segunda-feira, 25 de julho de 2016

DEOLINDA EM BRAGA














Os Deolinda pisam o palco do Theatro Circo no dia 29 de Julho, às 22h00 e passam o testemunho a agosto da melhor forma possível.

Três anos após terem partilhado connosco o seu “Mundo Pequenino”, a banda regressa agora com o novo trabalho “Outras Histórias” que promete incendiar as vozes de todos esta sexta, numa sala já esgotada.

Chegam a Braga após mais de 600 concertos espalhados por inúmeros países, 7 galardões de platina, 4 discos de ouro, 3 Globos de Ouro, 1 Prémio Amália Rodrigues, 1 Prémio José Afonso, 1 Songlines Music Award entre muitas outras distinções.

Mais que os números, é a profunda relação afetiva entre a banda e o público que tem assegurado uma das carreiras mais bem sucedidas da música portuguesa. Terminamos como começámos: Os Deolinda estão de volta! E isso é imperdível!

Ingressos, a 20 euros (Cartão Quadrilátero: 10 euros) disponíveis em www.theatrocirco.bol.pt, na bilheteira do Theatro Circo, lojas Fnac e estações CTT aderentes.

BONS SONS NÃO É SÓ MÚSICA









O público do BONS SONS tem a oportunidade de viver a programação musical de forma diferente, através de inúmeras propostas que permitem a exploração de outras artes e ambientes. Em Cem Soldos vai haver muita vida para lá dos concertos com actividades pensadas para todos os elementos da família.

Todos os dias, o BONS SONS oferece a oportunidade, por exemplo, de os novos pais levarem os seus mais pequenos à descoberta das primeiras notas, com “Música para Bébés”. Podem ainda deixar-se surpreender pelas histórias encenadas que trazem ventos de outras paragens. Os contadores vão, em 30 minutos, dar vida às personagens de “Ka”, sobre a lenda das matrioskas, e de “INUIT: Um povo com vários povos”.

Os amantes da sétima arte e do cinema documental têm em “Este Povo” e “Auto Rádio” uma boa ocasião para conhecer de perto as gentes de Cem Soldos e descobrir o processo musical de Benjamin. Todos são convidados ainda para dar asas à imaginação com a mostra de curtas-metragens lusófonas originais de Curtas em Flagrante 2016.

As artes plásticas, sonoras e performativas vão multiplicar-se pelos espaços da Aldeia. À instalação arquitectónica “The Great Gig In Sky”, localizada no Palco Eira, junta-se a instalação sonora de Luís Antero “Cem Soldos, 100 Sons”, no Centro de Exposições, e a instalação poliartística “A máscara como (ul)traje da paisagem”, na Adega de São Sebastião.

BONS SONS PARA CRIANÇAS

12, 14 e 15 Agosto |10:00 | Auditório
13 Agosto | 10:00 | Largo do Centro de Exposições

As manhãs do BONS SONS são dedicadas aos mais novos e às suas famílias, com programação específica, organizada pela Canto Firme de Tomar. Logo a partir das 10:00, haverá sessões de “Música para Bebés”, destinadas a crianças até aos 4 anos e respectivos pais. A sessão de sábado será feita ao ar livre no Largo do Centro de Exposições.

KA
HISTÓRIAS ENCENADAS

12-15 Agosto | 11:00 | Largo do Rossio (encontro)

A lenda das matrioskas fala-nos de algo que se repete maravilhosamente e sem interrupção. Mas o que acontece quando um lenhador não quer fazer mais bonecas? Ou quando teme a natureza da sua própria criação? Esta pequena maneira de contar uma lenda que nos devolve a proteção do ventre materno, cruza a ideia de repetição com a unicidade da experiência de cada um face à criação.

Criação e interpretação: Susana Gaspar Domingos | Coordenação artística: Vera Alvelos
INUIT: UM POVO COM VÁRIOS POVOS
HISTÓRIAS ENCENADAS

12-15 Agosto | 12:00 | Largo do Rossio (encontro)

As manhãs do BONS SONS são dedicadas aos mais novos e às suas famílias, com programação específica, organizada pela Canto Firme de Tomar. Logo a partir das 10:00, haverá sessões de “Música para Bebés”, destinadas a crianças até aos 4 anos e respectivos pais. A sessão de sábado será feita ao ar livre no Largo do Centro de Exposições.

CURTAS-METRAGENS DE CRIADORES LUSÓFONOS

12, 14 e 15 Agosto | 16:15 | Auditório

Durante a tarde, para quem quer fugir aos raios de sol, o BONS SONS propõe aos visitantes sessões de curtas-metragens de países de língua portuguesa, que compõem o acervo da edição de 2016 da iniciativa “Curtas em Flagrante”. Trata-se de uma aproximação ao público através de obras cinematográficas independentes e contemporâneas, realizadas por criadores lusófonos das áreas do audiovisual.

ESTE POVO
DOCUMENTÁRIO

12 Agosto | 15:00 | Auditório

“Este Povo” é um retrato genuíno de uma aldeia inteira, narrado por quem a vive. Na primeira pessoa, os habitantes mais velhos de Cem Soldos contam as suas memórias e vivências e dão corpo a um documentário inspirador, onde a história de cada um se confunde com a história do lugar que os viu nascer – “Este Povo” de Cem Soldos. Foi esta a riqueza encontrada por um grupo de jovens cem-soldenses, que filmou a aldeia e as suas gentes ao longo de um ano. O arquivo digital criado (para sempre em construção) é o mote para a criação deste primeiro documentário.

AUTO RÁDIO
DOCUMENTÁRIO

12 Agosto | 17:45 | Auditório

Tal como o disco de Benjamim, o filme “Auto Rádio” é uma viagem pelo país, pelas canções e pela música. Fala sobre Afife, sobre a Guiné, sobre concertos esquecidos no terreiro da Aldeia da Pedralva ou sobre fazer música em Portugal; é uma ode à dureza da estrada, aos concertos falhados, aos bem sucedidos, aos discos, à rádio, ao Verão e ao país, enquanto conta a aventura insólita de uma longa jornada por Portugal quase inteiro numa carrinha carregada de equipamento até ao tejadilho. Além disso, como documentário que é, mostra-nos inúmeros detalhes sobre as canções; descodifica-as e contextualiza-as.
 
CEM SOLDOS, 100 SONS
INSTALAÇÃO SONORA DE LUÍS ANTERO

12-15 Agosto | 10:00–20:00 | Centro de Exposições

“Vem escutar a aldeia!” podia muito bem ser a premissa para esta instalação e arquivo sonoros. Cem Soldos faz-se ouvir a partir de 100 sons que, juntos, formam um corpo acústico da(s) sua(s) identidade(s). A que soa a Aldeia? A resposta a esta questão é o que se propõe em “Cem Soldos, 100 Sons”. Uma instalação para visitar no Centro de Exposições, que ficará posteriormente alojada online, assim como todo o arquivo sonoro a ela ligado, para que este lugar mágico seja escutado, uma e outra vez, incessantemente.

A MÁSCARA COMO (UL)TRAJE DA PAISAGEM
INSTALAÇÃO E PERFORMANCE

12-15 Agosto | Adega de São Sebastião

Este projecto visa trabalhar algumas ideias através de performances periódicas durante os dias do BONS SONS e através de uma instalação permanente que de algum modo possa adicionar um território contínuo à performance. A Adega de são Sebastião acolhe um colectivo artístico que trabalha nas áreas de instalação, escultura, imagem e performance, para uma peça que se reinventa entre os dias 12 e 15 de Agosto.

THE GREAT GIG IN THE SKY
INSTALAÇÃO ARQUITECTÓNICA

12-15 Agosto | Palco Eira
12-15 Agosto | Sede do SCOCS

“The Great Gig in the Sky”, concebido pelo Colletivo Arcipelago, originário de Bari, Itália, é o título do projecto vencedor do concurso internacional de ideias, promovido pela ideasforward em parceria com o BONS SONS. A instalação, uma estrutura baseada nas redes de apanha da azeitona, invertidas e colocadas suspensas sobre balões ancorados ao solo, irá proporcionar sombra permanente aos visitantes do Palco Eira.
Durante o BONS SONS, os visitantes poderão também conhecer todas as propostas submetidas a concurso, incluindo os 3 primeiros classificados e as 7 menções honrosas atribuídas pelo júri, numa exposição dedicada ao concurso, na sede do SCOCS.

A próxima edição do BONS SONS decorre de 12 a 15 de Agosto de 2016 em Cem Soldos, Tomar.

CUCA ROSETA NA POLÓNIA E NOS COLISEUS









Cuca Roseta actua este mês na Polónia. A fadista é convidada das Jornadas Mundiais da Juventude na Polónia, que decorrem entre 26 e 31 de Julho em Cracóvia. Cuca Roseta participa assim num evento que reúne anualmente mais de 1 milhão de pessoas, actuando no dia 27 de Julho no Krakow Congress Centre.

De recordar que Cuca Roseta sobe ao palco dos Coliseus no mês de novembro. A fadista irá atuar pela primeira vez e em nome próprio, nas duas das mais prestigiadas salas do País, onde irá percorrer os temas mais fortes da sua carreira. Dia 05 de novembro Cuca Roseta sobe ao Palco do Coliseu de Lisboa e no dia 12 do mesmo mês atua no Coliseu do Porto.

O talento de Cuca Roseta nunca passou despercebido aos olhos dos maiores produtores mundiais. Foi Gustavo Santaolalla (reconhecido produtor argentino vencedor de dois óscares), que viu em Cuca "uma artista única, rara e ultra talentosa" ao ouvi-la numa casa de fados em Lisboa. Foi a convite de Gustavo que Cuca gravou o seu primeiro disco, homónimo e que veio a receber os mais elevados elogios por parte do público e da crítica nacional e internacional.

Desde então a fadista não tem parado de surpreender e de se afirmar no panorama do fado, sendo hoje uma das mais aclamadas e prestigiadas vozes da nova geração.

O seu mais recente álbum “Riû”, com produção de Nelson Motta, foi uma das maiores surpresas de 2015 e confirma Cuca Roseta como uma das artistas portuguesas de maior projeção internacional.
Cuca promete um espetáculo intenso, repleto de surpresas e de momentos especiais, no qual apresentará também alguns dos temas do seu próximo álbum.

Site oficial Cuca Roseta
http://www.cucaroseta.com/

ALAN VACHIER APRESENTA






BICHO DO MATO

01 Agosto Festas do Redondo | 22:00H
19 Agosto Folk Plasencia | Espanha | 22:00H


FLOR DE SAL

05 Agosto B Festival em Bordeira | Faro | 22:00h
28 Agosto Feira de Artesanato | S. Bartolomeu de Messines | 22:00h


SEBASTIÃO ANTUNES

12 Agosto ByonRitmos | Baião | 22:00H

BRIGADA VICTOR JARA

22 Agosto CAE | Figueira da Foz | 21:30H

SEBASTIÃO ANTUNES & QUADRILHA

04 Agosto | Festas da Praia da Victória Praia da Victória -Ilha Terceira| 22:00H
20 Agosto Recinto das Festas | Glória do Ribatejo | 22:00H

MARA & DUARTE

25 Agosto Arraiolos | Castelo de Arraiolos| 21:30H

20 DIZER
18 Agosto Castelo de Arraiolos | Arraiolos| 22:00H

PESTE & SIDA

26 Agosto Arco de Baúlhe |Cabeceiras de Basto | 22:00H

BUDDA POWER BLUES AO VIVO


DESTAQUES DA SEMANA

SANTO NO ALTAR

FAZES-ME FALTA - UHF
(inédito a ser incluído numa das reedições previstas para setembro)

Para ouvir todos os dias desta semana


DISCO RECORDAÇÃO

PÁLIDOS OLHOS AZUIS - António Manuel Ribeiro

(1992, AM-RA, BMG Ariola)

Para ouvir um tema diferente todos os dias desta semana

domingo, 24 de julho de 2016

sábado, 23 de julho de 2016

PROGRAMA DE 23/07/16

1 - Grutera - Eva
2 - Filho da Mãe - Júpiter
3 - João Lobo e Norberto Lobo - Magri
4 - Coclea - Love
5 - Tó Trips - Danças
6 - Palankalama - Esmeralda
7 - DJ Ride - The mind break
8 - Orelha Negra - Parte de mim

9 - The Miami Flu - Arried away
10 - 10 000 Russos - Karl burns
11 - Keep Razors Sharp - The lioness
12 - Youthless - Golden spoon
13 - Basset Hounds - Marr

UHF SINFÓNICO


PROGRAMA DE 22/07/16

1 – The Weatherman – Calling all monkeys
2 – The Happy Mess – The ivisible boy
3 – Cavaliers Of Fun – Wildfire
4 – Moullinex – Take a chance
5 – Holy Nothing – Rely on
6 – Mira, un Lobo! – Tramadol
7 - Dj Ride – Interbet Dj’s
8 – Orelha Negra - Parte de mim

9 – Vircator – Tunguska
10 – Lodo – Pele
11 – Urso Bardo – Journey back
12 – Fazenda – O canto da viagem
13 - Homem Em Catarse – Teremos sempre paris

sexta-feira, 22 de julho de 2016

AJ. & THE ROCKIIN' TRIO - "WAITING FOR YOU"


NOISERV EM ÁGUEDA














E já amanhã que Noiserv  terá a oportunidade de regressar aos concertos em Águeda

Desta vez para tocar ao final da tarde (17h) na programação do Agitágueda:

#23 de Julho - RUA JOSÉ MARIA VELOSO | Agitágueda - 17h00 - Águeda (Sábado)
+ info: http://www.agitagueda.com/cartaz/noiserv/

PENSÃO FLOR - "CERTEZA"

A ESTREIA DE JOÃO DEMAIS





















Um cantautor Famalicense que se revelou ao mundo este ano. Já são conhecidos os temas “Rapariga” “Campo” e “Carro”, este último conta com um videoclip filmado no São João de Braga.

João Demais é um cantautor de Famalicão que cresceu a ouvir de tudo um pouco. As suas influências vão desde o rei B Fachada até à princesa Taylor Swift. Todo o universo da cultura pop sempre lhe despertou fascínio.

Na sua música podemos encontrar referencias a corações partidos, mas também a comida, se bem que os dois estão directamente ligados.


Multi-intrumentista de Garage band, toca e compõe sozinho, mas procura sempre que todos os temas sejam dançáveis e acima de tudo que estejam preparados para serem cantados em uníssono em estádios cheios.

Facebook
Soundcloud
Youtube


quinta-feira, 21 de julho de 2016

PROGRAMA DE 21/07/16

1 - Pás de Problème - I explode you make boom boom
2 - Chibazqui - Gola alta
3 - Rapaz Ego - Ainda tenho mentiras por contar
4 - Ionized - Wasting time
5 - Miss Lava - Symptomatic
6 - Inmyths - Hibernation
7 - L-Blues - Estrada
8 - Orelha Negra - Parte de mim
9 - Dj Ride - Nothing like you
10 - Marble Avenue - That's how! (ao vivo no estúdio)
entrevista Marble Avenue
11 - Marble Avenue - Clocks
12 - X-Lim - Crescer
13 - Keep Razors Sharp - Sure thing


CARLOS DO CARMO EM BEJA

CORDIS NO FESTIVAL DAS ARTES















No ano em que se realiza a 8º edição do conceituado Festival das Artes - Festival de Verão realizado no Anfiteatro Colina de Camões, nos Jardins da Quinta das Lágrimas, em Coimbra - o CORDIS tem o privilégio de actuar na ultima noite - 31 de Julho pelas 21:30 - garantindo um encerramento do Ciclo da Música com grandes emoções.

O piano de Paulo Figueiredo e a guitarra portuguesa de Bruno Costa serão acompanhados pelos instrumentos de cordas dos 4 músicos que compõem o Quarteto Arabesco bem como pelos instrumentos de sopro (saxofones e flauta transversal) de Edjam.

Mais informação sobre o espectáculo em anexo e nos seguintes links:
CORDIS website oficial
CORDIS facebook page
 

VOZES DA RÁDIO AO VIVO

HÉLDER MOUTINHO EM COIMBRA

















Helder Moutinho apresenta “O Manual do Coração”  no 23 junho no Festival das Artes em Coimbra

“O Manual do Coração é o álbum de intéprete admirável” ***** Jornal Publico. Gonçalo Frota. Maio 2016
“Uma Voz que atinge aqui momentos sublimes. ***** Time Out. António Pires Maio 2016

Helder Moutinho, nome maior do Fado do século XXI apresenta o aclamado “O Manual do Coração” na “Noite de Fado de Lisboa” no Festival das Artes em Coimbra. É dia 23 de Julho no cenário idílico do anfiteatro Colina de Camões, na Quinta das Lágrimas em Coimbra. Uma noite imperdível.

Segundo a imprensa especializada, “O Manual do Coração”, o novo disco editado editado em Maio deste ano, é já considerado um dos grandes lançamentos deste ano, tendo merecido apresentações ao vivo, desde o seu lançamento, no NOS Alive, Caixa Alfama no Porto ou cidades como Beja e Serpa. Dia 08 de Outubro tem também lugar o concerto em Lisboa no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém.

Bilhetes à venda para concerto de dia 23 de Julho em Coimbra nos seguintes locais:

Bilheteira do Festival das Artes (Quinta das Lágrimas, junto ao edifício 4 Elementos), das 15h00 às 20h00 – Bilheteira aberta a partir de 1 de Julho 2016.

FNAC (Forum Coimbra) e .Livraria Almedina (Coimbra)

Para Informações, Reservas e Inscrições
festivaldasartes2016@gmail.com
Tel.: 91 810 82 32 / 91 306 05 16

Site Oficial “Festival das Artes”

TAMBOR AO VIVO








31 de Julho de 2016
"A construção da Saudade" de tambor
Apresentação do novo álbum

O 6º disco de originais de tambor, distribuído mundialmente via plataformas digitais, alcançou o 1º lugar no Top iTunes no dia do seu lançamento.

“A construção da saudade”, masterizado nos Estúdios Abbey Road, é um disco conceptual a ser apresentado ao vivo na íntegra.

"A construção da saudade" é também o novo conceito de espectáculo com aquilo que esperamos ser uma verdadeira surpresa para o público. Serve como apontador para a nova estética de Tambor, orgânica e progressiva.

É a esta estética que poderemos assistir no próximo dia 31, pelas 19h00, nos Estúdios Atlântico Blue Estúdios (Paço de Arcos), à apresentação ao vivo num showcase. O acesso ao mesmo é limitado a convite e a alguns bilhetes que serão distribuídos em passatempos.

A apresentação será gravada em vídeo e audio, para posterior edição.

Neste momento, toda a discografia de tambor encontra-se editada e distribuída digitalmente. A mais recente edição é "Dobram os Sinos Mais Uma Vez", gravado ao vivo no espectáculo do CineTeatro D. João V. A gravação deste concerto estreará na Antena 1, com emissão no próximo dia 9 (meia-noite, de 9 para 10 de Agosto

EM BEJA




















António Zambujo e Miguel Araújo atuam nos dias 27 e 28 de outubro no auditório do Teatro Municipal Pax Julia, em Beja.

Os bilhetes estão à venda online e na bilheteira do Teatro Municipal Pax Julia, de 2ª a 6ª das 14h00 às 18h30 por 20€ na 1ª plateia, 15€ na 2ª plateia e 10€ no balcão.

Uma co-produção da Câmara Municipal de Beja, Sons em Trânsito, CerciBeja, Centro de Paralisia Cerebral de Beja, Bombeiros Voluntários de Beja e Rádio Voz da Planície.

SOL DA CAPARICA












Mikkel Solnado e Dino d’ Santiago juntam-se a Nélson Freitas! Valete: a estreia forte no Festival!

Valete: A voz activa

Valete é uma das mais respeitadas vozes nacionais, não apenas do hip hop ou sequer da música, mas mesmo da sociedade civil: é um artista que sabe o peso que as palavras têm, sobretudo as que são ditas por quem, como ele, tem uma plataforma e sabe que tudo o que diz encontra algum tipo de eco. Em entrevista, o rapper que se apresentará ao vivo, logo no primeiro dia do festival, a 11 de Agosto, explicava que sentiu em 2015, ao visitar o festival, que este está próximo da perfeição: "…foi o festival que senti estar mais perto de agradar a 100 por cento das pessoas; não é demasiado urbano, nem demasiado praia, apesar de estar na Caparica; tem uma programação democrática, em português, lusófona, por isso é um festival em que os artistas querem estar", sublinhou.

Ao palco d´O Sol da Caparica, Valete vai levar uma experiência veterana, material de álbuns como Educação Visual e Serviço Público, verdadeiros clássicos do nosso hip hop, e muito material solto que foi largando no mundo, nos últimos 10 anos. Oportunidade singular para se aplaudir um dos mais importantes artistas da sua geração. 

Nelson Freitas: Mel para os ouvidos, com dois convidados de peso.

Nelson Freitas, artista cabo-verdiano, representa parte da guarda avançada da nova pop africana, que cruza kizomba e r&b, electrónica e algo mais para fazer hinos que todos escutam nas discotecas, na rádio ou nos telemóveis.

Ao Sol da Caparica, Nelson Freitas vai levar Four, o seu mais recente e muito aplaudido trabalho, repleto de novos êxitos como "Miúda Linda", "Break of Dawn" com Richie Campbell ou "In My Feelings" com Mikkel Solnado. Aliás, Mikkel vai ser um dos convidados a pisar o palco com Nelson Freitas, tal como Dino d'Santiago que assim regressa ao Sol da Caparica depois de uma belíssima apresentação em 2015. Claro que além de todo o material novo, Nelson promete igualmente neste espectáculo momentos incontornáveis como "Bo Tem Mel".

Debaixo da Língua: "Os Heróis do Mar foram um poema épico
 
"Heróis do Mar, Resistência ou Madredeus: Pedro Ayres de Magalhães é um dos mais importantes escritores de canções em Portugal, autor de um vasto reportório que ultrapassa as três centenas de títulos numa carreira que remonta ao início dos anos 80. Na conversa que manteve com Rui Miguel Abreu para o projecto Debaixo da Língua descreveu a banda de "Amor" e "Paixão" como um poema épico. Explicou ainda, que nunca escreveu para cantores de fora dos seus projetos imediatos, porque tudo o que assinou, foi sempre "com uma pessoa específica em mente, pensando nas palavras que melhor assentavam a cada uma dessas vozes".

AS NOITES DE VERÃO DA FILHO ÚNICO




















Esta Sexta-feira nas Noites de Verão chega a vez do concerto de Luís Severo e sua banda no Jardim do Palácio Pombal, o número 79 da Rua do Século. Como tem sido hábito, a partir das 19h30, com entrada livre.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

PROGRAMA DE 20/07/16

1 – Luís Severo – Santo António
2 – Samuel Úria - Carga de ombro
3 – Capitão Fausto – Amanhã tou melhor
4 – Filipe Sambado – Subo a montanha
5 – Os Capitães da Areia – No tempo das sereias
6 – D’Alva – Frescobol
7 – DJ Ride - Here before (c/ Sarah Linhares)
8 – Orelha Negra – Parte de mim

9 – SeBENTA – Nova vaga
10 – Ossos do Oficio – Inicio do fim
11 – Balbúrdia - O tempo (não fiques á espera)
12 – Somma – Cinza fénix
13 – L – Blues – Alma
14 – Re-Verso – Clarão
15 – Ambar – Venham-me buscar

JOSÉ CID EM PALCO




















28 de Julho | Póvoa de Varzim
4 de Agosto | Figueira da Foz

É já no próximo dia 28 de Julho que José Cid leva ARENAS TOUR à Póvoa de Varzim e, dia 4 de Agosto à Figueira da Foz, numa digressão em formato voz e piano, que o músico apresenta pelas principais arenas de Portugal.

Do alinhamento do espetáculo, farão parte os grandes e inigualáveis êxitos, de uma carreira de mais de 50 anos, juntamente com as canções que integram “Menino Prodígio”, o último álbum editado em 2015 e, também, alguns dos temas de “Clube dos Corações Solitários”, o próximo disco de originais, com data de edição agendada para o inicio do próximo ano.

Integrada na tournée de verão do compositor de renome, ARENAS TOUR passará pelas principais cidades dos pais, entre Junho e Setembro, num ambiente de festa, com convidados especiais e um DJ à medida.

DIGRESSÃO ARENAS TOUR (Em Atualização)

28 DE JULHO | Póvoa de Varzim | 22h00 - Praça de Touros
4 DE AGOSTO | Figueira da Foz | 22h00 - Praça de Touros

Bilhetes:
Arena - €7,50
Bancada - €12,50

À venda nos locais habituais!    

a JIGSAW AO VIVO







Os a Jigsaw continuam a percorrer Portugal com sua banda de suporte, os The Great Moonshiners Band, da qual fazem parte elementos tão distintos como Victor Torpedo (The Parkinsons, Tiguana Bibles, Tédio Boys), Tracy Vandal (Tiguana Bibles), Pedro Antunes (BunnyRanch), Paula Nozzari (The Parkinsons), Guilherme Pimenta (Pedro & os Lobos) e Maria Côrte (Fol & Ar).

Destaque particular para o concerto de regresso à capital, no mítico Sabotage a 23 de Julho e também o concerto de 28 de Julho no Festival de Músicas do Mundo de Sines para o qual a banda está a preparar um concerto bem diferente do habitual.

JULHO 2016

23 ALFRAGIDE / Fnac Alfragide / 16:00
24 LISBOA / Fnac Vasco da Gama / 17:00
29 CASCAIS / Fnac Cascais / 22:00
31 OEIRAS / Fnac Oeiras / 18:00

Senhores de uma música requintada, os “a Jigsaw” construíram uma sonoridade tão própria, que chamaram a atenção de revistas internacionais tão conceituadas como a francesa Les Inrockutibles que os colocou a par de nomes como Tom Waits, Leonard Cohen ou Nick Cave.

João Rui e Jorri são o duo multi-instrumentista que editou mais recentemente o seu quarto álbum conceptual “No True Magic”, que contou com a participação da vocalista Norte Americana Carla Torgerson (Walkabouts, Tindersticks) no dueto Black Jewelled Moon.

“Criação sólida este No True Magic. Cria um universo e deixa-nos a vaguear por ele, espectadores convencidos da realidade do que observam” in Público/Ípsilon
Seguir a agenda em www.ajigsaw.net ou na página oficial do Facebook da banda.

NO SABOTAGE




















Sex. 22 Jul. - 22h30
ALTAMONT BAILE ROCK + BICHOS

Os Bichos ainda não são grandes, mas têm o futuro do seu lado. Há um EP homónimo editado, um álbum a caminho, dezenas de concertos pelo país fora e um grupo de rock bem português a consolidar-se por entre canções de cariz mais interventivo ou meras celebrações da vida.

Depois, o colectivo de giradisquistas Altamont demonstra atenção à actualidade política e propõe um DJ Set centrado no 'Brexit'. Dos Kinks aos Arctic Monkeys, dos Blur aos Beatles, da novidade da semana à pérola esquecida com mais de 50 anos.
 

Entrada: 5€ (concerto), 3€ (depois do concerto).

Os a Jigsaw trazem ao Sabotage as canções de “No True Magic”, o seu mais recente álbum. O duo conimbricense, composto por Jorri e João Rui, vem acompanhado pela The Great Moonshiners Band, banda de suporte de a Jigsaw ao vivo, constituída por Guilherme Pimenta, Maria Corte, Paula Nozzari, Pedro Serra, Tracy Vandal e Victor Torpedo.
 

Entrada: 7€. 

INDIE MUSIC FEST









Ir ao Indie Music Fest começa a ser tradição para quem quer fazer parte da história da música independente portuguesa. Com setembro cada vez mais próximo – mas ainda com entusiasmantes novidades para anunciar – há mais 4 artistas nacionais a fazerem-se à estrada até Baltar.

Desta vez são Octa Push, Chibazqui, Trot e Fugly os nomes que se juntam a um cartaz de luxo da música portuguesa, bem eclético e surpreendente. Mas as surpresas não ficam por aqui: Octa Push escolheram o Indie Music Fest para apresentar, em primeira mão, o tão aguardado novo disco!

Os 4 mangíficos juntam-se aos já confirmados Salto, Savanna, Galgo, Riding Panico, Basset Hounds, Ditch Days, GANSO, Whales, Ghost Hunt, Pussywhips, The Walks Granada, Indio Kurtz, Wild Apes, Solution, MUAY, Pixel82, Desligado e Jesse, que estarão no Bosque do Choupal, de 1 a 3 de setembro.

O Indie Music Fest sabe, como ninguém, celebrar a arte nacional e promete encantar o Bosque do Choupal, para que quem o quiser visitar, nos dias 1, 2 e 3 de setembro, se deixe encantar também.

Os passes-gerais – com direito a campismo - para a 4ª edição da celebração artística mais independente do país estão disponíveis, ao preço de 25€. Podem ser adquiridos junto dos locais habituais e em www.bol.pt

terça-feira, 19 de julho de 2016

PROGRAMA DE 19/07/16

1 - Suricata - Restos de cimento
2 - Ex-Votos - Vou-te levar
3 - Canto Ondo - Do alto do teu peito
4 - Macadame - Quero-te bem
5 - Chão da Feira - Lágrimas de cebola
6 - Raquel Tavares - Meu amor de longe
7 - Cristina Branco - E às vezes dou por mim
8 - Orelha Negra - Parte de mim
9 - Dj Ride - The mind break
10 - Sampladélicos - A volta a Portugal em samplers
entrevista Daniel dos Reis Nunes (Festival Rebuliço)
11 - Tranglomango - Macelada
12 - Mike El Nite - Santa Maria


FESTIVAL ANDANÇAS












Entre 1 e 7 de Agosto, a Barragem de Póvoa e Meadas, em Castelo de Vide, volta a acolher cerca de 40.000 visitantes para celebrar mais uma edição do Festival Andanças. 

A Associação PédeXumbo lança como tema O Desafio e, provocando encontros entre práticas tradicionais e artes emergentes, convida a um olhar criativo sobre arte e sociedade.

Na edição do Andanças 2016, consolidam-se os Pilares e os objetivos do festival, melhora-se o espaço e criam-se mais infraestruturas. A programação continua extensa e diversificada, com cerca de 80 atividades por dia, permitindo que cada participante crie o seu próprio percurso dentro do festival.

Este ano, o espaço Andanças contará com 10 palcos com atividade em simultâneo. 6 palcos serão especialmente destinados às oficinas de dança e aos bailes; 3 palcos para concertos e 1 palco para a programação destinada a crianças e famílias.

Haverá mais de 50 grupos e projetos musicais a animar as 7 noites de bailes e concertos, num programa que junta nomes do Folk Europeu como os russos Dobranotch, os catalães Oques Grasses, os bascos Korrontzi, os franceses Ormuz, os belgas Broes Quintet, os portugueses Celina da Piedade, Toques do Caramulo, Galandum Galundaina, Sebastião Antunes, Pedro Mestre, entre muitos outros. No programa entram também vários projetos que foram crescendo com o Andanças, como A Batalha do Modesto Camelo Amarelo, Aqui há Baile, B’rbicacho, Naragonia, Parapente700. Conta-se ainda um grande número de grupos locais, como os Tók e Ródão ou a Banda União Artística de Castelo de Vide, fortalecendo os laços entre o festival e a comunidade.

As danças do Mundo continuam a ser a essência do Andanças. Este ano entre as mais de 100 oficinas de dança, as sugestões propostas irão transportar os participantes ao ritmo dos seus passos entre países e sonoridades distintas. Saias, Valsas Mandadas, Fandango, Chamarritas, Viras Minhotos, Mazurcas, Tarantellas, Valsas, Kizomba, Semba, Funaná, Coladera, Samba, Cha-cha-cha, Tango, Tap Dance, Dabkas, Dança Sufí, entre tantas outras.

Nas 8 oficinas de instrumentos, os participantes poderão experimentar e aprender vários instrumentos de percussão, gaitas de foles, cordofones, a título de exemplo;

O espaço do Festival, no vale da Barragem onde a natureza é a protagonista, acolherá também diferentes instalações artísticas que desafiam entrosamentos entre arte, expressão e natureza, questionando o papel e a relação com o meio que nos rodeia.

 As mais de 60 atividades direcionadas a crianças e famílias incluem oficinas de dança – Capoeira, Africanas, Portuguesas, do Mundo, Urbanas –, assim como teatro, circo, oficinas criativas e de instrumentos, sessões de contos e oficinas de relaxamento.

Pensando no corpo como um todo em harmonia, estão programadas 46 atividades de relaxamento, meditação e desenvolvimento pessoal, que complementam cada dia de oficinas, concertos, bailes e passeios. Yoga, Qi Gong, Massagem Ayurvédica, Tai Chi a pares, Biodanza, são algumas entre muitas outras propostas;

Há ainda mais de 95 Atividades Paralelas, como oficinas de artes plásticas, passeios pela região, oficinas de gastronomia, de artes e ofícios, conversas, cinema, sessões de contos, circo e teatro.

Mais informações em www.andancas.net.

SALÃO BRAZIL APRESENTA













Tim Tim Por Tim Tum
Sex, 22 Julho, 22h00

A linguagem do projecto Tim Tim por Tim Tum explora, num universo de interacção e improvisação entre os músicos, o som e o silêncio, o acústico e a estética, o gestual e o imprevisível. O objectivo do projecto é a comunicação com o público, esperando que este reaja emotivamente.

 Quatro baterias em palco é por si só fascinante, e o universo a descobrir é tão vasto quanto a imaginação de quem as toca e de quem as ouve.

 Mas não é só das baterias que vive o Tim Tim Por Tim Tum, já que a filosofia deste grupo é que qualquer corpo ou objecto que produza som pode ser usado para fazer música.

Palco Há Baixa, no Largo do Romal
Acesso livre e gratuito

FANDANGO AO VIVO




















21 JULHO - 22h00
LAGOA - CONVENTO SÃO JOSÉ
10€

A já extensa tour de Luis Varatojo e Gabriel Gomes passa, esta semana, mais uma vez pelo Algarve.

+ info

BIRDS ARE INDIE EM PALCO




















21 JULHO - 21h30
S.TA CRUZ - NOAH SURF HOUSE

23 JULHO - 17h00
VISEU - FESTIVAL DE JAZZ DE VISEU

A banda de Coimbra continua a promover o último álbum "Lets Pretend the World Has Stopped" que continua a ser apresentado ao vivo, esta semana, em Santa Cruz e em Viseu.

+ info

CASUAR: EDITA PRIMEIRO DISCO




















O músico português CASUAR:, antigo membro de bandas como Dazkarieh e Donna Maria acaba de editar o seu primeiro álbum a solo, intitulado “Game Over”, com o selo da Music In My Soul.

O registo sucessor do EP homónimo de 2014 já se encontra disponível para escuta nas principais plataformas de streaming e tem como singles de avanço os temas “Fuga” e “Mero

Passo”, perfeitos exemplares da indie pop singular e inventiva que nos apresenta neste projecto one man band.

Nascido a 30 de Março de 1989 em Castelo Branco, Rui Rodrigues é filho de mãe portuguesa e pai moçambicano. O primeiro contacto que teve com a música foi nos escuteiros, onde aprendeu a tocar guitarra. Mais tarde, ingressou numa escola de música onde aprendeu a tocar guitarra elétrica, bateria e piano, alimentando assim a sua vertente multi- instrumentística.
Na adolescência tocava frequentemente covers de bandas de rock, punk e metal com os amigos. E, uns anos mais tarde, descobriu o mundo da World Music onde aprendeu a tocar percussões africanas, didgeridoo, fujara, gaita-de- fole, entre outros instrumentos tradicionais.

Quando acabou a escola, entrou em Biologia na Universidade de Lisboa mas desistiu passados poucos meses para poder seguir a sua verdadeira paixão: a música. Aos 19 anos, deu aulas de música numa escola primária e começou um curso de Produção Musical, que acabaria no ano seguinte. Perto de atingir o final do curso, Rui Rodrigues foi convidado para tocar na sua banda portuguesa favorita, os Dazkarieh. Começava aqui a sua carreira como músico profissional. Para além de experiência musical, foi aqui que despertou para o mercado da música em Portugal ganhando experiência na área do marketing musical.

Com Dazkarieh gravou 3 discos e fez mais de 150 concertos em Portugal e na Europa, em países como Alemanha, Espanha, Áustria, Suiça e Lituânia. Fez parte da formação de bandas de variados estilos como Stereo Parks (Indie/Rock), Pás de Probléme (World Music), mas destaca-se a presença na banda Voodoo Marmalade (Banda de Ukuleles) onde fez cerca de 100 concertos e onde teve a primeira experiência como compositor/produtor musical, compondo, gravando, produzindo e misturando o primeiro disco da banda.

Entre 2014 e 2015 destacam-se as participações como músico nas bandas Donna Maria e D.A.M.A (onde ainda se encontra em funções). Em finais de 2014 os Dazkarieh acabam com o último disco e a última tour, e dá-se o mote para a criação de um novo projeto musical one man band chamado CASUAR:

O primeiro trabalho foi lançado em Outubro de 2014. Trata-se de um EP homónimo com 5 faixas completamente auto-produzidas desde as letras até à gravação, da mistura e masterização ao design da capa. O tema “Monotonia” fez parte da compilação Novos Talentos Fnac 2015, tendo rodado durante esse ano na playlist da Antena 3.
No espaço de um ano fez mais de 30 concertos destacando-se: Toca a Todos (na Praça do Comércio, em direto para a Antena 3), Final do EDP Live Bands, NOS Alive e Final do Cambra Fest onde acabou por sair vencedor. Em Julho de 2016 é lançada a edição digital do seu primeiro longa-duração, “Game Over”.
 

TIME SHIFTER AO VIVO














As portuenses Time Shifter apresentam-se ao vivo no próximo Sábado, dia 23 de julho, no Terraplana, convidativo café/cocktail bar na zona do Bonfim, na Invicta. O concerto terá início pelas 23h e a entrada é gratuita.

Em destaque estarão as canções de “Even Dolls Can Wake Up From Their Porcelain Sleep”, EP de estreia da dupla editado com o selo da Music In My Soul, do qual já foram extraídos os singles “Sailing” e “Crazy”.

CAPTAIN BOY EM ESPANHA




















Numa altura de preparação do seu primeiro trabalho de longa duração, Captain Boy faz uma pausa na agenda e ruma a Espanha para apresentar o seu espectáculo. Nos próximos dias 22 e 23 de Julho o Puto Capitão vai estar no Pub Amadeus,em Pontevedra, e na Arca da Noé, em Ourense, onde vai apresentar o seu EP editado em 2015 e alguns temas novos. Duas datas que marcam a presença de Captain Boy pela primeira vez no país vizinho.

Captain Boy é o alter ego do músico Pedro Ribeiro. Vagabundo com voz rouca e guitarra a tiracolo, Captain Boy canta histórias que transcendem o tempo. A sonoridade ferrugenta acompanha-o em todas as actuações remetendo-nos para um ambiente como se nós próprios estivéssemos a bordo de um barco imaginário. Tango, é o primeiro single do novo disco e estreou na Antena 3 a 18 de Abril. Podem ver o vídeo aqui:
 

VAGOS METAL FEST


segunda-feira, 18 de julho de 2016

PROGRAMA DE 18/07/16
















1 - Birds Are Indie - Partners in crime
2 - Deolinda - Corzinha de verão
3 - Danças Ocultas & Orquestra Filarmonia das Beiras - O diabo tocador (com Carminho)
entrevista Luís Ferreira (Bons Sons)
4 - Isaura - Useless
5 - João e a Sombra - Quando uma cidade acorda
6 - Orelha Negra - Parte de mim
7 - Ride vs PAUS - Atlas
8 - Malibu Gas Station - Ellie Parker
9 - Twin Transistors - All in

CHIBAZQUI COM NOVO TEMA

Os Chibazqui têm música e vídeo frescos!
 
O projecto de Diego Armés, Filipe Sambado, C de Crochê e Silas Ferreira continua a produzir “rock sem merdas” - João Bonifácio @ Público.

Ficam as palavras da banda:

CHIBAZQUI - GOLA ALTA + BOLINHAS

"Isto, o que é? Um casal de telediscos? Uma parelha de videoclips? Canções siamesas que partilham o mesmo vídeo? Um duplo single? Um EP não muito extended? Uma parceria entre singles, de tal forma forte que dispensou o resto do álbum? Um single com o lado A e o lado B do mesmo lado? E o que terá acontecido ao outro lado do disco? Desapareceu? Terá vindo do futuro? Que objecto é este? Que canções são estas? O que é que está a acontecer aqui?

É muito mais simples do que parece. Depois da estreia, há um ano, com o álbum Planos Para O Futuro, Chibazqui decidem lançar duas canções que dispensam um contexto alargado. Essas canções juntam-se não num disco mas num teledisco. Se podem viver uma sem a outra? Sim. Menos no tal teledisco.”


SOMMA COM NOVIDADES

O 1 º single dos Somma (Cinza Fénix) foi selecionado pela The Orchard para ser lançado a nível Mundial no próximo dia 22 de Julho.

 O tema será enviado para Rádios para os 4 cantos do Mundo, mas tendo o seu principal enfoque nos Países de Língua Oficial Portuguesa, América Central, América do Sul e para países onde as comunidades lusitanas sejam em número significativo.

Em terras lusitanas este tema já roda em inúmeras rádios locais e programas de autor.
 

NO PLANO B

THE TEMPLE - "MY ANARCHY"

ALVOR FM EM ACÚSTICO

CARVIÇAIS ROCK


The Parkinsons - Salão Brazil (Coimbra) - 17/07/16














Calor muito! Concerto quente.
Rock a escorrer pelos corpos.
Direto e cru, como mandam as regras.
Entrega total como sempre.
Jorri e as suas teclas a abrilhantarem alguns temas.
No fim MC Ruze puxado para cima do palco e a rimar.
A fechar o mesmo de sempre: Cazuza, pois claro.
Foi uma noite de punk. De suor.  De gente a pingar água.
Foi bom sim senhor!...
The Parkinsons nunca desiludem.














Texto & Fotos Nuno Ávila


DESTAQUES DA SEMANA

SANTO NO ALTAR

PARTE DE MIM - Orelha Negra
(segundo avanço do terceiro disco de originais da banda)

Para ouvir todos os dias desta semana


DISCO RECORDAÇÃO

LIFE IN LOOPS - Dj Ride
(2012, Optimus Discos)

Para ouvir um tema diferente todos os dias desta semana

domingo, 17 de julho de 2016

ESTA SEMANA NO SANTOS DA CASA




















Entrevistas:

16.07.18 19h00 - BONS SONS
16.07.19 19h30 - REBULIÇO
16.07.21 19h30 - MARBLE AVENUE

Para ouvir nos 107.9fm da Rádio Universidade de Coimbra ou em emissao.ruc.fm

sábado, 16 de julho de 2016

PROGRAMA DE 16/07/16

1 - Criatura - Pastor sem cajado
2 - Marafona - Chula da alvorada
3 - Retimbrar - Voa pé
4 - Ai! - A azeitona por ser preta
5 - Amélia Muge - Tenho uma cabra cabrita
6 - António Zambujo - Pica do 7
7 - S. Pedro - Amores de inverno
8 - 2008 - A.T.L.

9 - The Lemon Lovers - Cosmic lovers
10 - Evols - On the road
11 - The Walks - Holding on
12 - Bed Legs - Vicious
13 - The Act Ups - Friendzone
14 - Glockenwise - Heat
15 - The Sunflowers - Zombie
16 - The Missing Link - The path

PROGRAMA DE 15/07/16

1 – Minta & The Brook Trout – Bangles
2 – Golden Slumbers – The hunt
3 – Emmy Curl - - Amory
4 – Old Jerusalem – A charm
5 – They’re Heading West - Buzz (c/Afonso Cabral)
6 – The Loafing Heroes – O outro lado
7 – 2008 – Tempo a mais
8 – S. Pedro - Amores de inverno

9 – Rita Braga – Erosão
10 – Márcia – Bom destino
11 – João e a Sombra – Despertar da primavera
12 – Luís Severo – Santo António
13 – João de Sousa – Pequena casa
14 – Adfectus – Ciclo natural
15 – Samuel Úria – Dou-me corda
16 - Filipe Sambado - Subo a montanha

ORELHA NEGRA COM NOVO SINGLE

Depois de A Sombra, single lançado em maio deste ano, surge agora o segundo single de Orelha Negra, Parte de Mim, antecipando o lançamento do terceiro álbum de originais da banda.

O vídeo deste tema, protagonizado por Boss AC e Ace de Mind da Gap, foi realizado e produzido por Richard F. Coelho, em conjunto com Urshi Cardoso.

Através da lente de Richard F. Coelho, os Orelha Negra apresentam um vídeo carregado por uma mística urbana e noturna aliada à imagem de Leandro Ferrão - diretor de fotografia.

Datas de espetáculos Orelha Negra:
16 Julho - Lisboa - Super Bock Super Rock - MEO Arena
22 Julho – Madeira – Funchal - NOS Summer Openning
30 Julho – Mêda – Festival Mêda +
2 Agosto – Cantanhede - ExpoFacic
11 Agosto – Caparica – Sol da Caparica
17 Agosto – Paredes de Coura – Festival Paredes de Coura
 

ELOTEE COM NOVIDADES




















A música de ELOTEE fala-nos acima de tudo de amor, e de tudo o que este comporta: a sensualidade, a tristeza, a ironia, o sarcasmo e até a esperança que o revestem. Ouvimos histórias de um alter ego e de femmes fatales em noites de Lux, de amores platónicos, de sonhos e de realidades paralelas que nunca chegaram a acontecer.

Sob a influência de bandas como os Radiohead, Chet Faker, James Blake ou Alt-J, a música de ELOTEE leva-nos numa viagem através de um espectro de emoções.

Ainda não está prevista a data de lançamento do disco, no entanto, encontram-se em produção mais dois singles com videoclip, para lançamento muito em breve .


sexta-feira, 15 de julho de 2016