN CREW, B.D.S., França, 2002
- «DEUS, PÁTRIA E FAMÍLIA» EP, Rastilho, Portugal, 2003
- «HANGOVER HEART ATTACK» (tribute internacional a POISON IDEA), CD/LP, Ataque Sonoro/Plastic Bomb, 2003 (1 tema)
- «És Um Homem Ou És um Rato?» CD Ataque Sonoro, 2004

MATA-RATOS EM COLECTANEAS
- ATESTADO DE POBREZA», K7, Combate, Portugal, 1986 (com 2 temas).
- X-MAS HERE AND STARVATION THERE», K7, ?, Belgica, 1987 (com 4 temas).
- THIS BOOTS ARE MADE FOR STOMPIN», K7, Street Beat, Alemanha, 1993 (com 5 temas)
- PORTUGAL'S NOT DEAD», K7, Street Beat, Alemanha, 1994 (com 4 temas)
- HERE'S A BOOT...STOMP!», K7, Street Beat, Alemanha, 1994 (com 3 temas)
- VOZES DA RAIVA1», CD, Drunk Records/Fast'N'Loud, Portugal, 1994 (com 16 temas)
- PLAY IT LOUD», CD, Fast'N'Loud, Portugal, 1995 (com 1 tema)
- Oi! UM GRITO DE UNIÃO», CD, Rotten Records, Brasil, 1995 (com 5 temas)
- VOZES DA RAIVA2», CD, Fast'N'Loud, Portugal, 1995 (com 5 temas)
- SONGS ABOUT DRINKING», LP/CD, Too Many Records, USA, 1996 (com 1 tema)
- A IDADE DO PECADO», CD, (?), Portugal, 1996 (com 1 tema)
- Oi! WE ARE THE BOIS!», CD, Bronco Bullfrog, Espanha, 1996 (com 2 temas)
- CAUGHT IN THE CYCLONE», CD, Cyclone, USA, 1997 (com 1 tema)
- Oi! ... RARE & EXOTICA», LP, Teenage Rebel, Alemanha, 1997 (com 1 tema)
- CAOS EM PORTUGAL», CD, Fast'N'Loud, Portugal, 1997 (com 2 temas)
- ROCK'N'ROLL DELO TERCERO MUNDO 3», CD, HP Records, Brasil, 1997 (com 1 tema)
- SCENE KILLER!», CD, Outsider, USA, 1998 (com 1 tema)
- TO THE EAST AND TO THE WEST – PORTUGAL Vs. CZCHEC REPUBLIC», 7”EP, Bastard Rec./Fast’N’Loud, Republica Checa/Portugal, 1998 (com 1 tema)
- WALZWERK-THE FIRST 10 YEARS» CD, Walzwerk, Alemanha, 99 (com 1 tema)
- FIGHT, KILL, DIE, HURT, MAIM», Split EP (w/ Retaliator, Dizzy-Dizzy MKII, Scavenger, Ultima Thule, Urban Crisis), Poorly Packaged Products, USA, 1999 (1 track)
- COMPILAÇÃO ERVAS DANINHAS», CDR, Ervas Daninhas, Portugal, 2002 (2 temas)
- ROCK SOUND # ? », CD, Rock Sound Magazine, 2003 (1 tema)

DESTAQUES DA SEMANA

TEMA DA SEMANA


ESTAMOS DE VOLTA - Peste & Sida


Para ouvir todos os dias desta semana


ÁLBUM RECORDAÇÃO


ROCK RADIOACTIVO - Mata-Ratos
(1990, EMI)


Para ouvir um tema diferente todos os dias desta semana

domingo, 21 de agosto de 2005

13 FADOS - 34/2005 - 21 de Agosto

Esta semana temos alteração de liderança.
4 temas a subir, 5 a descer, 1 a manter,
2 novidades e 1 regresso para colmatar as 3 saídas.
DOMINGO - L'ego
DEIXA-TE FICAR NA MINHA CASA - Filarmónica Gil
GAMES OF WONDER - Dr Zilch

Aproximam-se da tabela
FALAS DISSO - Expensive Soul
RIBOT - Dead Combo
CULPA - Bizarra Locomotiva

13º (10) (17) SHINE ON - Blind Zero
12º (05) (09) ONE, I SHOULD KNOW YOU - Old Jerusalem
11º (RE) (18) MARIA ALBERTINA - Humanos
10º (NN) (01) QUIMICA - Rey
09º (13) (12) A VIDA NÃO CHEGA - Viviane
08º (08) (08) ESTRANHOS À MESA - Margarida Pinto
07º (11) (02) AMOR DE CONSERVA - Humanos
06º (03) (09) HEAVEN - Mark Lewis and the Standards
05º (NN) (01) É - M'as Foice
04º (02) (041) I'M A VAMPIRE, I'M DISGUST - Kubik c/ Old Jerusalem
03º (01) (05) ROUBADORES - Lupanar
02º (04) (02) WHO ARE U? - David Fonseca
01º (06) (03) ARREFECE - Mesa

podem votar para esta tabela
e ganhar CDs
enviem mail com 5 temas

ESTA SEMANA
CDs SANTOS DA CASA

Na semana passada
CDs SANTOS DA CASA
para
Luís Rodrigues
Raquel Sampaio

PRÓXIMA TABELA - domingo 21 de Agosto

sábado, 20 de agosto de 2005

PROGRAMA DE 20/08/05

1 - Dollar Llama - Trippin'
2 - Brainwashed By Amalia - Miles away
3 - Parkinsons - Mr happy man
4 - The Starvan - These lines (are not that stright)
5 - My Cubic Emotion - The phantom comes withim
6 - Rey - Quimica
7 - Sam The kid - Vem
8 - Umeed - What to do with you
9 - Mazgani - Bring your love
10 - My Tie - The prize
11 - Plastica - Sexy belly
12 - Grace - High on you (got my)
13 - GRay - On the wire again
14 - a Jigsaw - Random lovers
15 - Norton - Chocolate (Jaguar remix)

AO VIVO




SAMUEL JERÓNIMO
GUITAR IMPROMPTU
V FRADES
20 AGOSTO
22H


"I was a free man in Paris
I felt unfettered and aliveThere was nobody calling me up for favors
And no one's future to decide
You know I'd go back there tomorrow
But for the work I've taken on
Stoking the star maker machinery
Behind the popular song"

BARCELOS SUBSCUTA

Image hosted by Photobucket.com

CORVOS EM BUSCA DE VOZ



Os Corvos vão ser uma vez mais arrojados ao dar uma oportunidade a uma voz, masculina ou feminina, desconhecida ou pouco mediática, para participar noseu 4º CD.

Não interessa a experiência musical nem se procura um timbre “xpto”.

Procura-se alguém que nos castings que em Setembro vamos fazer nossurpreenda !

Para participar basta enviar um e-mail para a nossa Agência :http://webmail.ruc.pt/src/compose.php?send_to=espanta.espiritos%40sapo.pt e dar os dados, disponibilidade, curriculum econtactos. O telefone da Agência é 967123399 . Devem também consultar http://www.espantaespiritos.com/ para saber maissobre este assunto.

A participação no Cd pode também levar à participação em Concertos da banda.

PITCH BLACK NA ESTRADA


Aqui ficam os próximos concertos da tour "Thrash Metal Dominion" 2005 (datas a *bold* recentemente confirmadas):

. *03 Setembro: Barragem do Vilar (Moimenta da Beira) - Festival Rockdemo 2005 --- THANATOSCHIZO + PITCH BLACK + K2O3 + SK6*

. 17 Setembro: Vagos (Aveiro) - Festival Vagos FM --- PITCH BLACK + Prime + Budhi + Rebellion's Enclave + TBA

. *23 Setembro: Maré Alta Bar (Porto) - Raising Fest #1 --- PITCH BLACK + GODIVA + The Ransack + Cycles + Pestifer + Embracing Darkness*

. 30 Setembro: Hard Club (V. N. Gaia) --- TANKARD (Ale) + PITCH BLACK + Angriff


sexta-feira, 19 de agosto de 2005

PROGRAMA DE 19/08/05

1 - Alex Fx Feat Marta Bernardes - Sabe-se lá
2 - Sci-Fi Industries - Anobium puntactum
3 - Knock Knock - Find me
4 - Sciencia - Psychometer
5 - P.A. - P.A.
6 - Sam The Kid - Beleza
7 - Rey - Quimica
8 - Frango - Pt II
9 - dAnCE DAMage - Greach him on the back of the nack
10 - Olga - The hunt

NOITES RITUAL ROCK - OFERTA DE BILHETES

Image hosted by Photobucket.com

Nos próximos dias o Santos da Casa, entre as 19 e as 20h, está a oferecer entradas, que dão para os 2 dias e direito a levar acompanhante, para as Noites Ritual Rock, que acontecem a 26 e 27 no Palácio de Cristal no Porto. Fica atento ao 107.9.

EDITORIAL

PAULO FURTADO - O REPLAY

Para Paulo Furtado isto é um déja-vu. Aconteceu a primeira vez quando os Tédio Boys foram tocar à América. Volta a acontecer agora que os Wraygunn são aclamados em França.
Pergunta o leitor mais desatento: mas afinal o que se passa com Paulo Furtado e os Wraygunn? Coisa simples e muito típica deste país. Depois de o público e imprensa francesa se terem rendido aos encantos da música dos Wraygunn, os jornalistas portugueses percebem finalmente o valor da banda de Coimbra.
Alguns, contudo já tinham dado nota muito positiva ao som praticado pelos Wraygunn. Só que agora derretem-se em elogios e utilizam adjectivos que antes tinham medo de colocar no papel.
Nos últimos tempos os Wraygunn foram destaque em quase toda a imprensa nacional. Tocam a sudoeste, e quando se fala do palco secundário é a sua fotografia que aparece.
Mais uma vez vem à tona de água a enorme pequenez deste país. Volta a saltar à vista a estreita rua onde está enfiado o mercado discográfico português. Uma rua pouco larga com casas de jornalistas e editoras lado a lado.
Em França a Warner pegou no disco, fez um excelente trabalho de promoção, que afinal não deu apenas resultados por lá.
Razão tem o Paulo ao afirmar que faz música a pensar no mundo. Quando cria a sua guitarra abre fronteiras. A música dos Wraygunn quando nasce é para ser boa em todo o lado. É música global. Deviam todos os artistas ter este pensamento. E sobretudo não dar passos maiores que a perna.
De louvar aqueles que conseguem dar valor ao que se faz por cá, logo que o produto fica exposto às leis do mercado. É de muito mau tom escrever tímidas criticas só para se ficar de bem com as gentes. Pior ainda é só o fazer quando outros lá fora reconhecem o que é bom independentemente do sitio de onde vem.
O caso dos Wraygunn não é virgem. Podia aqui falar da Mariza, da Dulce Pontes ou dos MadreDueus.
Mas para quê perder mais tempo. Sei que tudo vai ficar como está. Vasco da Gama só foi aclamado herói quando pisou terras da Índia.


Nuno Ávila

ZDB AO VIVO

Sex 19 Ago ZDB 23h30 concerto
Live_Mix_Filmzz_Luzo_Sul_session
3Stradas+ Koktail of live mixed filmzz by Edgar Pêra

3Stradas (jam popular)

Image hosted by Photobucket.com

Lima, Pablo e Miranda (O`queStrada) aviam guitarra portuguesa, voz e contrabacia, apanham de caminho 2Nuvolari, e mais alguns sinais luminosos. Três músicos atrevem-se a partir do fado, do ská, do pop, do funáná a traçaro seu caminho e a sua sonoridade. Os 3Stradas apresentam uma agradável desconstrução dos cânones habituais da música, reinventando a canção de uma forma contangiante.

KOKTAIL OF LIVE MIXED FILMZZ by Edgar Pêra
Continuando a colaboração regular pela qual são apresentados periodicamente filmes, work in progress, ante-ante estreias, filmes-instalantes e cine-concertos, desta feita a ZDB apresenta mais um cineymprovize video-session de Edgar Pêra com o CINE-ARKIVIST Tiago Antunes e na guitarra portuguesa João Lima. Portugal rural, a familia portuguesa as remisturas de que somos feitos, as raízes e os pós de perlimpimpim... Enquanto o músiko vai dando as suas respostas os filmes serão projektados. Filmes sobre aspectos da Portugalidade, usos, paisagens, costumes, cores e sons, sempre remisturados e reinventados...


entrada: 5€

galeria zé dos bois rua da barroca, 59
1200-049 lisboa
t + 351 213430205
Estrutura Financiada pelo Instituto das Artes.
O Instituto de GestãoFinanceira da Segurança Social apoia a ZDB.

quinta-feira, 18 de agosto de 2005

PROGRAMA DE 18/08/05

1 - Wraygunn - Drunk or stoned
2 - Bunnyranch - Little bird get in shape
3 - Plaza - In fiction
4 - Cool Hipnoise - Brother Joe
5 - João Barbosa / Marta Dias - Barca bela
6 - Quinteto Tati - Gota d'água
7 - Dead Combo - Ribot
8 - Sam The Kid - Fogo sem chama
9 - Rey - Quimica
10 - The Ultimate Architects - Run
11 - Loto - My guitar
12 - The Gift - 1977
13 - Norton - Chocolate (Jaguar remix)
14 - Wave Simulator - Adeus mutante