terça-feira, 31 de janeiro de 2006

AO VIVO NA ZDB




Quinta-feira dia 2 de Fevereiro às 23h00
A_Jazzar_Sessions


Zé Eduardo Unit (PT)


Trio liderado por Zé Eduardo (contrabaixo), com Jesus Santandreu (sax tenor) e Bruno Pedroso, editou em 2004 «A Jazzar No Zeca», trabalho sobre os «motifs» melódico-líricos presentes na obra de Zeca Afonso, mesclados com improvisação de jazz, escola do hard bop, entretecida com o conhecimento do«free» como visto por Coltrane ou Steve Lacy. Celebrado docente, arranjador e músico na Península Ibérica, Zé Eduardo tem sido figura presente, há maisde 20 anos, em escolas, orquestras e workshops de jazz por Portugal e Espanha, deixando obra em todos os locais por onde passa, sempre em estadiasde vários anos e de trabalho constante.


Entrada: 6€


Veados Com Fome

Sábado dia 4 de Fevereiro às 23h00
Noite_às_Novas_Sessions

Lobster (PT)
Veados Com Fome (PT)
DOPO (PT)

Lobster
Duo nacional que começa a despontar como uma das mais intensas festas rockdo país. Com uma parede amplificadores imponente, lançam-se com guitarra e bateria em composições e improvisações de caleidoscopia matemática, onde o fulgor hiperactivo da bateria é contraposto por seis cordas electrificadas no limite da concentração. A quem procurar paralelos pode-os encontrar na histeria espasmódica dos Lightning Bolt ou Hella, com semelhante virtuosismo e fulgor. Lançaram recentemente «Fast Seafood» pela barreirense Merzbau, que pode ser sacado na íntegra (como todos os outros lançamentos do selo) sem qualquer tipode custosno link abaixo indicado. Do melhor headbacking oblíquo que este país já conheceu.


Veados Com Fome
Parece impossível, mas Santo Tirso tem bandas de jeito. Numa rara manifestação do Portugal das cidades de pequena-média escala a darem de si, os Veados ComFome têm andado a tocar principalmente pelo Norte do país, e acabam de editar o primeiro EP, num CD-R lançado pela Lovers & Lollypops (que também publicou osplit «Para o Inferno Com Eles» de Fish & Sheep e Tropa Macaca, estes últimos um alto trunfo da pandilha tirsense). O media-duração em questão, denominado «Na» (para além do mérito de incluirfaixas chamadas «Américo» e «Bufardo»), mostra uma transpiração rock acomeçar a ganhar forma própria. Nesta fase mutante, encontram-se paralismos com os Deerhoof mais escuros, um fascínio pelo reverb de tarola dos Joy Division, e porum math-rock com considerável índice de «delico doçura» (tipo Ui ou Chavezcom Explosions In The Sky). Como nota final da apresentação, assinale-se o facto da banda «linkar», na sua página oficial, a clássica «soap opera» brasileira «Malhação», verbo que parece ser parte fundamental da ética criativa do projecto.


DOPO
Banda constituída e a emitir nas redondezas da cidade do Porto, os DOPO editaram há poucos meses «Last Blues, To Be Read Someday» pela proeminente netlabel nacional testtube. No press release que acompanha esse lançamento, o jornalista José Marmeleira registou o momento como emblemático de uma nova geração de músicos, ligados a formas mais abertas, partidas, que apelidou deuma vaga de "ladrões" de música. Um "roubo" que é posto em prática pela facílima acessibilidade a que há hoje em dia a tantas formas de música, pragmatizado aqui com um carisma adquirido atravésde conhecimentos captados por 1ª e 2ª mão, ou até por osmose estética. Os DOPO, utilizando guitarras eléctricas e acústicas, bateria, melódica, pequenas percussões, harmónio e uma série de outras instrumentações acústicas, bem como electrónica orgânica de baixo custo, explanam a sua languidez em formas variáveis. Lembrando uns Boxhead Ensemble mais tribalizados, ou uns Sunburned Hand of The Man em formato introspectivo cruzados com guitarras ora de blues raptados ora tingidas pelo «shoegaze» mais ascético, encontram o seu próprio ninho ritualista. Primeira actuaçãoao vivo da banda.


Entrada: 5 euros

zdb - galeria zé dos bois
rua da barroca 59
bairro alto
1200 - lisboa
portugal
t.: 213430205

PUNK EM TORRES NOVAS




Clica na imagem para aumentar.

OUV.ESSE EM GUIMARÃES


OUV.ESSE no Café-Concerto do Centro Cultural Vila Flor

Bandas sobem ao palco para mostrar o que valem

4 e 18 de Fevereiro
4 e 18 de Março
8 e 22 de Abril
6 e 20 de Maio
23h00

Café-Concerto do Centro Cultural Vila Flor em Guimarães

Preço: 2,5 €

Já estão definidas as datas de actuações das bandas seleccionadas parao OUV.ESSE. Dado o interesse das propostas e para dar oportunidade a todos os que mereceram a seleccção, foram apuradas 16 bandas, e não 8 como inicialmente estava previsto. Desta forma, o Centro Cultural Vila Flor decidiu prolongar a mostra de bandas durante o próximo trimestre, em actuações que terão lugar nos dias 8 e 22 de Abril e 6 e 20 de Maio.

Numa altura em que os jovens criticam a falta de oportunidades na cena musical nacional, que os impede de mostrar a música que fazem em estúdio ou na garagem, o Centro Cultural Vila Flor promove uma mostra de bandas emergentes que queiram dar provas da sua criação musical.

No próximo sábado, dia 4 de Fevereiro, às 23h00, sobem ao palco do Café-Concerto do Centro Cultural Vila Flor as bandas Mantra, deGuimarães, e Idiosyncratic, de Vila Nova de Gaia.

OUV.ESSEP
Próximos Concertos

18 de Fevereiro
Alison Bentley (Famalicão)
The Wage (Marinha Grande)

4 de Março
Frame (Oliveira de Azemaéis)
Laboratório Caustico(Braga)

18 de Março
Red Beating Toy (Braga)
Blindman's Buff (Cascais)

8 de Abril
Karandiru (Barcelos)
Void (Fafe)

22 de Abrilâ
Da Firma (Guimarães)
Plasticina (S. Mamede de Infesta)

6 de Maioâ
Sonar (Lourosa)
Serie B (Celorico de Basto)

20 de Maio
Spirit (Braga)
Loops (Barcelos)

PROGRAMA DE 31/01/06

1 - Danae - Meu mar
2 - Sara Tavares - Balancê
3 - Lupanar - Escapa-nos o tempo
4 - Dazkarieh - Rosa de lava
5 - Roldana Folk - É golo
6 - Phantom Vision - The darkest skies
7 - Kronos - Deconstruction
8 - Vicious Five - Bad mirror
9 - If Lucy Fell - Demented
10 - The Parkinsons - Mr happy man
11 - Defyimg Control - Hei let's skate
12 - Easyway - Horror hotel
13 - Half Baked - Single again
14 - Gazua - Hollywood babylon
15 - Grog - Deth comes ripping
16 - [F.E.V.E.R.] - London dungeon

segunda-feira, 30 de janeiro de 2006

THE SYMPHONYX EM PALCO



O ponto de encontro está marcado para Guimarães, dia 4 de Fevereiro, no Espaço Oficina, pelas 22 horas.

MADCAB AO VIVO




Diana Jones & Vietnam Whiskey Dancers + MADCAB
@Maria Fumaça (A Estação) - Ericeira/São Lourenço
17h, 2€
Dia 4 de Fevereiro

M.C.A. AO VIVO




Ao vivo no Ritmus Bar


Na sequência da promoção do novo álbum, intitulado “Missão A Cumprir”, os M.A.C. actuarão Sexta-feira, 3 de Fevereiro, no Ritmus Bar, em Corroios. O espectáculo terá inicio às 23:30h e a entrada é 3 euros. Actuarão ainda Concrete Jungle Soundsystem, numa homenagem ao 61º aniversário do nascimento de Bob Marley, a celebrar no dia 6 deste mês.

Próximas actuações:

*10 Fevereiro (Sexta feira) 23:00h – Concerto no Mercado da Ribeira
com DJ Bomberjack, Royalistic, Bob the Rage Sense, Blackmastah e Sir Scratch

*15 Fevereiro (Quarta feira)
21:00h – Showcase na FNAC Colombo

*4 Março (Sábado)
21:00h – Showcase na FNAC Chiado – Abertura da Quinzena daJuventude de Almada

*5 Março (Segunda feira)
17:00h – Showcase na FNAC Chiado

Para mais informações e fotos:

BANGGURU AO VIVO




Clica na imagem para aumentar.

PUNK NO HARD CLUB




Clica na imagem para aumentar.

NOTÍCIAS DOS THE OTHER SIDE


Os The Other Side encontram-se já a trabalhar em novo material para lançar, se possivel, ainda antes do final da primeira metade de 2006. Para além de trabalhar em material novo, os concertos começam também a ser marcados:

Tour Floating-Walking
24 Fevereiro, Discoteca Hangar, Viseu
9 Março, Hard Club(main stage), V.N.Gaia
6 Abril, B-Flat, Matosinhos

O site www.theothersidemusic.com irá ser actualizado ainda esta semana, com dois videos caseiros realizados pelos The Other Side, com imagens de concertos ao vivo e, a musica "Until the Time to Change" irá passar a estar disponivel no site para download.Outra grande novidade é que os The Other Side contam com uma novo elemento. Jorge, passa a incorporar a banda como teclista, tanto nos concertos já marcados, como no proximo trabalho dos The Other Side.

THISCO E CHILI COM CARNE UNIDAS




Capas (de Nuno Valério) da revista CCC Ilustrada


Informamos que a Chili Com Carne e a Thisco assinaram um protocolo na sequência do sucesso do Samizdata Club (na Caixa Económica Operária) e que beneficiará os sócios de ambas as associações dando a oportunidade de descobrirem o catálogo de cada uma.

THISCOvery CCChanel é um canal de distribuição que permite aos sócios adquirem com descontos os produtos de ambas as associações....

Assim, os sócios da Thisco poderão obter 50% sobre os títulos da Chili Com Carne e 20% sobre outras editoras: de livros (MMMNNNRRRG, El Pep), zines (An otherthinking) ou CD’s (Inspector Cheese Adventures) que representa. Os preços com o desconto estão indicados a vermelho na secção catálogo no site www.chilicomcarne.com. Os preços já incluem despesas de envio embora só se aceitem encomendas iguais ou superiores a 5€.

Os sócios da Chili Com Carne poderão obter 50 % de desconto sobre as edições daThisco e 20% sobre os CD’s distribuidos pela Thisco, os preços já incluem despesas de envio....

Esta oferta será válida até ao fim de Fevereiro estando as edições limitadas ao stock existente.

Os interessados terão de enviar as suas encomendas para estes dois e-mails: ccc@chilicomcarne.com e thisco@thico.net, sendo que não se poderá esperar no mesmo pacote produtos de ambas as entidades nem efectuar pagamentos conjuntos.

A associação chili com carne é uma organização de jovens artistas sem fins lucrativos cujo funcionamento assenta na cooperação livre e espontânea dos seus associados. Desde a sua fundação em 1995 que tem promovido e desenvolvido as mais diversas realizações no campo das artes, que se têm concretizado, entr eoutros aspectos, na organização de diversas exposições e publicações. Tem entendido como sendo prioritária uma linha de actuação que privilegie a independência do autor, entendida como liberdade e autonomia de critérios do produtor de objectos artísticos, acentuando a diversidade de formas e conteúdos que caracterizam a expressão artística e cultural contemporânea.

A THISCO nasceu há 3 anos da necessidade de colmatar a ausência de estrutura seditoriais e promocionais nas áreas das novas musicas tais como a electrónica, ambiental e experimental, contando já com cerca de 30 edições. Sendo a razão jurídica desta editora, associação cultural sem fins lucrativos, esta mesma divulgação nacional, conta na sua direcção com elementos de concelhos tão dispersos como Oeiras, Barreiro, Setúbal, Alcobaça, Leiria, Almada, Porto. Tendo como mote "agir localmente a pensar globalmente" a THISCO é hoje uma referência incontornável do panorama musical nacional e internacional como comprovam os comentários das mais prestigiadas revistas europeias de música.

NOVAS DOS THE JOY OF NATURE



Os aquarelle suspenderam as suas actividades por tempo indeterminado. De qualquer forma, os elementos que compunham aquarelle continuam atrabalhar em outros projectos: em Setembro do ano passado surgiu o disco de "PostCrash High" e a partir de agora gravarão regularmente sob o nome "The Joy of Nature". Este projecto existe desde 1999 (apesar de o seu nome ter sido mais comprido na altura em que foi criado - "The Joy of Nature and Discipline"), tendo participado nesse ano na compilação "The Nemeth" da editora Reaping Horde e, em 2003, editado através da mesma etiqueta o seu álbum de estreia - "The Fog That LifeIs Haunted By". Esse disco será agora reeditado em CD pela editora polaca Bunkier Productions com duas faixas extra.

Haverão alterações no som até aqui desenvolvido por "The Joy of Nature": irá centrar-se mais nos elementos folk que já possuía e abandonará uma certa tendência para a 'escuridão', também patente no disco de "Post Crash High". Além disso, os temas serão bem mais trabalhados do que até aqui haviam sido, e serão construídos maioritariamente com instrumentos acústicos (guitarra acústica, flautas e kantele - instrumento tradicional da Finlândia, com um som próximo da harpa).

Sempre que possível, as edições de "The Joy of Nature" (que não se limitarão à música, mantendo uma tradição que já vem dos tempos de "aquarelle") virão em embalagens feitas à mão, bastante especiais.O projecto não pretende entrar na indústria musical, mas apresentar uma verdadeira alternativa a esta, criando trabalhos que possuam a magia que os produtos da sociedade sustentada na produção e consumo jamais terão.

O site do projecto já está disponível em http://joyofnature.221design.com/

PROGRAMA DE 30/01/06

1 - Sepia - Getting out of control
2 - Mantra - The things you said
3 - Ianasonic - Love
4 - New Connection - Window dummies
5 - Bangguru - Angel in my window
6 - Kronos - Deconstruction
7 - Phantom Vision - Downfall
8 - Feromona - Paquiderme magrinho
9 - Sinai 1 2 3 revolução
10 - Cruzumana - Errante
11 - Supernada - Irreal
12 - Oioai - Jardins de pedra
13 - Ugo - Salto no trampolim

Kronos - “Kronos” (Edição de Autor)




Tenho o corpo dilacerado pela violência do embate. Este som é deliciosamente bruto. Faz a mente transpirar gotas de sangue.
Os Kronos afirmam-se como sendo “um novo projecto no amplo espectro do rock”. Dito desta forma a coisa parece simples. Convém no entanto explicar. Rock, sim senhor. Mas os Kronos vão muito para lá disso.
Desde logo, porque o lado mais electrónico trazido pelas máquinas dá a este som um cunho muito industrial. Por outro, porque este som tem muitas vezes um lado mais experimental. Por fim, porque em muitos casos a voz de Hélder Raposo ganha contornos góticos.
Mas tudo isto é rock, dizem vocês. Pois claro que é! Mas não é um rock simples e directo. Não é o tipo de rock que estamos habituados a ouvir na rádio.
Comprova-se então muito facilmente, pelo que ficou escrito, quais os caminhos por onde a banda quer seguir. E se eu completar dizendo que dois dos elementos deste projecto faziam parte dos extintos Uber Mannikins, a coisa ainda se torna mais fácil.
Pois claro, esta música é rock, electro-industrial, com salpicos de experimental e alguns tons góticos.
É um som que vive de constantes mudanças de ritmo, não nos dando tempo para respirar. É uma musica que atira muitas vezes a voz para o lado mais berrado da de Adolfo Luxúria Canibal, e que afoga as guitarras em mares de electrónica bem pesada. No entanto, nós sentimos sempre que as cordas lá estão, dando a este corpo as cores rock que o vestem.
São canções em estado adulto. Minutos de prazer masoquista. Nós sentimos a dor nos ouvidos. E sentimos o prazer na alma. Por isso não desligamos o som. E deixamos que estes 4 temas passem a fazer parte de nós.
A inspiração criadora vem de fora. Por cá o electro que se ouve é mais pop. Poderíamos enumerar uma mão cheia de bandas como fonte de inspiração, mas damos apenas como exemplo Front Line Assenbly (só para citar um nome mais conhecido). Não vale a pena citar mais nomes. O que importa realçar é que por estes lados não encontramos muitas bandas assim. Haverá outra?!
Estamos então perante um grupo que cria musica para espíritos abertos e sem preconceitos. Musica para gente atenta.
A mão treme. Mas vai direita ao play. Volto a sentir a dor do prazer. É difícil resistir a este som.

Nuno Ávila

DESTAQUES DA SEMANA

TEMA DA SEMANA


DECONSTRUCTION - Kronos
(Kronos, Edição de Autor)


Para ouvir todos os dias desta semana


ÁLBUM RECORDAÇÃO


TRACES OF SOLITUDE - Phantom Vision
(COP International)


Para ouvir um tema diferente todos os dias desta semana

domingo, 29 de janeiro de 2006

MANTRA AO VIVO




Os MANTRA foram seleccionados para a Mostra de bandas, "OUV.ESSE", no Café Concerto do Centro Cultural Vila Flor, que vai acontecer no Sábado, 4 de Fevereiro. Este será o primeiro concerto da Tour 2006
Curiosidades: Pelo café-concerto já passaram nomes como Boitezuleika, Legendary TigerMan ou, mais recentemente, JP Simões.

A entrada terá o preço de 2,5€

AO VIVO NO HARD CLUB




Clica sobrea a imagem para aumentar.

PROGRAMA DE 28/01/06

1 - Decode - So long
2 - Plastica - Sexy belly
3 - The Poppers - All the way
4 - The Weatherman - About harmony
5 - Norton - Swirling sound_something to dance
6 - Mler Ife Dada - A chuva
7 - Pop Dell'Arte - Strange than summer
8 - Veados Com Fome - Paquito
9 - Lemur - Chuck Noris
10 - Linda Martini - Amor combate
11 - Bildmeister - Here alone
12 - Intermission -In your eyes
13 - Bypass - Tobogan (swine remix)
14 - Alla Polacca - D - floated

sábado, 28 de janeiro de 2006

PRINCE WADADA NAS FNACS




01.02 quarta feira
Fnac Colombo
Centro Comercial Colombo
Lisboa
21h00
entrada gratuita


05.02 domingo
Fnac CascaiShopping
CascaiShopping
Cascais
17h00
entrada gratuita


11.02 sábado
Fnac Chiado
Lisboa
18h00
entrada gratuita

EM FEVEREIRO NA TERTULIA CASTELENSE




4 Fevereiro – Sábado
ALEXANDRE SOARES :: JORGE COELHO


As condições estão bem definidas. Duas guitarras, dois amplificadores, as pequenas máquinas e os cabos que os unem. A música parte de um ensaio, de uma nota num papel ou apenas uma ideia, cresce e altera-se. Faz-se, alimenta-se e realimenta-se de cada instante, de cada local, de todas as notas tocadas e de todos os discos ouvidos. Improvisada, composta, sonhada, livre de estilos mas presa ao que somos, é soma dos sons de cada dia .O outro lado de músicos, de projectos tão distintos como GNR, Três Tristes Tigres,Cosmic City Blues, Zen, Mesa entre outros.

Entrada – 3,00 euros
Início previsto – 23h30

11 Fevereiro – Sábado
6º Aniversário do Frequência Máxima – Trofa FM
Red Beating Toy + Half Baked + Dr1ve


Frequência Máxima é um projecto radiofónico produzido por Humberto Carneiro e Carina Silva, transmitido na Trofa fm em 107.8 fm de segunda a quinta-feira das 20 às 21h e aos Sábados das 18 às 21h. O programa tem a intenção de transmitir as novas e velhas tendências do mundo Rock.

Em palco sobem Red Beating Toy (Braga), Half Baked (Paços de Ferreira) e Dr1ve (Sta.Maria da Feira), alguns dos valores que passaram pela rubrica "Sons Puros", que se destina a divulgação de novos valores da música tuga. A apresentação e animação acargo de Pedro Neves (stand-up comedy).


Entrada – 3,00 euros
Início previsto – 22h30

18 Fevereiro – Sábado
BANGURU

Os BANGGURU podem definir-se como um projecto de música original e que se apresenta ao vivo com uma forte vertente gráfica e audiovisual. Com este seu primeiro trabalho, homónimo, este projecto junta vozes, guitarras, programações e samplers para a criação de alguns “imaginários reais”, como o de tentar conseguir redefinir o estilo electro – não só por adição de samplers, de ritmos frenéticos e suficiente loucura.Quem já ouviu diz que vai ser a "next big thing" do mercado discográfico nacional, equem sabe internacional – algumas labels americanas e alemãs já pretendem temas da banda para editar em compilações no estrangeiro.

João Pico - teclados, guitarra e programações
João Hora - teclados
Marisa Fortes - voz
Pedro Henriques – voz
José Dias - guitarrra


Entrada – 3,00 euros
Início previsto – 23h30

25 Fevereiro – Sábado
THE ULTIMATE ARCHITECTS

Após o seu o seu primeiro registo comercial “ELEVATA”, sob a forma de EP, lançam em 2005 “SOMA”, o seu álbum de estreia. Para o qual foram recrutadas as potencialidades dos produtores Armando Teixeira, João Megre, M e Luis Van Seixas, de forma a imprimir texturas, secções rítmicas e ambiências diferentes ao longo de “SOMA”. Como convidado especial, no “spoken word”, surgiu a hipótese de trabalhar com AdolfoLuxúria Canibal que imprime a sua voz ao tema Nanorealidades.


Entrada – 3,00 euros
Início previsto – 23h30

Tertúlia Castelense
R. Augusto Nogueira da Silva, 779
Câstelo da Maia – 4475-615
Avioso (Stª Maria)
Telef. 22 982 94 25/6

sexta-feira, 27 de janeiro de 2006

LAYOUT AO VIVO




28 Janeiro – Sábado
LAYOUT

Layout é um projecto oriundo do Grande Porto, formado em 2001, que se enquadra num estilo musical rock/pop/alternativo.

"We'll Start" é o seu primeiro single, som com influência rock e brit-pop. O single foi editado com duas faixas, "We'll Start From The Middle" e "As If", onde os extremos musicais se juntam para formar uma simbiose musical perfeita.

Pedro Palha – voz e guitarra
André Figueiredo – bateria
Tozé – guitarra
Bruno Xavier – guitarra
Filipe Costa – baixo

Entrada - 3,00 euros
Início previsto – 23h30

MAXIME APRESENTA

O Maxime Cabaret, em parceria com as Produções Banana, entra o ano de 2006 na máxima força, apresentando um «Fim-de-semana delirante» com o Quinteto Tati – na sexta-feira, 27 de Janeiro, e os Ena Pá 2000 – no sábado, 28!!Sobem assim a um dos palcos mais emblemáticos da capital, artistas de vulto, do mais fino da nossa praça, condizentes com os pregaminhos históricos que a casa se orgulha de ostentar.

O Quinteto Tati – porventura o melhor grupo português desde a extinção do lince da Malcata – não deixará de brindar a assistência com as canções do seu segundo e misterioso CD, sem primeiro saciar as almas carentes de «sexo e poesia» com os grandes exitos do seu primeiro trabalho. Tudo isto embrulhado num manto diáfano de «suor e fantasia», num convite à dança, ao romance e, porque não, à revolução e à anarquia? Saltem as rolhas do champanhe!

Vinte e quatro horas depois, na mesma ribalta, e às 23h00, a fasquia da loucura é elevada à máxima potência (daí a casa se chamar Maxime) com a estreia dos Ena Pá 2000 neste palco lendário, justificando plenamente a toponímia local – Praça da Alegria! Um explosivo coquetel de excentricidades difíceis de identificar! A não perder! Traga a família, os amigos, e o cão também! Divirtam-se! A vida é bela! Esgote-se o uísque e a cerveja!

Para regar os intervalos, e para que a monotonia não se instale, o DJ XUXAS abrilhanta o local, com os seus sons de bom gosto e momentos de originalidade.

ROCKOF




Clica na imagem para aumentar.

AO VIVO




Clica na imagem para aumentar.

SINAI AO VIVO




11Fev06 Miami - Olival, Vila Nova de Gaia
16Fev06 Bela Cruz - Porto
17Fev06 Up Town - Porto
25Fev06 Azenha D. Zameiro - Macieira, Vila do Conde

LOVERS & LOLLYPOPS INFO




VEADOS COM FOME* - VOLUME #3 (L&L #05) cd-r
O "Volume #3" dos *Veados Com Fome* (http://www.veadoscomfome.tk/) surge como o resultado da urgência que a banda tem em mostrar o seu trabalho. Os temas vão sendo criados de uma forma inconsequente e rápida pelo que se impõe o seu registo sob pena de se perderem irremediavelmente. Os três temas que constituem o volume foram gravados nos estúdios Fast Forward na baixa do Porto e misturados em casa. O trabalho gráfico surge de uma parceria entre oSr. Ferreira e Renata Mota. Refira-se que mais uma vez a inspiração para este volume, à imagem de todos os outros trabalhos dos Veados Com Fome, foi a estupidez, a imbecilidade a idiotice e todos os anacronismos que germinama inteligência.

01 - Nelson
02 - Timbalos
03 - Tronco

Artwork: Sr. Ferreira e Renata Mota

Os Veados Com Fome preparam-se pare voltar a estúdio para gravar as músicas para o futuro split com Lobster
04.02 - Veados Com Fome + Lobster + DOPO - ZDB

GREEN MACHINE
Encontram-se a gravar no estúdio da Oops! Barcelos, tendo como produtor José Cachada (The Astonishing Urbana Fall) para as novas músicas a sair num split com os catalães Veracruz. Para esta nova sessão contam com a participação de Nico (ex-Kafka, The Partisan Seed) no Hammond e harmónica, Guedes Ferreira (Fat Freddy), programações, Steve Mackay (The Stooges), saxofone e Vanessa Dias (voz).
17.02 - Hard Club, Gaia
18.02 - Bar da Praia, S.Pedro de Moel (com Born A Lion)www.myspace.com/greenmachinesucks

AO VIVO




Clica na imagem para aumentar.

METAL NO PALCO


Oratory

PRIMORDIAL (EI) www.primordialweb.tk
+
GEASA (EI) www.geasaweb.com

16.02.06 - Quinta - PT - Porto @ Hard Club
+ banda convidada: THE RANSACK

17.02.06 - Sexta - PT - Corroios @ Cine-Teatro
+ bandas convidadas: HORDES OF YORE + ARTE SACRA

18.02.06 - Sabado - PT - Faro @ Ass. R.C. Musicos
+ banda convidada: IN THA UMBRA + NEUROTIC

SKYCLAD (UK) www.skyclad.co.uk
+ banda convidada

18.02.06 - Sabado - PT - Corroios @ Cine-Teatro
+ banda convidada: ORATORY + EVADNE (SP) + MINDFEEDER

19.02.06 - Domingo - PT - Porto @ Hard Club
+ banda convidada: ORATORY + IN SOLITUDE

25.02.06 - Sabado - SP - Vigo @ Iguana
+ banda convidada: PARANOID

BULLLET EM ÉVORA

Espaço CELEIROS - Évora
Sábado 28 pelas 23h


Os Bulllet são um projecto de hip hop instrumental onde as bandas sonoras produzidas para filmes de espionagem nos anos 70, o easy listening, toques de dub, jazz, soul e funk representam papeis mais ou menos importantes numa narrativa muito própria. Comandado por Armando Teixeira, o projecto Bulllet estreou-se em 2002 com oálbum "The Lost Tapes", editado pela Loop:Recordings, onde uma história muito especial - que conjuga agentes do KGB, a CIA, bases da Nato, submarinos nucleares e lugares exóticos como a Riviera, o Cairo ou Zagreb -serve de fio condutor para a música.

Durante 2003 o projecto Bulllet foi ainda responsável pela edição do EP “TheLost Vocal Tapes”, um conjunto de recriações vocalizadas de temas do álbum de estreia com a presença de Kalaf. Ou seja, um testemunho mais fiel da dimensão live dos Bulllet. Este EP vinha enriquecido com dois clips de Edgar Pêra.

Agora, Armando Teixeira prepara-se para editar “Torch Songs For Secre tAgents”, terceiro tomo de uma aventura que não tem fim à vista. No novo álbum, Bulllet investe um pouco mais em canções de recorte “clássico”, recorrendo a algumas das marcas do soul e da Spoken Word para continuar arecriar os ambientes late seventies que lhe assentam como uma luva. Como Lili, vocalista dos Ballerina, Kalaf e até Legendary Tiger Man, Bulllet oferece-nos uma viagem ainda mais refinada pela música da transição da década de 70 para a de 80, como se de um exercício de library music se tratasse, com aproximações a diversas linguagensswingantes.
Tal como os trabalhos anteriores, “Torch Songs For Secret Agents” possui um refinado sentido orquestral, sendo capaz de encontrar nas diversas latitude saurais que explora uma linhagem comum.

Fascinante e único é o que se pode dizer deste projecto .Um conjunto criado e apresentado com muita classe e charme.


ANTI-CLOCWISE JÁ RODAM 1 TEMA




O tema "Beauty Paranoia" do próximo album dos Anti-Clocwise está agora a rodar na página no MySpace. Ainda não é a versão masterizada mas já dá para ouvir o que aí vem.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2006

PROGRAMA DE 26/01/06

1 - Primitive Reason - Speaker box
2 - Contratempos - Nocturno
3 - David Fonseca - Hold still II (c/ Rita Pereira)
4 - Blind Zero - Can't hold you down
5 - Mesa - Vício de ti
6 - Viviane - Coração despido
7 - Mler Ife Dada - Erro de cálculo
8 - Pop Dell'Arte - Stranger than summertime
9 - Pat Kay & The Gajos - Pressure (c/ Adolfo Luxuria Canibal)
10 - Kubik - Era chegado o tempo (c/ Adolfo Luxuria Canibal)
11 - Clã - Caubói solidário (c/ Adolfo Luxuria Canibal)
12 - Mão Morta - Kayatronic (ao vivo)
13 - Novembro - Leva-me daqui

SACAR CAMARÃO

Página com informações e músicas para download


http://www.myspace.com/camaraodk

NOVO SINGLE DE PRIMITIVE REASON


Após o sucesso da tournée no Reino Unido e o lançamento internacional de 'Picturesin the Wall', os Primitive Reason lançam agora em Portugal, aquele que é o seu single de apresentação internacional - 'Speaker Box'.

O single já está disponível para todos os fãs através de download no site oficial da banda. Entretanto o video-clip que irá acompanhar o tema deverá estar pronto em breve.

A banda, que este ano completa 10 anos de carreira, prepara-se para celebrar em grande o regresso aos palcos portugueses.

Neste ano de 2006, estão também previstas várias digressões pelo estrangeiro ,incluindo o regresso ás terras de sua majestade e aos Estados Unidos.

Para mais informações visite: www.primitivereason.com

AO VIVO NO PORTO RIO

11 Sábado
23h
Roll'n'Tronics
D3ö [live]
R´n´r djs: Rodas + Adolfo Luxúria Canibal D´n´b djs: Nuno Forte + Al:x
Bar: Fragil vs Julio Verme


17 Sexta
23h
Doom metal @ porto rio
Downrider
Inverse


18 Sábado
23h
Apresentacão da nova banda dos extintos Parkinson
Blood Safari [uk]
Monkey Island [uk]
Here b Dragons
R´n´R Djs: Pedro Branco & Rodas


24 Sexta
23h
Devil in Me apresentação do álbum "Born to Lose" Larkin
Dj Point of View


27 Segunda
23h
Carnaval @ porto rio
Peste & Sida
R´n´r Djs: Rodrigo Areias & Rodas
D´n´b Djs: Afrodith + Filipe Saraiva + Alif
Bar: Hell Mariachi vs 4 Ty Free

RUI AZUL NO PALCO




Rui Azul - sax solo concerto
Sábado, 28 Jan 21:30 h
Centro Cultural Mestre José Rodrigues
Alfândega da Fé

NOVAS DOS MESA




Depois de umas merecidas férias de Natal, os MESA regressam à estrada, desta feita a Arcos de Valdevez e ao seu auditório Municipal. É já amanhã, sexta-feira, pelas 23h00.

ZIEBEN DE VOLTA



Os ZIEBEN estão aí de volta com os concertos.Para começar este ano a banda vai até à Marinha Grande para abrir o concerto dos "Concealment", outra banda da zona de Sintra. Para os que aparecerem vão poder contar com cerca de 45 minutos de concerto entre temas mais antigos e mais recentese, e claro, aquela dose de energia. Fica aqui o cartaz do concerto e pode tambémpassar pelo site http://rockar.pt.vu para mais informações.
Fiquem a aguardar mais noticias que as coisas não vão ficar por aqui...

ZIEBEN + Concealment
DATA: 10 de Fevereiro
LOCAL: Sede da Embra (Marinha Grande)
HORAS: 22h00

DRILL EM VIGO




Os drill vão até Vigo naquela que é a sua primeira data internacional, é jáno dia 4 de Fevereiro pelas 22.30h. O local que vai acolher mais uma dose de power-rock é a sala Fabrica de Chocolate Club. Este é o primeiro concerto de um ano que se espera promissor pela banda.

fabrica de chocolate club - Vigo (Pontevedra)
22.30h
4€ antecipado
6€ na hora

outros concertos já agendados:

24/2 - Lotus Bar - Cascais1
1/3 - rockar - EMBRA - Marinha Grande
24/4 - Excalibar - Sta Iria da Azoia

QUADRILHA VÃO GRAVAR DISCO AO VIVO




Fórum Municipal Romeu Correia
26 e 27 de Janeiro de 2006


Depois de vários anos de existência e cinco discos editados, a Quadrilha aventura-se agora no que se pode considerar o seu mais recente desafio: a gravação do primeiro disco ao vivo durante estes dois dias de espectáculo.

Nestes concertos, a Quadrilha revisitará os maiores sucessos da sua carreira com inclusão de alguns temas inéditos. A fusão entre a tradição portuguesa, a música de raiz celta e os aromas do Norte de África servem de mote às criações do grupo. O disco que será registado com este espectáculo será editado ainda em 2006.

Duas noites imperdíveis para quem acredita na música portuguesa e no eterno movimento das suas tradições.

QUADRILHA:
Sebastião Antunes – guitarra, voz e bouzouki
Rui Rechena – baixo
Nick Cooke – violino
Luís Bento – bateria
Amadeu Magalhães – bandolim, gaita de foles
Pierre Escodo – concertina

MÚSICOS CONVIDADOS:
Tiago Pereira – percussões
Luís Peixoto - bouzouki

quarta-feira, 25 de janeiro de 2006

PROGRAMA DE 25/01/06

1 - Pedro Janela - Another sunday
2 - Limbo - Cocoon
3 - So Happy Together - O vento pára
4 - Bulllet - Full time orchestra
5 - Wordsong - A cabeça de vidro
6 - Arkham Hi*Fi - Adventures in stereo
7 - Lolly and Brains - Keep in faith
8 - Pop Dell'Arte - Stranger than summertime
9 - Mler Ife Dada - Xwe xwe
10 - Anabela Duarte - L'amour va bien, merci
11 - Paula Oliveira e Bernardo Moreira - Uma flor de verde pinho
12 - Carlos Bica - Dança para um folclore imaginário
13 - José Peixoto e Carlos Zíngaro - Onze11
14 - Bernardo Sassetti Trio2 - Outro lugar

AO VIVO NO LOUNGE EM FEVEREIRO


sáb. 04 AO VIVO: smartini [pt] (23h30, entrada livre)
+ DJ: m á r i o v a l e n t e

Para quem gosta do tipo de construções entre o noise e a melodia arrebatora, tal como ensaiadas no passado por nomes como Sonic Youth, Yo La Tengo, Wilco, Spoon e Pavement. A experimentar urgentemente nopresente. Smartini é um projecto que surgiu em 2002 algures entre Braga e Guimarães. A banda, que já actuou no palco secundário do festival de Vilar de Mourosem 2004, venceu o 1º festival de bandas de garagem de Paredes de Coura, oque os levará ao palco da próxima edição do festival. O som dos Smartini, segundo os próprios, "é assumido como uma estrutura musical que descreve paisagens, momentos e que se baseia na intuição momentânea produzida através de rastos melódicos alternados por momentos de palpitações incontroláveis e electrizantes."
Para ver e ouvir: site oficial e http://www.myspace.com/smartinimusic


qui. 23
1º aniversário merzbau (23h30, entrada livre) com:
lemur (ao vivo)
goodbye toulouse (ao vivo)
+ DJ: m á r i o v a l e n t e


A netlabel Merzbau celebra o primeiro ano de existência no Lounge, com a actuação ao vivo de duas bandas do seu vasto catálogo de edições. Os Lemur, que arrancam as festividades, são de Lisboa e começaram a tocarem 2003. A formação original manteve-se até hoje: Vasco Furtado (bateria), João Brandão (guitarra, baixo), João Marques (baixo, guitarra) e Pedro Rodrigues (violoncelo, teclas). O estilo musical é ainda uma incógnita para todos os elementos da banda, que, quando interrogados, só conseguemdizer duas palavras: rock instrumental. Desde os Durutti Column aos Mão Morta, as comparações já foram muitas. Post-rock e post-punk são dois rótulos não totalmente descabidos.Partilharam o palco, em diferentes ocasiões, com bandas como os Bypass,Ölga, Brainwashed by Amalia e Allstar Project. Em 2004 editaram uma maqueta com seis temas e preparam-se agora para lançar um ep na net label da merzbau, de que este é o concerto de lançamento.
Os Goodbye Toulouse nasceram no verão de 2004 quando Tiago Sousa decide pegar nalgumas ideias suas e construir o EP "Urbe", que acaba por sereditado mais tarde, em Março de 2005, através da Merzbau. A partir daí juntaram-se a Tiago três amigos, que já haviam participado também nasgravações, para suportar a banda ao vivo. Tiago Sousa, Joca (Gordon's Deal/We Shall Say.), Luís Nunes (Jesus, The Misunderstood) e Vitó (Gordon's Deal) são os elementos que compõem os Toulouse nos seus quatro primeiros concertos (entre os quais, no Santiago Alquimista e na Galeria Zé Dos Bois). Mais tarde a banda sofre alterações no seu alinhamento regressando no inicio de 2006 às actuações ao vivo, agora com Tiago Sousa, Luís Nunes (Jesus, the Misunderstood) e Pedro Girão (Jesus, the Misunderstood) preparados para espalhar o caos sonoro e dar corpo a estaaventura musical.
Para ver e ouvir: http://www.merzbau.tk/


sáb. 25
AO VIVO: the weatherman [pt] (23h30, entrada livre)
+ DJ: m á r i o v a l e n t e

O suplemento "Y" do Jornal Público elegeu The Weatherman como o projectonacional revelação a ter em conta para 2006. Esta é a oportunidade de perceber porquê, naquele que será o concerto de lançamento do álbum de estreia "Cruisin' Alaska"."Declaro que os Beatles são mutantes. Protótipos de agentes evolucionários enviados por Deus, dotados de um poder misterioso para criar uma nova espécie humana, uma raça de homens livres que se riem constantemente"(Timothy Leary, algures nos loucos anos 60). 50 anos depois, o mundo continua cinzento. As guerras mudaram de nomes e os sonhos libertinos e ingénuos de uma década diluíram-se nas aparências sisudas e responsáveis do mundo dos adultos. Alexandre Monteiro tem 26 anos "segundo o BI", como ele mesmo diz, mas apenas 19 "na cabeça". Vive num mundo em que as melodias dos Beatles e dos Beach Boys era "Smile"continuam a ser fonte inesgotável de inspiração - um mundo colorido, pintado a partir da cinzenta Vila Nova de Gaia, onde vive. Aos seis anos, Alexandre começa a cantar num coro de uma escola de música local e o gosto pelas melodias nunca mais o largou. Alguns anos maistarde, descobriria os Beatles, John Lennon, os Beach Boys e os Abba na colecção de discos do pai e começou a compôr canções."Cruisin' Alaska" é a estreia absoluta de Alexandre Monteiro (TheWeatherman) e reflecte a sua obsessão pelo poder intemporal das boas melodias. O álbum olha para trás para sorver inspiração, mas não soa datado. Todos os instrumentos foram gravados pelo músico e muitas cançõesforam gravadas ao primeiro take. Apesar disso, o disco revela um lado quase orquestral reminiscente dos Beach Boys e de outros nomes dos anos 60, revistos à luz do indie pop contemporâneo e de outras coordenadas comoo funk.

INJAZZ




Clica na imagem para aumentar.

AO VIVO




Clica na imagem para aumentar.


Sexta feira, 27 de Janeiro [23h00]
Duplex Bar [Tomar]
TatsuMaki [live]
BioniC [anti-dj match]


Sábado, 28 de Janeiro [23h00]
Trampolim Bar [ Torres Novas]
Electroni/Tech com TatsuMaki [live]
+
BioniC [anti-dj match]
+
Sardin [vj set]
+
Sinergy Networks [videos]



AO VIVO NO MAXIME




Clica na imagem para aumentar.

UM DIA A CAIXA VEM ABAIXO




Clica na imagem para aumentar.

THERMIDOR NO BARREIRO




Clica sobre a imagem para aumentar

PROGRAMA DE 24/01/06

1 - Bandex - Don't think twice, it's all right
entrvista Bandex (Nuno Gelpi)
2 - Bandex - Nite Line (I -Wof remix)
3 - Mler Ife Dada - Dance music
4 - Pop Dell'Arte - Strange than summer
5 - Slow Soldier -Skyover(ganga da tanga)
6 - Lolly And Brains - Keep in faith
7 - Flatopak - Hang bird
8 - Sci Fi Industries - Anobium puntactum
9 - Arkam Hi*Fi - Adventures in stereo
1o - Shhh... - Mathematics
11 - Bulllet - Full time orchestra

terça-feira, 24 de janeiro de 2006

EDEN EM FORÇA

Novidades de França! Eden premiados nos Tempestade Music Awards 2005(grupo revelação)

Os Eden acabam de ser declarados vencedores dos Tempestade Music Awards 2005 na categoria “artista ou grupo revelação”. Organizado pela Associação Cap Magellan, a maior associação de jovens lusodescendentes em França, este é considerado o maior concurso demúsica portuguesa realizado fora de Portugal. As votações foram feitaspelo público através da Internet em http://www.tempestade.org/. Os Xutos e Pontapés, os Wraygunn, os Da Weasel, os Gift e os Humanos são alguns dos vencedores das várias categorias da edição de 2005. Nas edições anteriores, a categoria “revelação” havia sido ganha por: Linha da Frente (2002), Toranja (2003) e Quinteto Tati (2004). Segundo a organização, o videoclip do tema “Renascer das cinzas” tem passado com regularidade no programa Lusophonie Parisienne do canal de cabo “La Locale”.

Eden ao vivo na Antena 1

Os Eden foram os convidados de honra do programa "Viva a Música" daAntena 1 transmitido em directo e ao vivo no passado dia 19 de Janeiro, a partir do Teatro da Luz em Lisboa. Neste programa, os Eden apresentaram 7 temas: “E mais nada”, “O jogo”, “Os quatro elementos”, “Renascer das cinzas”, “Fera ferida”, “Até ao fimdo mar” e “Página secreta”, esta última em estreia absoluta. Durante a emissão, Armando Carvalhêda entrevistou os elementos do grupo, tendo sido abordado o historial e as perspectivas futuras dos Eden. Ao longo de 10 anos, o “Viva a Música" tem sido uma das referências da rádio em Portugal, tendo aí actuado grandes nomes como Carlos do Carmo, Pedro Abrunhosa, Mariza, Sérgio Godinho, Camané, Rui Veloso, entremuitos outros. Os Eden contaram com o apoio logístico da Câmara Municipal da Nazaré neste evento.

AO VIVO NA ZDB


Quinta-feira dia 26 de Janeiro às 23h00
Matulona_Sessions


Corações de Atum
Mais do que firmado no panorama sonoro universal, o Dr. Lello Minsk, também conhecido ao público como candidato Vieira, vem deliciar-nos com grandes temas do jazz português. Carregando bastante menos na linguagem dura daquilo a que nos habituou com outros projectos, o carismático Doutor Lello Minsk, que, adaptando a tradição latino-americana com a colaboração do maestro Shegundo Galarza, recuperou algumas das nossas melodias de sempre: «Triste e Cru», que era cantado por Ribeirinho em «O Grande Elias»; ou o «Deixa Lá Falar», do filme «O Tarzan do 5º Esquerdo». Para lá disso, chega mesmo a contribuir com alguns futuros clássicos para esta "panóplia de cançõesdignas dos mais fumarentos cabarés", como o titular «Corações de Atum», ou o sórdido-lite de «O Atendedor».Uma soirée para dançar e reviver nostalgias com os Corações de Atum.



Entrada: 6€

Sábado dia 28 de Janeiro às 23h00
Modern_Minimal_Sessions

Murcof (MX)
Phoebus (PT)

Phoebus
Afonso Simões tem sido dos criadores de som mais activos e esteticamente amplos em Lisboa no último ano. Quer como um notável baterista free nos Fish& Sheep, em intricados processos de desconstrução rítmica no duo Braço, ou – em outro universo, também ele plural – enquanto Phoebus. Neste seu alte-ego a solo iniciado em 2003, Simões trabalha, tanto em plataformas digitais como em instrumentação acústica e eléctrica, apontando caminhos diversos, unidos pela impressão digital do músico. Tanto explora o ambientalismo através de música de terceiros processada em tempo real, como produz devastadores sets de house. De Count Ossie, a Morgan Geist ou Brian Eno, todo um universo coerente de aberturas estéticas e modos de expressão livre, aqui no seu ecossistema electrónico.Trabalho em vídeo para o concerto realizado por Pedro Maia, aka Stolen Images Inc., assente na exploração a partir de «found footage» (de cinema primordial até fontes de internet), reconstituída e recontextualizada pormeios digitais.


Entrada: 7.5€

NOVAS DA SPEAR AGENCY


O Porto-Rio receberá na próxima semana, dia 27 a visita dos REJEC TSUNITED, que entram assim na fase final da promoção do seu 1º trabalho o E.P."Rebound Aftermath". Após este concerto a banda irá participar no concurso, Equalizador 06 que irá decorrer no Santiago Alquimista, a elimanatória está marcadapara dia 10 de Fevereiro .A partir de Fevereiro a banda entrará em fase de pré-produção e irá começar a gravação do albúm após o primeiro trimestre do ano.(www.myspace.com/rejectsunited)

Os COIRATOS VIOLENTOS regressam aos concertos por uns tempos e actuam dia 10 e 11 no Algarve, 12 de Feveiro no Family Ties Fest no Culto Bar e dia 18 actuam no Ribas Rock, em Torres Novas. Após estes concertos a banda estará um mês ausente para gravar o seu albúm, com o título provisório "Punk Boémio".(www.myspace.com/coiratosviolentos)

Os MONOGONO, banda de que mistura jazz, metal e elementos progressivos e ambientais, na linha dos The Dillinger Escape Plan, foi uma das escolhidas para os Warm-Up do SWR Barroselas, deste ano e irá actuar no dia 24 de Fevereiro, no Colinas Bar em Albergaria.(http://www.purevolume.com/monogono)

A Spear Agency, conta com mais dois projectos, osFIONA AT FORTY, um das revelações do Emo-Core nacional, e o projecto de Jazz, EQUAL FOUR, que conta com músicos portugueses e colombianos! (www.myspace.com/fionaatforty)

Outra novidade, é o site da Spear Agency que finalmente se encontra on-line, ainda imcompleto, mas em breve estará totalmente funcional. não deixem de o visitar e adicionar aos favoritos, para estar sempre a jeito: www.spearagency.com

EQUALIZADOR LX 2006




Divisão bandas apuradas EQUALIZADOR LX 2006


eliminatórias:
03/02: New Connection (electro), Nuno Chaparro (reggae), Blind Man's Buff (rock-pop),Procurança(popular)
04/02: Kolapsus (hip hop), Kronos (industrial electro), Tape Loading Error (electronico), Revol(rock)
10/02: Revolotion (pop rock), Sir Giant (reggae californiano), Rejects United (rock),Voices in Your Head (pop rock)
11/02: Manifestos (hip hop), Beeper(electronico), Contrabando (pop rock), One o One (rock)




Inicio de espectáculo SANTIAGO ALQUIMISTA : 23h_ENTRADA 5€
Afterparties no Op Art às 03:30

Juris (3 por noite) :
Marc Requilé (Vive la Fête, Evil Superstars)
Rui Fingers (Paulo Gonzo)
Representante Music Factory
Pedro Marques (rua de baixo)
Representante Zingadin (nome p/ confirmar)
Nuno Calado (antena3, No DJ's)




NOVIDADES DA MATARROA

Disponível em mp3, na secção Brindes, o EP "2" de Ovelha Negra. Produtor e DJ, oriundo das Caldas da Raínha. Um trabalho pioneiro na arte da produção e do turntablism que temos o prazer de divulgar


Prince Wadada, acompanhado pela Kimbangui Band, gravou um mini-concerto para o programa CC Estúdio 2 da SIC Radical. O concerto pode ser visionado nesta estação embreve.

Factos Reais e Prince Wadada continuam o seu périplo pelas Fnacs, apresentando ao vivo "Plano B" e "Entendimento", respectivamente. Podem e fazer download de algumas faixas no site, entretanto, aqui ficam as datas:

26 de Janeiro
Factos Reais
Fnac Cascais
21h30 - Entrada Livre

27 de Janeiro
Factos Reais Fnac Almada
21h30 - Entrada Livre

29 de Janeiro
Factos Reais Fnac Guia (Algarve)
17h00 - Entrada Livre

02 de Fevereiro
Prince Wadada & Kimbangui Band
Fnac Colombo
21h00 - Entrada Livre

05 de Fevereiro Prince Wadada & Kimbangui Band
Fnac Cascais
17h00 - Entrada Livre

11 de Fevereiro Prince Wadada & Kimbangui Band
Fnac Chiado
21h00 - Entrada Livre

MOSTRA DE BANDAS EMERGENTES EM GUIMARÃES

4 e 18 de Fevereiro -23h00
4 e 18 de Março - 23h00

Café-Concerto do Centro Cultural Vila Flor – Guimarães
Preço: € 2,5

Já foram seleccionadas as bandas que vão protagonizar os concertos do OUV.ESSE. Recorda-se que, no final do passado mês de Dezembro, o Centro Cultural Vila Flor abriu candidaturas para uma mostra de bandas emergentes, cuja data da entrega de maquetas teve limite no dia 16 de Janeiro.

Durante cerca de três semanas, o Centro Cultural Vila Flor recebeu 37 CD’s de diferentes bandas de diversos géneros musicais, provenientes de vários pontos do país. A selecção foi realizada com base nos critérios da originalidade, execução e mensagem. O júri foi composto pelos responsáveis técnicos, de produção e artísticos do Centro Cultural Vila Flor.

Dado o interesse das propostas e para dar oportunidade a todos os que mereceram a selecção, foram apuradas 16 bandas, e não 8 como inicialmente estava previsto. Desta forma, o Centro Cultural Vila Flor prolongará a mostra de bandas durante o próximo trimestre, em datas a anunciar.

´
Os concertos para este trimestre estão já agendados para os dias 4 e 18 de Fevereiro e 4 e 18 de Março, às 23h00, no Café-Concerto do Centro Cultural Vila Flor, onde actuarão duas bandas por noite.

Lista de Bandas Seleccionadas (por ordem aleatória)

“Spirit” (Braga)
“The Wage” (Marinha Grande)
“Idiosyncratic” (Vila Nova de Gaia)
“Laboratório Caustico” (Braga)
“Da Firma” (Guimarães)
“Plasticina” (S. Mamede de Infesta)
“Frame” (Oliveira de Azeméis)
“Blindman’s Buff” (Cascais)
“Loops” (Barcelos)
“Karandiru” (Barcelos)
“Serie B” (Celorico de Basto)
“Mantra” (Guimarães)
“Red Beating Toy” (Braga)
“Sonar” (Lourosa)
“Alisson Bentley” (Famalicão)
“Void” (Fafe)

segunda-feira, 23 de janeiro de 2006