sábado, 31 de maio de 2014

PROGRAMA DE 31/05/14

1 - Birds Are Indie - We will never be
2 - Breutify Junkiards - From the morning
3 - Mazgani -Distant gardens
4 - The Loafing Heroes - Into the nothing
5 - Tape Junk - Buzz
6 - Dear Telephone - That violin lesson sucks
7 - Peste & Sida - Bom português
8 - Viralata - Não há tachos
9 - O Homem da Carabina - A oeste nada de fofo
entrevista O Homem da Carabina
10 - O Homem da Carabina - Trovas pensamentos e fragmentos (tocada em estúdio)
entrevista O Homem da Carabina



sexta-feira, 30 de maio de 2014

PROGRAMA DE 30/05/14

1 - Mundo - Raio de luz (com NBC)
2 - Linda Martini - Sempre que o amor me quiser
3 - O Homem da Carabina - Valsa da Maria  e da Joana
4 - Asterisco Cardinal Bomba Caveira - Primavera
5 - Klepht - 21/6
6 - Cadeira Eléctrica - O teu fim
7 - Noz - Rippin'
8 - Viralata - Não há tachos (com Kalu)
9 - Peste & Sida - A vida são 2 dias ...
10 - The Mad Moiselle - Space lovers
11 - Pakita Pouco - Gentil
12 - Celina da Piedade - Erva-Cidreira
13 - Best Youth & Moullinex - In the shade  

GISELA JOÃO EM NOVA IORQUE















No âmbito das comemorações do dia de Portugal a fadista Gisela João atua em Nova Iorque e New Jersey no próximo mês de Junho.

O Convite foi feito pelo Representante Permanente de Portugal nas Nações Unidas (Embaixador Álvaro Mendonça e Moura) e o Cônsul de Portugal em Newark, Nova Jersey.
A primeira actuação será dia 06 no NJPAC (New Jersey Art Center) pelas 19h, na Cidade de Newark. Dia 08 ainda em Newark fará uma apresentação no Museu de New Jersey e por fim dia 09 será a vez de Nova Iorque no Elebash Recital Hall em Manhattan.
 

quinta-feira, 29 de maio de 2014

PROGRAMA DE 29/05/14

1 - Márcia + Dead Combo - Visões ficções
2 - Mariana Abrunheiro - Mariazinha
3 - Ai! - Marião
4 - Zé Perdigão - Srª do almortão
5 - Homem Em Catarse - Évora
6 - Fávio Torres - Canalha
7 - Viralarta - Não há tachos (c/ Kalu)
8 - Peste & Sida - Cantiga da rua

9 - Worship Of The Senses - D-tox
entrevista Worship Of The Senses
11 - Worship Of The Senses - The mystery of the flame



LUÍSA AMARO AO VIVO


HONEYSOUND APRESENTA

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
INDIGNU
31 MAIO / AISCA / VIANA DO CASTELO / 23h30

Os Indignu marcam presença no V Fórum Internacional de Gestão Artística e Cultural, a decorrer em Viana do Castelo. O vídeo acima foi gravado ao vivo no Dunk!Festival na Bélgica.

www.indignu.bandcamp.com
www.aisca.PT
 
SOUTO ROCK 2014
10 - 11 -  12 de Julho são as data do 10º aniversário da Festa do Rock!

MAIS NOMES A ANUNCIAR BREVEMENTE !!

11 JULHO

Noite Honeysound
CRÓ!
www.spacecro.com
www.spacecro.bandcamp.com
www.facebook.com/spacecro

FAT FREDDY
www.facebook.com/fatfreddy.pt
www.fatfreddy.bandcamp.com

OKKUR
www.facebook.com/okkurmusic
www.okkurmusic.bandcamp.com

Organizado pela Associação Cultural e Recreativa de Roriz - em conjunto com vários colaboradores -, o Festival Souto Rock é um evento cultural que teve início em 2005. É um festival com carácter mais alternativo, cujo principal objectivo é a divulgação dos bons trabalhos que se vêm fazendo no panorama musical nacional, sem esquecer as participações de novas bandas locais. Este pequeno festival caracteriza-se pela vontade de descentralizar e pelo esforço de aliar algumas manifestações da música independente ao mais tradicional espírito de festa, tudo num ambiente caseiro e de convívio entre amigos.

 Os concertos são de entrada livre!

www.soutorock.pt.to

ALCOOLÉMIA - "PALMA DA MÃO"

DEAD COMBO A NORDESTE








 
Aos já anunciados Capicua, Sensible Soccers, Brass Wires Orchestra e Switchst(d)ance, o Festival Rock Nordeste junta agora Dead Combo, Octa Push, The Glockenwise, Steve Parker e Midnight, que completam assim o cartaz da edição 2014 do regressado festival vila-realense

A promotora de espetáculos e agência de booking covilhete na mão é responsável pela coprodução do festival Rock Nordeste, uma organização da Douro Alliance – Associação de Municípios em conjunto com a Câmara Municipal de Vila Real.
 
A decorrer a 26 e 27 de Junho, quinta e sexta-feira, respetivamente, o festival acontece no Parque do Corgo e no auditório exterior do Teatro Municipal. A entrada é livre e promete oferecer a Vila Real dois dias repletos da melhor música portuguesa.

Após um ano de interregno, o festival Rock Nordeste regressa para a sua 10ª edição, renovado e com uma forte aposta no melhor que se faz na atualidade da música moderna portuguesa. Pelo festival Rock Nordeste passarão 6 (seis) bandas e 3 (três) dj’s nacionais.

A curadoria de dj’s do Rock Nordeste estará a cargo da promotora vila-realense Bandit Room, reconhecida já pelos distintos eventos de música eletrónica que tem vindo a realizar no nordeste do país.
 
Na sexta 27, o festival contará com a primeira edição do Vila Real Urban Market, um mercado urbano aberto a quem quiser vender o seu produto artesanal, tradicional ou de outro carácter. As inscrições podem ser feitas em breve através do site www.rocknordeste.pt e decorrem até uma semana antes do festival, a 19 de Junho.


www.facebook.com/rocknordeste.vr
www.rocknordeste.PT

ASTERISCO CARDINAL BOMBA CAVEIRA - "PRIMAVERA"

GESSICATRIP LANÇAM RARIDADES



















CONCERTOS DE APRESENTAÇÃO
Lisboa - 6 de Junho - 23h00 - MUSICBOX
Porto - 14 de Junho - 22h30 - PASSOS MANUEL

Depois de darem a conhecer o single de avanço "Feliz Acaso", hoje é dia de revelar os restantes seis temas que compõem o novo álbum de originais dos GESSICATRIP intitulado "Raridades".
 
Quase um ano após a edição do trabalho de estreia “Sala de Estar”, Tito Pires e José Dinis provam hoje que a sua frutífera colaboração os coloca como um dos mais sólidos novos talentos da música portuguesa. "Raridades" é uma colecção primorosa de composições desarmadas de regras e ideias pré-concebidas que vagueiam coerentemente pelo rock lo-fi e o pop de curvas sinuosas.
 
A viagem pela nova vaga de rock português tem assim mais um nome forte, GESSICATRIP, os mesmos que se vão apresentar ao vivo em Lisboa e Porto, já no início do mês de Junho.
 
Assim, dia 6 de Junho, pelas 23h00, os GESSICATRIP sobem ao palco do Musicbox, em Lisboa, e dia 14 de Junho, pelas 22h30, é o palco do Passos Manuel no Porto que recebe a dupla.
 
Os bilhetes custam 5€ e estão disponíveis em BilheteiraOnLine e nos locais habituais para o concerto de Lisboa, e no Passos Manuel.
 

BLINDAGEM METAL SHOW APRESENTA

 

quarta-feira, 28 de maio de 2014

PROGRAMA DE 28/05/14

1 - Frankie Chavez - Fight
2 -The Legendary Tigerman - Gone
3 - Budda Power Blues - One in a million
4 - d3o - Hard to explain
5 - Nicotine’s Orchestra - Luna louca
6 - Nobody’s Bizness - People i wish for
7 - Viralata - Não há tachos (c/ Kalu)
8 - Peste & Sida - Orgia paroquial

9 - Miura - Cerro os dentes
10 - O Incrível Homem Bomba - Rainha macabra
11 - Uninauei - Adamastor
12 - Amores Imperfeitos - És tu a sós
13 - Linda Martini - Febril (tanto mar)
14 - Peixe : Avião - Avesso
15 - Paus - Bandeira branca
16 - Quelle Dead Gazelle - Afrobrita


BOOSTER AO VIVO


NO SABOTAGE


terça-feira, 27 de maio de 2014

PROGRAMA DE 27/05/14

1 - Viviane - Do Chiado até ao cais
entrevista Viviane
2 - Viviane - Dia novo
3 - Peste & Sida - Algo paira no ar
4 - Viralata - Não há tachos (com Kalu)
5 - Modernos - Só se te parecer bem
6 - Inkilina Sazabra - Desejo maldito
7 - Bella Máfia - Lavagens cerebrais
8 - The Partisan Seed - Ana (road to Santiago)
9 - Carl Mendes - Holes in the heart
10 - Murdering Tripping Blues - Stumblin' blues
11 - Keep Razors Sharp - 9th
12 - O Bisonte - Ruína

JOANA ESPADINHA COM NOVO DISCO



















JOANA ESPADINHA edita "Avesso"
concerto de apresentação
MUSICBOX | 3 Junho às 22h30

"Avesso" álbum de estreia de Joana Espadinha, as composições de sua autoria, cruzam influências que vão do Jazz ao Pop/Rock, dando origem a uma música única que certamente marcará o ouvinte.

Joana Espadinha edita “Avesso”! O seu álbum de estreia onde nos apresenta as composições da sua autoria, cruzando influências que vão do Jazz ao Pop/Rock, dando origem a uma música única que certamente marcará o ouvinte.

Sustentada por uma banda onde figuram alguns músicos de renome do panorama nacional, a música vem ao de cima traduzida em canções que combinam um misto de sonoridades acústicas e eléctricas, através das quais, a componente lírica da música de Joana ganha vida. 
Em cada faixa, uma nova mensagem, uma nova estória, para ouvir com atenção.

“Avesso” é o espaço onde tudo isto acontece.    
Com Júlio Resende no piano, João Firmino na guitarra, Francisco Brito no contrabaixo e Luís Candeias na bateria.

Não perca o concerto de apresentação no MUSICBOX | 3 de Junho às 22h30
Preço Bilhetes: 8,00 € »» pode comprar aqui

Data de edição: 2 de Junho 2014
Edição de Autor | Distribuição Sony Music Portugal

MUNDO SEGUNDO COM NOVO REGISTO














Mundo Segundo, o Mc e produtor dos Dealema, que edita segunda-feira dia 02 de Junho o novíssimo álbum "Segundo o Ancião" que assinala os seus 20 anos de carreira. 

Deste álbum fazem parte vários músicos convidados como é o caso de NBC, Sam the Kid, Dino de Santiago, DEAU, Virtus, entre outros.

CUCA ROSETA CANCELA CONCERTO EM ESTARREJA











 
Por motivos imprevistos e de força maior, alheios à vontade do Cine-Teatro de Estarreja, o concerto de Cuca Roseta agendado para dia 21 de junho será cancelado. Ana Moura é o nome que irá celebrar o 9º aniversário do equipamento, uma marca da cultura estarrejense no panorama local, regional e nacional, na mesma data, 21 de junho, à mesma hora, 21h30.

SAB 21 JUN 21H30
Ana Moura*

Ana Moura voz
Ângelo Freire guitarra portuguesa
Pedro Soares viola de fado
André Moreira baixo e contrabaixo
João Gomes teclados

Mário Costa bateria e percussões
[MUSICA] Auditório 10€ / 8€ (Cartão Sénior e Jovem Municipal)
Entrada gratuita para Cartão Amigo (mediante convite)

*Concerto com babysitting

+ http://www.cineteatroestarreja.com
http://www.facebook.com/cinestarreja
http://twitter.com/CTE__

JACINTA EM COIMBRA


ROCK NORDESTE








A promotora de espetáculos e agência de booking covilhete na mão anuncia a coprodução do festival Rock Nordeste, uma organização da Douro Alliance – Associação de Municípios em conjunto com a Câmara Municipal de Vila Real.
 
A decorrer a 26 e 27 de Junho, quinta e sexta-feira, respetivamente, o festival acontece no Parque do Corgo e no auditório exterior do Teatro Municipal. A entrada é livre e promete oferecer a Vila Real dois dias repletos da melhor música portuguesa.
 
Após um ano de interregno, o festival Rock Nordeste regressa para a sua 10ª edição, renovado e com uma forte aposta no melhor que se faz na atualidade da música moderna portuguesa. Pelo festival Rock Nordeste passarão 6 (seis) bandas e 3 (três) dj’s nacionais.
 
Capicua, Sensible Soccers, Brass Wires Orchestra e Switchst(d)ance são as primeiras confirmações para o Festival Rock Nordeste. Mais nomes serão anunciados ao longo da semana.
 
A curadoria de dj’s do Rock Nordeste estará a cargo da promotora vila-realense Bandit Room, reconhecida já pelos distintos eventos de música eletrónica que tem vindo a realizar no nordeste do país.
 
Na sexta 27, o festival contará com a primeira edição do Vila Real Urban Market, um mercado urbano aberto a quem quiser vender o seu produto artesanal, tradicional ou de outro carácter. As inscrições podem ser feitas em breve através do site www.rocknordeste.pt e decorrem até uma semana antes do festival, a 19 de Junho.
 
O Festival do Rock Nordeste irá tomar na sua edição de 2014 um novo espaço no coração da cidade de Vila Real.
 
Movendo-se do Complexo de Codessais para o Parque do Corgo, mas continuando ao sabor do Rio Corgo, um ex-libris da cidade, o Rock Nordeste assume em 2014 uma nova localização, trazendo-lhe mais dinâmica. Nesta edição, o festival será composto por dois palcos – Palco Parque e Palco Teatro -, o primeiro onde o festival estará mais centrado e o segundo que receberá o cabeça de cartaz da presente edição.
 
Com cerca de 30 hectares de área total, o Parque Corgo possui toda o potencial e versatilidade necessários para acolher um evento cultural desta envergadura. Os amplos e frescos relvados do Parque Corgo, que circunda lateralmente o Teatro de Vila Real, dão ao novo recinto um ar natural, confortável e rodeado da bela natureza que o Rio Corgo nos oferece.
 
Um dos ex-libris culturais da cidade é o Teatro de Vila Real, ladeado pelo Rio Corgo e a sua zona verde que concede ao espaço um lugar de primazia. Com a edição 2014 do Festival Rock Nordeste voltar a trazer os maiores espetáculosmusicais à beleza do auditório exterior do Teatro, congregando-se assim o agente cultural Teatro de Vila Real no maior evento de música da região.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

PROGRAMA DE 26/05/14

1 - A Naifa - A tourada
2 - Viviane - Do chiado até ao cais
3 - Oquestrada - O teu murmúrio
4 - Cristina Branco - Alice no país dos matraquilhos
5 - Liana - Fado da despedida (lisboa foi meu fado)
6 - Misia - Só nós dois (c/ The Legendary Tigerman)
7 - Viralata - Não há tachos (c/ Kalu)
8 - Peste & Sida - Tu queres ecus

9 - Pedro Lucas - Tempo de espera
10 - O Martim - Faz o que tens a fazer
11 - Capitão fausto - Litoral
12 - Elias - Cientista profissional
13 - Capitão Capitão - Memórias curtas
14 - TV Rural - Saio daqui a olhar em frente

RODRIGO AMADO EDITA TRÊS DISCOS














Nomeado pelo jornalista norte-americano Tom Hull como "rising star" em saxofone tenor, no âmbito da prestigiada DownBeat Critics Poll, Rodrigo Amado junta agora três novas edições à  sua já longa discografia.
 
Saxofonista e fotógrafo, Rodrigo Amado teve em 2013 um dos anos mais intensos da sua carreira - celebrou 3 décadas de actividade, realizou uma primeira tournée no Brasil, tocou e gravou com o trompetista Peter Evans, marcou presença no celebrado Ljubljana Jazz Festival, e assinou a sua primeira colaboração com os psych-rockers Black Bombaim. Apesar de tudo isso, 2014 ameaça seriamente ultrapassar todas estas marcas, em relevância, alcance e intensidade. Com data de lançamento simultâneo a nível nacional marcada para o dia 19 de Maio, Amado entra no primeiro semestre do ano com 3 novos discos. São eles:
 
Rodrigo Amado Wire Quartet
(Clean Feed CD)
Rodrigo Amado - saxofone tenor
Manuel Mota - guitarra
Hernâni Faustino - contrabaixo
Gabriel Ferrandini - bateria
 
Rodrigo Amado Motion Trio & Peter Evans
The Freedom Principle
(NoBusiness CD)
Rodrigo Amado - saxofone tenor
Peter Evans - trompete
Miguel Mira - violoncelo
Gabriel Ferrandini - bateria
 
Rodrigo Amado Motion Trio & Peter Evans
Live in Lisbon
(NoBusiness Limited Edition LP)
Rodrigo Amado - saxofone tenor
Peter Evans - trompete
Miguel Mira - violoncelo
Gabriel Ferrandini - bateria
 
Editado o ano passado, "The Flame Alphabet", terceiro registo do Motion Trio, com a participação do trombonista Jeb Bishop, figurou nas listas dos melhores do ano de gente tão ilustre como John Sharpe (All About Jazz), Chris Monsen (Perfect Sounds), Tom Hull (Village Voice, Rolling Stone... Stephan Moore (JazzWrap), Fabrício Vieira (Folha de São Paulo, Free Form, Free Jazz), Rui Eduardo Paes(Jazz.pt), João Moço (DN), Tiago Santos (Rádio Oxigénio) ou Pedro Tavares (Jazz Journalists Association), entre outros. Agora, com estes três novos registos, aos quais se somam a edição de "Far Out", segunda colaboração com Black Bombaim, e ainda o álbum de estreia do quarteto que reúne Amado, Joe McPhee, Kent Kessler e Chris Corsano, a editar em Setembro, o saxofonista confirma a sua crescente reputação como um dos mais vibrantes improvisadores europeus e lança as sementes para uma nova década de actividade intensa e exploratória.

www.rodrigoamado.com

ANTÓNIO BASTOS COM NOVA EDIÇÃO




















Hoje é dia de nova edição YOU FEEL YOU RECORDS", edição que marca também o regresso ao inéditos por parte de Antonio Bastos (Johnwaynes, Get Physical / Defected / Mule Musiq / Let´s Play House).

"Talk To The Song", demonstra o talento incontestável do produtor e dj apresentando um som que lhe é tão característico carregado de grooves profundos e sedutores e tons plenos de misticismo. O apelo é simples: "Talk To The Song" chama quem o ouve a soltar-se, livrar-se de preconceitos e dançar com o corpo e a mente conectados.

Um tema sólido de house que engloba camadas funk e hipnóticas, com vocais pontuais e assertivos, incorporadas num sabor exótico com escalas que ecoam por toda a faixa.

Ou seja, Antonio Bastos abre oficialmente o Verão com os seus beats inconfundíveis.

Disponível a partir de hoje nas principais lojas digitais de venda de música, o "Talk to The Song" apresenta também um Radio Edit.

JIBÓIA COM NOVO REGISTO











Há um ano, JIBÓIA, o projecto de Óscar Silva, da sua infinitude de pedais e do seu Casio, surpreendeu a crítica com um EP de estreia homónimo, cuja edição limitada se encontra esgotada (mas ainda passível de ser ouvida aqui: https://jiboia.bandcamp.com/).

Agora — e já com presença assegurada no Liverpool International Festival of Psychedelia —, JIBÓIA desvenda o que se segue. “Badlav” chega em Setembro e é um disco inteiramente composto por Óscar Silva e pela cúmplice Ana Miró, que empresta a voz ao disco. Ao todo, vão ser quatro canções, que representam as quatro fases do mundo na filosofia hindu.

Trata-se de uma edição em vinil, num lançamento conjunto pela Lovers & Lollypops e pela label italiana Shit Music for Shit People. “Badlav” foi gravado, produzido e misturado por Xinobi, no estúdio da Discotecas e com apoio de Moullinex.

Próximos concertos:
14 de Junho – Musicbox, Lisboa (com Jon Hopkins, Dupplo e Bangkok Snobiety)
13 de Setembro – Reverence Valada Festival, Valada (com Electric Wizard, Hawkwind, Red Fang, etc)
26 de Setembro - Liverpool International Festival of Psychedelia, Liverpool (com Sleepy Sun, Goat, Suuns, Woods, Amen Dunes, Black Bombaim, etc)

O SOL DA CAPARICA











Os Peste & Sida, como é evidente, não poderiam faltar no Sol da Caparica!

 Desde a primeira hora a prepararem um super espetáculo para o dia 14 de Agosto!

A banda que mais bem soube importar a sonoridade punk e cruzá-la com um imaginário profundamente português e um aguçado instinto melódico, ofereceu vários clássicos da música nacional nos anos 80 e 90 – “Sol da Caparica”, claro, mas também “Chuta Cavalo”, “Paulinha”, “Vamos ao Trabalho”, “Felizes os Dois”, “Tu Queres Ecus” ou “Orgia Paroquial”. Após um interregno de mais de dez anos, voltaram em 2004 com Tóxico, mantendo-se desde então sob a batuta do membro original João San-Payo. Este ano, ao mesmo tempo que ajudam a baptizar o novo festival que passará a marcar o nosso Verão, os Peste & Sida comemoram 25 anos sobre o lançamento do seu segundo álbum – “Portem-se Bem”, precisamente. O Sol da Caparica começa, por isso, já em festa.
 
Sobre a canção:
Tal canção, de embalo festivo, não poderia constituir um apadrinhamento mais perfeito para O Sol da Caparica, um festival preocupado com a celebração da música portuguesa (mas também do surf ou do cinema de animação) e desde o início ligado à comemoração de um tempo de Verão que a canção visita também, de um tempo em que os dias são mais longos por natureza mas são também mais longos nas memórias. Entre amigos ou família, é assim que se viverá também dentro das portas do recinto.

Vê mais em: www.osoldacaparica-festival.pt .
Facebook: www.facebook.com/osoldacaparica .

THE DIRTY COAL TRAIN EM VINIL COLORIDO















THE DIRTY COAL TRAIN - DIRTY SHAKE LP - MTN0101LP COLORIDO
 
EDIÇÃO LIMITADA A 100 CÓPIAS
 
PRÉ ORDER - 13 EUROS MAIS PORTES DE ENVIO (OS PRÉ-ORDERS SERÃO ENVIADOS A PARTIR DO DIA 20 DE JUNHO APROX.)
 
PAGAMENTO PAYPAL OU TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA NA LOJA ON-LINE DA GROOVIE RECORDS (DEVIDO AO NÚMERO LIMITADO DE CÓPIAS)
 
 
No 2º longa duração a banda aponta novamente à mistura de rock, punk, garage e surf já evidenciada nos primeiros registos e opta por uma produção assumidamente lo-fi (o álbum foi na totalidade gravado em casa e em sala de ensaios com meios bastante rudimentares) na esperança de captar a postura ao vivo em detrimento de todas as vantagens e polimentos que um estúdio proporciona.
 
Pelo meio das habituais referências a zombies, ovnis, monstros marinhos, macacos gigantes e demais parafernália série B, há também lugar para citar Unica Zurn (pintora e autora) em "Der Mann in Jasmin", Tennessee Williams (em "Stella") ou os Latin Playboys de David Hidalgo.
 
Um segundo álbum em que a banda mostra alguma da energia que tem vindo a apresentar ao vivo e relembra que o rock não nasceu em berço de ouro.

* O EFEITO "SPECKLES" FINAL APRESENTADAS NO VINIL DA FOTO PODEM NÃO SER EXATAMENTE IGUAIS AO FINAL
 
www.groovierecords.com

BURAKA SOM SISTEMA COM NOVO DISCO










BURAKA SOM SISTEMA: NOVO ÁLBUM NAS LOJAS A 23 DE JUNHO

“Já não se trata de apresentarmos o Kuduro. Já não se trata de voltarmos a olhar para o sucesso do ‘Black Diamond’ e definitivamente já não se trata de nos rodearmos de artistas de maior dimensão para validar o nosso trabalho”, explica Branko.

‘Buraka’ trata de música de dança e cultura. Trata de retratar a viagem pessoal de cinco indivíduos criativos, determinados a convidar o mundo a participar num novo estilo de vida global.

O lema “From Buraka To The World”,apresentado pela primeira vez no título do EP de estreia, dá uma volta de 180º para se tornar em“From The World To Buraka”, à medida que o grupo aprofunda cada vez mais a sua pesquisa por ritmos e géneros inovadores, enquanto se rodeia de artistas que partilham esta visão através da sua editora Enchufada. Os convidados são reduzidos ao mínimo, recrutados exclusivamente dentro desta rede de artistas que orbitaBuraka. A cantora britânico-argelinaYadi e produtor lisboeta em ascensãoBison ajudam a moldar a sonoridade zouk bass dos Buraka numa canção pop moderna em Do Me Now, Alo Walacontribuem as suas batidas tropicais de inspiração indiana em In a Minute e o reconhecido artista luso Vhils entra numa colaboração visual para um explosivo vídeo no hino global Stoopid.
 
Não é coincidência que a banda anuncia uma série de concertos para o verão juntamente com a data de lançamento do álbum em Junho, estando plenamente cientes do impacto que o seu inesquecível espectáculo ao vivo tem no palco de um festival. Toda a gente terá a oportunidade de presenciar o renovado concerto dos Burakaem eventos como o Pukkelpop na Bélgica, o Splendour In The Grass na Austrália e o Optimus Alive em Portugal.
 
Isto é sem dúvida o iniciar de um novo ciclo para uma banda que começa com uma noite no centro de Lisboa e amadurece para se tornar em todo um estilo de vida, que o realizador João Pedro Moreira captura no documentário“Off The Beaten Track”. Este é o mundo em que Buraka vive e todos estão convidados.
 
ÁLBUM JÁ DISPONÍVEL PARA PRÉ-VENDA NO ITUNES

CARL MENDES COM SINGLE NOVO




















O músico de Alcácer do Sal apresenta o seu mais recente single.

'Holes In The Heart' é o tema escolhido para inroduzir o novo disco de Carl Mendes, “Tales & Facts 'Bout Broken Hearts”.

Este é um tema em que Carl Mendes assume as suas influências Fok/Bluegrass e uma viragem na linha de composição em relação aos discos anteriores.

DESTAQUES DA SEMANA

SANTO NO ALTAR

NÃO HÁ TACHOS ( C/KALU) - VIRALATA
("Doa A Quem Doer ", Rastilho Records)

Para ouvir todos os dias desta semana

DISCO RECORDAÇÃO

ELES ANDAM AÍ - Peste & Sida
(1992, BMG)

Para ouvir um tema diferente todos os dias desta semana

domingo, 25 de maio de 2014

SYER COM DISCO A ROMPER

Das ruas de Lisboa até aos nossos ouvidos, Syer traz nos “Sujidade Máxima”, o seu primeiro disco a solo, que nos leva numa viagem pintada a silver e preto com comboios em plano de fundo.
 
O primeiro single "Verdades e Mentiras" mostra nos este faceta crua e forte do "street rap" de Syer, combinado com a arte de VHILS, responsável por todo o artwork do disco.
O lançamento será no dia 7 de Junho no bar "O Século", em Lisboa. A entrada é livre e as portas abrem às 22h00.
 
facebook.com/pages/SYER-Sujidade-Máxima


13 FADOS 21/2014 (25MAI)

Na frente novo líder e temos três temas novos

Sairam:
DO COME HOME - The Legendary Tigerman
DE MADRUGADA (TU & EU) - Xutos & Pontapés
CANALHA - Flávio Torres

Aproximam-se
DON'T LEAVE TONIGHT (feat Erica Buettner) - Frankie Chavez
HOUSE - For Pete Sake
HIGH AND LOW (com Marta Ren) - Blind Zero


13 (07) 05 CHEGOU A HORA - 5-30  
12 (10) 12 BALADA ASTRAL (com Inês Viterbo) - Miguel Araújo  
11 (--) 01 VAYORKEN - Capicua
10 (13) 07 DO THE MATH - Cais Sodre Funk Connection
09 (--) 01 BROKEN BOND - Rita Redshoes  
08 (--) 01 HERE FOR YOU - The Fellow Man  
07 (03) 04 NAÏVE - Sequin    
06 (06) 06 FIGHT - Frankie Chavez  
05 (09) 02 WAITS - Dead Combo 
04 (04) 03 DO CHIADO AO CAIS - Viviane
03 (05) 02 DARLING - Los Waves  
02 (01) 12 VIDA DE ESTRADA - Diabo na Cruz 
01 (02) 09 WE ARE THE ONES - We Trust
  
Depois de  duas semanas na frente os Diabo na Cruz cederam o lugar cimeiro aos We Trust 

Entre todos os votantes temos dois premiados
PAULO AMARAL
PEDRO NEVES
que serão contactados para o email de onde enviaram as votações

Votem, enviando 5 temas de bandas/artistas diferentes 
para
santosdacasa(a)ruc.pt
e podem ganhar prémios
Nova tabela (22/2014) a 01JUN

ESTA SEMANA NO SANTOS DA CASA

















Entrevistas:

14.05.29 19h30 - WORSHIP OF THE SENSES
14.05.30 19h00 - BOB DA RAGE SENSE
14.05.31 19h30 - O HOMEM DA CARABINA

Para ouvir nos 107.9fm da Rádio Universidade de Coimbra ou em http://www.ruc.pt

sábado, 24 de maio de 2014

PROGRAMA DE 24/05/14

1 - Bruno Pernadas - Huzoor
2 - You Can’t Whin, Charlie Brown - After december
3 - First Breath After Coma - Shoes for man with no feet
4 - Long Way To Alaska - King of your own
5 - Juba - Maria
6 - Rosemary Baby - Pressure on
7 - Electric Willow - Valley
8 - The Fellowman - Here for you
9 - The CityZens - Billy was a black punk rocker
10 - Plazza - All together
11 - Holy Nothing - Bounce
12 - Thunder & Co. - O.N.O.
13 - Sequin - Naive
13 - Stereoboy - Naked
14 - Soundmaker - Strange place

THE QUEST - "MEA CULPA"

THE CITIZENS - "BILLY WAS A BLACVK PUNK ROCKER"

sexta-feira, 23 de maio de 2014

PROGRAMA DE 23/05/14

1 - Pedro Lucas - Tempo de espera
entrevista Pedro Lucas
2 - Pedro Lucas - O amor tomba lobos
3 - The Fellow Man - Here for you
4 - Electric Willow - Little white house
5 - Marco Santos - Still to come
entrevista Marco Santos
6 - Marco Santos - Both of me




KARUNIIRU AO VIVO

EM TAVIRA


BLIND ZERO NA RTP2








Domingo, dia 25, às 21h45

Os Blind Zero estrearam o espetáculo "Best of 20 Anos" nos estúdios da RTP Porto, em Maio, perante uma plateia exclusiva. Ao vivo, a banda recordou as músicas mais emblemáticas das duas últimas décadas, num concerto singular que contou com a presença de convidados muito especiais. Marta Ren e Fernando Ribeiro juntaram-se aos Blind Zero na estreia de dois dos duetos que fazem parte de "Kill Drama II", o disco que marca a efeméride do grupo. A estes juntaram-se os ex-guitarristas da banda: Mário Benvindo, Marco Nunes e Pedro Vidal.
 
E por que não é todos os dias que se comemoram 20 anos de carreira, além de música, neste programa poderemos ainda ouvir os músicos contarem o que mudou nas suas vidas desde o primeiro ensaio dos Blind Zero, em 1994.
 

MARIZA CANTA NA FINAL DA LIGA DOS CAMPEÕES EUROPEUS



Mariza irá cantar na cerimónia de abertura da final da Liga dos Campeões Europeus no próximo dia 24 de Maio no Estádio da Luz.

A interpretação de Mariza, de acordo com as expectativas da organização para a final deste ano entre o Real Madrid e o Atlético de Madrid, terá uma audiência potencial de 200 milhões de telespectadores, num evento com transmissão televisiva em mais de 200 países. Assim sendo, Mariza será – certamente – a artista portuguesa a actuar para mais pessoas na história.
 
Recorde-se que o ano passado,época 2012/2013,a final da Champions disputada entre osclubes alemães Bayern de Munique e Borussia Dortmund, foi vista por 150 milhões de espectadores. Este número garantiu-lhe o título de evento desportivo mais visto à escala global, superando a mítica final do futebol americano, Superbowl.
 
13 anos depois da estreia em disco, mais de um milhão de discos vendidos, edição em mais de 35 países, inúmeras digressões mundiais nas salas mais prestigiadas (Ópera de Sidney, Carnegie Hall em Nova Iorque, Walt Disney Concert Hall em Los Angeles, Royal Albert Hall em Londres, só para citar alguns), vários prémios nacionais e internacionais (entre os quais duas nomeações para os Grammy Awards e vencedora de três BBC Music Awards na categoria “Best European Act”) este é indiscutivelmente um grande momento na brilhante carreira de Mariza, que recentemente - mais precisamente a 14 de Abril – editou o primeiroBest-Of da sua carreira.

THE RISING SUN EXPERIENCE AO VIVO

quinta-feira, 22 de maio de 2014

GUTA NAKI - "O HOMEM QUE DANÇA"

PROGRAMA DE 22/05/15















1 – The Underdogs – 99
entrevista The Underdogs
2 – The Underdogs – Station of destiny
3 – Electric Willow – Rock and rol song
4 – The Fellowman – Here for you

5 – Holy Nothing – Bounce
entrevista Holy Nothing
6 – Holy Nothing - Zebra

D.A.M.A. EDITAM DISCO

D.A.M.A. têm vindo a conquistar os palcos nacionais por onde passam, como são exemplo máximo as actuações ao vivo nas Semanas Académicas da FSCH/Nova em Lisboa (http://youtu.be/rOF2r4i1I4M) , Santarém, Egas Moniz (Costa da Caparica) e Algarve/Faro, onde a banda levou o público ao rubro e a cantar em uníssono vários temas do seu repertório.
 
O colectivo lisboeta consolida assim cada vez mais a sua ainda curta carreira mas já recheada de sucessos, como são exemplo os singles "Balada do Desajeitado" e "Luísa
 
Os D.A.M.A. encontram-se neste momento a finalizar a gravação do novo vídeo para "Luísa", cuja estreia será para breve.
 
Ambos os singles "Balada do desajeitado" e "Luísa" já se encontram disponíveis digitalmente e farão parte do álbum de estreia que será editado em breve.
 
Mais info:
www.facebook.com/DAMAMusicOficial
https://twitter.com/DAMAMusica

Francisco M. Pereira (Kasha), Miguel Coimbra e Miguel Cristovinho são o núcleo central dos D.A.M.A., banda oriunda de Lisboa que se destaca pelas suas canções contagiantes, empatia com o público e energia das actuações ao vivo.
 
As inúmeras apresentações ao vivo na noite lisboeta, a alta rotação dos seus temas nas rádios nacionais, bem como a repercussão dos vídeos online, contribuiram para aumentar a notoriedade do grupo que tem vindo a ganhar cada vez mais fãs um pouco por todo o país.
 
Francisco e Miguel Coimbra conhecem-se desde os seis anos, tendo frequentado o mesmo colégio (na mesma turma) desde sempre. Já nos tempos do ensino básico faziam composições nas aulas de Língua Portuguesa, que resultava numa saudável competição entre ambos.
 
D.A.M.A., sigla para a expressão “Deixa-me Aclarar-te a Mente, Amigo”, começou por ser um projecto de pop/rap, tendo Francisco e Miguel vindo, progressivamente, a libertar-se de quaisquer restrições musicais, procurando sempre escrever músicas com que as pessoas se identifiquem mas que, acima de tudo, transmitam uma mensagem positiva.
 
O primeiro concerto “a sério” foi no Colégio São João de Brito, em Lisboa. Posteriormente, a banda começou a conquistar a noite da capital, com inúmeras actuações nos espaços mais movimentados da cidade e simultaneamente na linha do Estoril.
 
Em 2011, a versão dos D.A.M.A. para a música “Popless” dos GNR, tocou pela primeira vez na rádio, aumentando exponencialmente a popularidade do grupo. Em 2012, para o tema "Quer", chamaram um amigo de longa data, Miguel Cristovinho, que acabaria por integrar o colectivo em 2013, aproximadamente na mesma altura em que se dá a saída do elemento feminino que fazia parte da banda.
 
Ainda em 2013, os D.A.M.A. apresentaram-se ao vivo em dois grandes concertos - Festas do Mar (Cascais) e Meo SW (Zambujeira do Mar), onde foram recebidos calorosamente por uma verdadeira multidão de fãs.
 
Já em 2014, o grupo inicia o ano da melhor forma, tornando-se artista MTV Linked, que elevou o estatuto da banda ao mainstream a nível nacional.
 
"Balada do Desajeitado" é o tema que está a colocar os D.A.M.A. na história da música portuguesa, ainda em alta rotação nas rádios nacionais, com o vídeo perto de a atingir 1 milhão de visualizações no YouTube. “Luísa” é a canção que sucede a este grande êxito e que também já está a ter impacto um pouco por todo o país.
 

FESTIVAL FUMO







 
Linda Martini, Noiserv, Nobody's Bizness, Black Bombaim, Celina da Piedade, Ash is a Robot, Trono de Sangre e um delo de banjos entre Tio Rex e Hell Hound. São estes os nomes que compõem o cartaz do FUMO, Festival Urbano de Música e Outras Coisas, que a Experimentáculo promove entre os dias 15 e 28 de Junho, em vários locais da cidade de Setúbal, como o Fórum Luisa Todi, o Cinema Charlot ou a Casa da Cultura.
 
O objectivo é promover locais de valor histórico e patrimonial da cidade, mesmo que não estejam necessariamente ligados à oferta musical, com alguns dos nomes mais apelativos do panorama musical português. Português e não só, uma vez que no alinhamento se encontra um nome espanhol, o dos Trono de Sangre, que se estreiam em palcos nacionais.
 
No ano em que celebra cinco anos, o FUMO (que já trouxe a Setúbal nomes como os Mão Morta, os Pop Dell'Arte ou os Dead Combo) faz-se de uma série de regressos (dos Linda Martini a Noiserv, passando pelos Nobody's Bizness) e algumas estreias (como os Black Bombaim), num cartaz que dá ainda destaque, mais uma vez, aos artistas da casa (Celina da Piedade, Ash is a Robot ou Tio Rex). Todas as informações podem ser consultadas no site oficial do festival, em www.festivalfumo.tk.
 
Outra das novidades deste ano é o passe que dá acesso a todo o festival. Finalmente foi possível responder a uma pretensão que já vinha desde o primeiro ano. Assim, os bilhetes diários variam entre os 3, os 5 e os 10 euros, enquanto que os bilhetes para todo o festival custam 25 euros. Estes estarão à venda nos dias de espectáculo nos próprios locais e podem ser reservados através do email festivalfumo@gmail.com.

OQUESTRADA APRESENTAM NOVO DISCO











"AtlanticBeat Mad’in Portugal”, o novo disco de OqueStrada, chegou às lojas a 19 de Maio e é apresentado ao vivo hoje (22 de Maio) na Casa da Música (Porto) e no dia 28 de Maio no Tivoli BBVA (Lisboa).
 
No segundo disco de originais, OqueStrada apura a sua batida de filigrana, com uma sonoridade centrada na linha melódica da voz, nas harmonias e ritmos da guitarra portuguesa e na batida de alcance baixo-bombo da contrabacia.
 
Esta batida atlântica é arquitectada com instrumentos de fado manobrados por quem não vem do fado mas de uma vadiagem orquestrada durante 12 anos, calibrada nos melhores palcos do mundo e que se estreia agora ao vivo.

Nesta nova onda musical de “AtlanticBeat Mad’in Portugal”, a primeira canção a dar à costa foi o single “O Teu Múrmurio”, cujo vídeo foi agora revelado. Outro dos vídeos já disponibilizados foi o de “Parei na Madrugada”, um inédito de António Variações e primeira versão acústica de um tema do músico.
 
No ano em que se celebram os 70 anos do nascimento de António Variações e os 40 anos da revolução de Abril, “Parei na Madrugada” by OqueStrada é um misto de celebração e interrogação da liberdade que só a maturidade “desperta” e permite conquistar.
 
"Este tema é uma ode à liberdade e nele encontrámos a mensagem de que para a conquistar é preciso maturidade, é preciso correr o mundo. Como diz a letra, “corri o mundo, fiz-me maduro pra te encontrar”, salienta Miranda.
 
OqueStrada deu ao tema um toque de fado, sabendo que Variações era um grande apreciador do género e, numa homenagem ao músico, abençoada pela família do próprio, criou um novo estilo a que chamou Fado Variações.
 
A primeira edição acústica de António Variações e primeiro inédito a ser lançado nos últimos 10 anos, surge assim com o ritmo das cordas lisboetas, o balanço do acordeão minhoto e o sopro do trompete de Nova Iorque, no novo disco de OqueStrada.
AtlanticBeat Mad’in Portugal” por OqueStrada

Um álbum com muito iodo e brisa atlântica que reposiciona Portugal não como porta dos fundos da Europa mas como entrada. Um varandim com a melhor vista para o mundo. E onde o antigo lema dos OqueStrada “partir para regressar” tem mais força que nunca, num piscar de olhos ao emigrante que há em todos nós.
 
Marta Miranda, Pablo e João Lima são autores, intérpretes e compositores das suas canções. O trio produziu este novo trabalho com a colaboração de Sérgio Costa e direcção musical de Marta Miranda.
 
Entre a força da batida atlântica e o peso da velha Europa, entre o que somos e o que podemos vir a ser, “AtlanticBeat Mad’in Portugal” lança o conceito de canção dançante, um dancing acoustic music bordado à mão.

Em palco… uma brisa atlântica conjugada com as suas novas canções dançantes!

TANIRA NOS AÇORES








A banda apresenta nestes concertos “Arcos Voltaicos”, o seu álbum de estreia, cantado em português onde se percorre o imaginário tradicional passando pela canção de intervenção com influências de outras sonoridades distintas como o rock e as músicas do mundo.
 
Os Tanira dividem-se por instrumentos como a voz, o bouzouki, gaitas, percussão, baixo e bateria criando um som único e um concerto envolvente.
Agenda
12 Julho – Maia Folk – Sta. Maria – Açores
27 Julho – Esposende – Galaicofolia

CHARANGA NA PENINSULA IBÉRICA








A Charanga fortemente ligada às raízes da cultura popular portuguesa, continua a apresentar o seu espectáculo e álbum Borda Tu!
 
Performance e música eletrónica, com um reportório maioritariamente original, complementado por variações e deambulações inspiradas no cancioneiro popular português e galego é o que a Galiza e Trás-os- Montes vão poder experienciar.
 
A banda participa na primeira edição do Festival “Sons do Coto” que se realiza na vila de Castro, na Galiza no dia 24 de Maio e no Festival Terra Transmontana, em Mogadouro, a 19 de Julho.

Agenda:
24 Maio - Sons do Coto (Cerdedo - Galiza)
19 Julho - Festival Terra Transmontana (Mogadouro)
16 Agosto - Festival Solidário Franco/ibérico (Meimão)

ORBLUA AO VIVO








Depois das passagens por festivais algarvios como Festival Sérgio Mestre e o Festival MED de Loulé (2013), chega agora a vez de Ferragudo ver os OrBlua ao vivo, no dia 23 de Maio, pelas 20:30 horas. Com o EP “Trihologia Noctiluca” na bagagem e a preparar um novo disco, OrBlua apresenta no Festival Sons do Atlântico, uma sonoridade que cheira a Algarve, a mar, a serra, a mediterrâneo, a Europa, a mundo que vai de encontro ao lema do concelho de Lagoa para este ano, dedicado ao MAR.
 
Agenda:
23 Maio – Festival Sons do Atlântico – Centro de Congressos do Arade
16 Agosto - Festival Bons Sons

quarta-feira, 21 de maio de 2014

PROGRAMA DE 21/05/14

1 - Os Capitães da Areia - Arco das portas do mar
2 - Viralata - Não há tachos (com Kalú)
3 - Funil & Abelhinha - Sacanas sem lei
4 - The Black Mamba & Aurea - Wonder why
5 - The Casino Royal - My guys, you and I
6 - The Capricious - My love for words
7 - Electric Willow - Mood swing
8 - The Fellow Man - Here for you
9 - Ricardo Gordo - Nuvem de canela
entrevista Ricardo Gordo
10 - Ricardo Gordo - Fado metal
11 - PAUS - Bandeira branca
12 - Lotus Fever - Introspection

2ª EDIÇÃO DOS PRÉMIOS MEGAFONE / SPA











Candidaturas até dia 31 de Maio

Imagine-se que a música popular que nos rodeia, o rock, os blues, a música dita de dança, com todas as suas variantes e com a estética deste tempo, eram feitas com raízes tradicionais portuguesas.
 
Imagine-se que, em vez de evocar culturas anglo-saxónicas, as linguagens da África exilada ou um fenómeno das Caraíbas, a expressão popular contemporânea era feita em grande parte da nossa própria língua e da sua cadência, das canções que aprendemos dos nossos avós, das que os rapazes aqui cantavam às raparigas ou de outras, de trabalho, de luto e de festa.

Imagine-se que esta história dava todos os seus frutos e... Invente-se música para uma nova tradição. Como sempre fez o nosso João Aguardela, que constantemente nos incentivava a inovar, sem nunca perder o chão das raízes e tudo aquilo que nos veste a identidade.
 
O ESPECTÁCULO

A 2ª edição dos Prémios Megafone está inserida no Festival Bons Sons, que de dois em dois anos, acontece na aldeia de Cem Soldos, muito perto da cidade de Tomar.

A Noite Megafone está marcada para 14 de Agosto, e conta com a arte de bem receber do teatro de rua Artelier?, com a actuação dos três nomeados ao Prémio Megafone Música e ainda com a banda vencedora em 2010 – os incríveis Galandum Galundaina.
 
O JÚRI

Para a selecção dos nomeados entre os diversos inscritos – e consequente escolha dos premiados – contribuiu o júri reunido pela Associação Megafone, composto pelas seguintes personalidades: Luis Varatojo (Músico), Pedro Gonçalves (Crítico de Música da Time Out), Ricardo Alexandre (RTP/Antena1), Jorge Cruz (Músico), Fausto da Silva (Rádio Universidade de Coimbra), Raquel Bulha (Antena 3) e Luís Ferreira (Director do Festival Bons Sons).
 
PRÉMIO MEGAFONE

À Associação Megafone interessa, acima de tudo, dar estímulos e visibilidade a quem dedicadamente trabalha no âmbito da tradição musical portuguesa. Os esforços realizados com esses objectivos levaram a que este ano (um ano economicamente cinzento escuro, como sabemos) consigamos, apesar de tudo, atribuir ao vencedor do Prémio Megafone Música um prémio monetário de €2.000.
 
CANDIDATURAS

A entrega de candidaturas para os Prémios Megafone decorre até dia 31 de Maio de 2014.
Consultar regulamento AQUI
Todas as informações em aguardela.com

PARCERIAS

Os Prémios Megafone da Associação Megafone - Música para Uma Nova Tradição têm como parceiros a Sociedade Portuguesa de Autores, Atelier Gráficos à Lapa, Radar dos Sons e Artelier?, teatro de rua.

INKILINA SAZABRA - "DESEJO MALDITO"

THE FELLOW MAM APRESENTAM DISCO


OS CAPITÃES DE AREIA COM DISCO À VISTA

Chegou a altura de começar a deixar derramar a continuação d'A Viagem dos Capitães da Areia a Bordo do Apolo 70.

Desde as primeiras quatro canções, libertadas há um ano atrás (ou será que foram dois?), muita coisa rolou e, dessa muita coisa, há um primeiro teledisco de uma nova cantiga-single para mostrar, chama-se Arco das Portas do Mar e o pessoal reunido deste lado daqui considera que o mambo tem essa qualidade, própria da música pope, à qual nos referimos utilizando a palavra bom. Esperamos que o mesmo aconteça desse lado daí: girando, rolando e cantando enquanto aguardam o disco completo. Programado para Outubro.
 

SOL DA CAPARICA











Mais 8 grandes nomes No Sol da Caparica! A 1ª Divisão Da Musica Portuguesa está no Sol da Caparica!
 
Pedro Abrunhosa, Marcia , Macadame, Orlando Santos, Fredie Locks, Frankie Chavez, Diabo na Cruz e Júlio Pereira.
 
O Sol da Caparica continua a crescer. Depois anunciado o conceito global do festival, que juntará música para miúdos e graúdos, surf e cinema de animação que decorre no Parque Urbano da Costa da Caparica entre 14 e 17 de Agosto, é hora de novidades neste Festival Internacional da Música Portuguesa, repleto de artistas nacionais conhecidos dos palcos de todo o mundo, tais como Buraka Som Sistema Diego Miranda, Deolinda, Dead Combo, Júlio Pereira ou António Zambujo.
 
E uma das grandes novidades é o regresso de Pedro Abrunhosa à Costa da Caparica, vinte anos depois do célebre concerto de 30 de Agosto de 1994 em que o músico assinou um dos mais importantes concertos da sua carreira, ganhando uma dimensão política ao inventar o refrão “Não pago!” como protesto contra o aumento das portagens na Ponte 25 de Abril. O músico, recorde-se, acaba de juntar mais um importante galardão à sua galeria de troféus, tendo conquistado o Globo de Ouro para Melhor Canção do Ano com o tema “Para os Braços da Minha Mãe”.
 
Vê os dias de cada Artista em www.osoldacaparica-festival.pt

Já se percebeu, não é um festival como outro qualquer. Se não existe desligado do seu local de nascimento, chamando o surf e ligando-se ao papel histórico da Costa da Caparica como lugar de lazer, também na forma como integra o cinema de animação se distingue de tudo aquilo que conhecemos dos festivais de rock por todo o mundo.
 
Com o objectivo de proporcionar uma experiência livre da agressividade comercial que hoje é comum neste tipo de eventos, O Sol da Caparica desenvolveu uma inovadora parceria com o festival de cinema de animação Monstra. Assim, de 14 a 17 de Agosto, entre dois concertos, os ecrãs que ladeiam o palco d’O Sol da Caparica proporcionarão pequenos mergulhos numa outra forma de arte, sintonizada, ainda assim, no espírito do festival.
 
Segundo o director artístico e programador da Monstra, Fernando Galrito, serão mais de 200 pequenos filmes de animação, vindos de todos os continentes e de países tão díspares quanto Costa do Marfim, Japão, Austrália, México, China, etc., sem esquecer um volumoso contingente europeu. Para Galrito, o desafio passa por uma selecção pensada à medida d’O Sol da Caparica e composta por obras mais ligeiras, que remetam para um período de férias e para a relação com o ar livre e a natureza. As questões ambientais fazem parte deste lote de preocupações temáticas, assim como tudo o que tenha a ver com o mar – o surf, as ondas, o vento.
 
Os filmes, alguns deles com assinatura de realizadores oscarizados, têm como denominador comum serem proveniente de nomes de topo no cinema de animação mundial e o facto de serem obras pouco vistas no circuito comercial. 

NO SABOTAGE


UNIÃO DAS TRIBOS AO VIVO




















A União das Tribos iniciou este mês a tour de apresentação ao albúm de estreia.

Os singles “As Pedras que Nunca Pisei” e “A Razão de Acreditar” rodam nas rádios e os vídeos podem ser vistos no youtube.
 
Com o disco nas lojas desde 5 de Maio, chegou agora a altura de Sérgio Lucas, António Côrte-Real, Wilson Silva e Cebola apresentarem o disco ao vivo.
 
Próximas datas:

Maio

23 (6ª feira) – Fnac Colombo – 22h
30 (6ª feira) – Fnac Cascais – 22h
31 (sábado) – Fnac Almada – 22h

Junho

15 (domingo) - Fnac Vasco da Gama - 17h
22 (domingo) - Fnac Algarve - 17h

Agosto

17 (domingo) – Setúbal - Festival Rock no Sado

Facebook - https://pt-pt.facebook.com/uniaodastribos
Youtube - http://www.youtube.com/user/uniaodastribosrock
Instagram - http://instagram.com/uniaodastribos
Google Plus - https://plus.google.com/u/0/116693042142965434592/posts

terça-feira, 20 de maio de 2014

PROGRAMA DE 20/05/14

1 - Pedro Jóia - Algazarra
entrevista Pedro Jóia
2 - Pedro Jóia - Maldito fado
3 - Ricardo Gordo - A machadinha
4 - Misia - Cha cha cha em Lisboa
5 - Electric Willow - Be for real
6 - The Fellow Man - Here for you
7 - Bob da Rage Sense - Sem escolha possível
8 - Capicua - Vayorken
9 - HMB - Feeling (com Da Chick)
10 - Tiago Bettencourt - Morena
11 - Marco Santos - Still to come

MÃO MORTA - "HORAS DE MATAR"

FUNIL & ABELHINHA EDITAM EP

A história dos Funil & Abelhinha começa em 2004 no distrito de Coimbra. O gosto pela música, levou o grupo a formar uma banda de covers, fazendo em cada música um tributo às suas mais altas influências. Desde o começo, os anos foram passando, assim como membros, amigos e lugares, que trouxeram, cada um à sua maneira, vivências e aprendizagens que hoje não são esquecidas, sendo essas as bases sólidas para o futuro. 

Ao longo do seu percurso, os Funil e Abelhinha tiveram como influências de grandes nomes do Ska: Reel Big Fish, Mad Caddies, Manu Chao, Streetlight Manifesto, Smash Mouth, Despe & Siga, entre outros; tendo tido o enorme prazer de fazer concertos com a presença especial de membros da banda amiga Skalibans. Estas influências foram os motores para que, ao longo dos anos, se tenham vindo a definir como uma banda de covers Ska/Punk. 

Os Funil e Abelhinha trazem consigo um grande currículo em concertos de onde se destacam a Concentração Motard da Vidigueira e de Lagos, Festivais da Juventude, Café Concerto Pombal, Rock Café Coimbra, Festival Arganil Rock, Côa Summer Fest, Festival METAC ou ainda Semanas Académicas/Queima das Fitas. Destaca-se ainda o rápido contágio do público em todos os lugares por onde passaram, sendo este forte contacto, esta interação com o público, uma das grandes qualidades da banda a que ninguém consegue ficar indiferente.

Em 2014, para assinalar os 10 anos da banda, gravam o seu primeiro EP com versões próprias de musicas já existentes. "Sacanas sem Lei" é o primeiro avanço desse EP, que estará brevemente disponível nos concertos do FUNIL & ABELHINHA.

VIRALATA - "NÃO HÁ TACHOS"

NO PORTO

NO SALÃO BRAZIL












HOLY NOTHING + PENSO RÁPIDO DJ SET
Quinta, 22 Maio, 22h00
Bilhetes: €4

MARCO SANTOS "ODE PORTRAIT"
Sexta, 23 Maio, 22h30
Bilhetes: €5

Salão Brazil, um espaço do Jazz ao Centro Clube
Largo do Poço, 3 - Coimbra
Telf. 239 837 078
salaobrazil@gmail.com
Salão Brazil no facebook

PLAZZA AO VIVO



















Quase dez anos depois da estreia, os Plaza regressaram às edições com "All Together", nova incursão pela pop eletrónica dançável. Com este novo álbum os Plaza regressam a casa (são da região do Grande Porto), mas desta vez num showcase exclusivo powered by MEO Marés Vivas.
 
Trata-se de mais uma edição das MEO Music SESSIONS a realizar dia 30 de maio pelas 21h30 na loja MEO da Rotunda da Boavista. Os interessados podem garantir presença através da participação em passatempos na página de Facebook do MEO Music.
 
O showcase, que conta com o apoio da rádio MEO Sudoeste, será transmitido em direto na página do MEO Music no Facebook e no canal MEO Music do MEO Kanal (735592).

segunda-feira, 19 de maio de 2014