terça-feira, 17 de setembro de 2019

NO SALÃO BRAZIL









WARM UP FESTIVAL APURA - MAD MOJO GROOVE E SALVADOR D`ALICE
Qua,18 de Setembro 22h00

O Warm-up da 2ª edição do Festival Apura passa pelo Salão Brazil. Dose dupla de concertos com Mad Mojo Groove e Salvador D`Alice.

Entrada: 3 €
 
EDUARDO BRANCO
Qui, 19 de Setembro 22h00

Eduardo Branco um compositor, guitarrista, letrista e produtor de Coimbra volta aos concertos para apresentar o seu mais recente sucesso, o single "Sorrir". Esta nova música é a primeira de apresentação do seu novo álbum que irá estar disponível no próximo ano. Numa das mais emblemáticas salas da cidade de Coimbra - Salão Brazil, o músico promete um concerto repleto de surpresas e boa música.

Bilheteira: Salão Brazil
Bilhete: 4€ (Inclui a oferta de uma bebida)

THE WALKS + NANCY KNOX
Sext, 20 de Setembro 22h00

The Walks
Depois de um EP e o longa duração de estreia “Fool’s Gold” (2015), listado pela Antena 3 como um dos 30 melhores álbuns nacionais do ano, os The Walks regressaram, em 2018, com “Opacity”, gravado nos Black Sheep Studios e com edição da conimbricense Lux Records. A banda, sediada em Coimbra e composta por Gonçalo Carvalheiro, John Silva, Miguel Martins, Nelson Matias e Tiago Vaz, revela neste disco uma nova identidade sonora. Ritmos ondulantes e dançáveis com uma forte presença de elementos de percussão, guitarras coloridas e uma voz hipnótica servem de pano de fundo a uma mensagem irónica, entre a utopia individual e a realidade. Neste concerto será apresentada, em primeira mão, "em casa", a edição em vinyl deste seu último registo.

Nancy Knox
Num movimento nada rebuscado, mas que, provavelmente, só os mais próximos alcançam, inventou-se a designação Nancy Knox - apropriação vampiresca e certeira: tangência que é legenda para um vestido criativo ocupado por “lugares” e sons. Do coração à cabeça, da cabeça ao coração desta mulher, seguem, em ritmo apressado, ideias, cores, notas e palavras, numa convulsão metódica de emoção e urgência. Nancy Knox é hoje dona de uma propriedade artística que condensa critério, sensibilidade, rigor e desejo. Nem mais, nem menos. O EP "Pit of Despair" saiu no dia 7 de Dezembro de 2018 e, para além do formato digital, está disponível numa edição limitada de 50 cassetes. Foi editado pela Regulator Records.

Bilhete: 7 € (disponíveis em BOL.pt e nas lojas parceiras)
 
THE HAPPY MESS
Sab, 21 de Setembro 22h00
The Happy Mess apresentam o novo álbum Dear Future, para o qual a banda passou um ano a compor, experimentando novos ambientes e sonoridades em estúdio. A Miguel Ribeiro, João Pascoal, Joana Espadinha, Hugo Azevedo e Afonso Carvalho juntou-se o produtor Rui Maia para gravar 11 temas, considerados pela critica como "absolutamente Pop".
Nos oito anos de existência banda tem percorrido o país e estrangeiro tendo participado em festivais como Eurosonic (Holanda), Festival NOS Alive, Vodafone Paredes de Coura, Super Bock Super Rock, MEO Marés Vivas, Festival do Crato e entre muitos outros e em salas emblemáticas como Casa da Música, Hard Club ou Centro Cultural de Belém.
The Happy Mess é um dos projectos acarinhados da Indie Pop-Rock em Portugal. Os singles continuam a alcançar os primeiros lugares dos tops nacionais e os videos a chegarem a mais de 2 milhões pessoas no YouTube.

Bilhete: 8 € (disponíveis em BOL.pt e lojas parceiras)

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

QUADRA COM NOVO SINGLE












Os QUADRA lançam novo single que retirado do seu último disco, intitulado de "Chili".

"Tudo ou Nada" conta com a participação vocal de Ronaldo Fonseca, músico dos Peixe:Avião e Máquina Del Amor, que enriquece a composição instrumental deste quinteto bracarense com as texturas melódicas facilmente reconhecíveis e lírica misteriosa e abstrata.
É um reflexo dos tempos em que vivemos em que impera o extremismo e a incapacidade de encontrar o equilíbrio numa sociedade polarizada em que tudo aparenta ser mutuamente exclusivo.

A reflexão no entanto é suportada por uma musicalidade optimista, de superação e de aceitação, com um sorriso e bem estar emocional que é característica fulcral da sonoridade dos QUADRA.

Música: QUADRA e Ronaldo Fonseca
Vídeo: Unbox Films Filmado no Open Day, Gnration, Braga , 2019
Gravação e Masterização: Lucas Palmeira , Audio Incal

QUADRA é um projeto formado por Sérgio Alves (baixo), Gonçalo Carneiro (guitarra), Hugo Couto (bateria), Sílvio Ren (guitarra) e Lucas Palmeira (sintetizadores) que se encontram num local quente e exótico onde a convergência de estilos é o combustível perfeito de uma sonoridade intensa, vibrante, e capaz de transformar qualquer ouvinte num inesperado bailarino.

21 Setembro - Festival Outono, Braga
9 Outubro - Hard Club, Porto
2 Novembro - City Sound festival, Açores
Tba - Porto
Tba - Lisboa
Tba - Aveiro

FESTIVAL SANTA CASA ALFAMA










27 e 28 de setembro, Alfama / Lisboa www.santacasaalfama.com | www.facebook.com/santacasaalfama

Faltam apenas 11 dias para que a celebração do Fado tome conta de Alfama!

27 de setembro

Palco Santa Casa
Ana Moura, Marco Rodrigues convida Marisa Liz e Tiago Pais Dias (Amor Electro), Sara Correia
Palco Ermelinda Freitas | Rooftop do Terminal de Cruzeiros de Lisboa
“Um Fado ao Pôr do Sol” Ângelo Freire e Banda de Música da Força Aérea, “Clube de Fado” c/ Ana Maria Alves, Carlos Leitão, Cristina Madeira, Maria Emília e Sandra Correia
Museu do Fado (fachada)
Video Mapping “Fado”
Restaurante do Museu do Fado | O Palco do Público
Inês Vilela e 10 fadistas amadores (inscrições em www.museudofado.pt)
Palco Santa Maria Maior | Largo do Chafariz de Dentro
Jaime Dias e Conceição Ribeiro, Sónia Santos e Luís Capão
Palco Amália | Auditório Abreu Advogados
Rodrigo Costa Félix, Cláudia Picado
Palco Bogani | Grupo Sportivo Adicense
Celeste Maria e Diogo Rocha, Nelson Lemos e Lino Ramos
Igreja de São Miguel
"Até Deus Gosta de Fado" José Gonçalez convida José Cid e Maria da Nazaré
Escadinhas de São Miguel
Lenita Gentil, Pedro Moutinho
Palco Santa Casa Futuro | Sociedade Boa União
Ana Moura Apresenta: Beatriz Felizardo, Beatriz Silva, Inês Pereira
Palco EDP | C.C. Dr. Magalhães Lima
João Só, Diana Vilarinho
Igreja de Santo Estevão
“O Fado Subiu ao Céu” com os fadistas do Porto Adriana Paquete, Francisco Moreira, Pedro Ferreira e Soraia Correia
“Fado à Janela” | Largo da Igreja de São Miguel
Jorge Silva, José Manuel Rodrigues e Gilberto Silva

28 de setembro

Palco Santa Casa
Ricardo Ribeiro, Katia Guerreiro, Tributo a Amália Rodrigues com Tânia Oleiro, Diamantina e Gonçalo Salgueiro
Palco Ermelinda Freitas | Rooftop do Terminal de Cruzeiros de Lisboa
“Um Fado ao Pôr do Sol” Jorge Fernando
Museu do Fado (fachada)
Video Mapping “Fado”
Restaurante do Museu do Fado | O Palco do Público
Daniela Helena e 10 fadistas amadores (inscrições em www.museudofado.pt)
Palco Santa Maria Maior | Largo do Chafariz de Dentro
Ana Marta e Vitor Miranda, Maura e André Gomes
Palco Amália | Auditório Abreu Advogados
Marco Oliveira, Isabelinha
Palco Bogani | Grupo Sportivo Adicense
Artur Batalha e Silvino Sardo, Odete Jorge e João Casanova
Igreja de São Miguel
Ana Sofia Varela, Miguel Ramos
Escadinhas de São Miguel
Ada de Castro, António Rocha
Palco Santa Casa Futuro | Sociedade Boa União
Ricardo Ribeiro Apresenta: José Geadas, Maria Passarinho, Tiago Correia
Palco EDP | C.C. Dr. Magalhães Lima
Waldemar Bastos, Bruno Chaveiro
Igreja de Santo Estevão
Pedro Galveias e Cátia Garcia, José Quaresma
“Fado à Janela” | Largo da Igreja de São Miguel
Jorge Silva, José Manuel Rodrigues e Gilberto Silva

Concerto surpresa
Gisela João
Hora e local a anunciar no dia do concerto

Bilhetes

Até 26 de setembro:
Passe de 2 dias – 30€
Bilhete diário – 20€

27 e 28 de setembro:
Passe de 2 dias – 35€
Bilhete diário – 25€

O passe tem que obrigatoriamente ser trocado por pulseira, pelo próprio, colocada pela organização do Festival no Museu do Fado, a partir do dia 267 de setembro. A pulseira dá acesso a todos os espaços do Festival até ao limite de lotação de cada um.

Locais de venda:
Museu do Fado, Blueticket.pt – Call Center Informações e reservas 1820 (24 horas), ABEP, Bilheteiras da Altice Arena, rede Pagaqui, FNAC e em bilheteira.fnac.pt, Worten, Phone House, ACP, El Corte Inglês, Turismo de Lisboa

Pacotes de bilhete e alojamento em Festicket.com

MÚSICA EM ÉVORA







Stereossauro irá apresentar "Bairro da Ponte" no âmbito da primeira edição do Évora Urban Village que arranca esta semana, no dia 18, e se prolonga até dia 21 com um cartaz recheado de música, dança e artes urbanas.

Apontado pela imprensa como um dos mais importantes álbuns de 2019, "Bairro da Ponte" é um trabalho absolutamente visionário por parte do veterano produtor das Caldas da Rainha. Com um acesso inédito aos arquivos da Valentim de Carvalho, que detém um dos mais históricos catálogos de música portuguesa, Stereossauro imaginou um álbum que aproxima os universos do hip hop e do fado, tendo para tal usado samples de clássicas interpretações de Amália Rodrigues ou Carlos Paredes, entre outros, num álbum em que participam nomes como Ana Moura, Camané, Gisela João, DJ Ride, Carlos do Carmo, Paulo de Carvalho ou Chullage e NBC. Ao vivo, além de trazer sempre alguns convidados, Stereossauro apresenta um extraordinário espectáculo que combina vídeo e música ao vivo de forma que a imprensa não se tem cansado de aplaudir. Será um dos pontos altos do cartaz do Évora Urban Village que promete ainda actuações de Criolo, Virgul, Blaya ou Shaka Lion, além de inúmeras apresentações por destacados colectivos ligados às danças urbanas.

A actuação de Stereossauro substitui assim a de Mishlawi que por motivos imprevistos e alheios à vontade do artista, do promotor e produção do Évora Urban Village não poderá ter lugar.

Para o local histórico de Évora, cidade milenar carregada de memórias mas com olhos voltados para o futuro, Stereossauro promete uma actuação ímpar: "A minha música também combina memória e futuro, por isso acho que faz sentido juntar Évora ao mapa deste 'Bairro da Ponte'", explica Stereossauro.
 
Uma produção Artistica da AMG Music.

Um Festival Jovem, para o Futuro, promovido pela Câmara Municipal de Évora.

MASTIFF RECORDS PREPARA ESTREIA COM SINGLE DE EXPEÃO COM CAPICUA




















A Mastiff Records é um novo selo baseado no Porto que resulta das vontades do rapper Expeão, membro dos históricos Dealema, e de João Pereira (aka T-Rex) e que se pretende afirmar como plataforma independente apostada em trazer “novas sonoridades ao público”.

A estreia da Mastiff acontecerá já no próximo dia 27 de Setembro com a edição de "Magnólia", single que reúne versos de Expeão e Capicua, uma colaboração inédita que abrirá a porta para um novo catálogo que quer surpreender os amantes de música nacionais.

PODAH COM NOVIDADES

Podah é o novo projeto musical de Cláudio Trindade (também conhecido como Frank Bak), fundador de The Vein, Almaplana, Soro, Archybak e participante em diversas outras aventuras sonoras. Música com tempero étnico português e mensagens de forte componente ativista, pretende despertar consciências num mundo cada vez mais alienado.

Redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/podahh
Instagram: https://www.instagram.com/podahpower
Youtube: https://www.youtube.com/podahpower

IVY NO SANTOS DA CASA


PROGRAMA DE 16/09/19
















1 - Hugo Martins - Estás a fim
entrevista Hugo Martins
2 - Hugo Martins - Contigo
3 - The Neon Road - Ghost in a jar
4 - Dan Riverman - Allright
5 - The Happy Mess - Waltz for lovers (com Rita Redshoes)
6 - Nancy Knox - Blue screen (of death)
7 - Loosense - Flamingo
8 - Time For T - Screenshot
9 - Museum Museum - Heartbreak, heartburn, heart attack

II FESTIVAL APURA EM COIMBRA








Festival Apura aumenta a sua oferta conjugando mais de 60 artistas multidisciplinares distribuídos pelos três dias de festival. A programação mantém-se diversificada através de concertos, exposições, instalações artísticas, mercados, performances, e outras atividades ao vivo.


Repetindo a parceria da primeira edição, a cerveja tradicional de Coimbra, Praxis, mantém-se como parceira oficial do festival. Noutro contexto colaborativo, estabelecem-se ligações entre a Casa das Artes Bissaya Barreto, que o acolhe, o Salão Brazil e, num formato que une a cidade da Baixa até à Alta, são fomentadas parcerias que incluem a República do Bota-Abaixo, a Rádio Universidade de Coimbra, Rádio Baixa e a Associação Portuguesa de Festivais de Música, entre outras.
 
A II edição do Festival Apura ocorre na Casa das Artes Bissaya Barreto nos próximos dias 26, 27 e 28 de setembro.
 
Facebook | Instagram



















Depois da edição do single "Não Te  Aborreças", em Abril deste ano,  os Ganso estão oficialmente de  regresso. "Os Meus Vizinhos" é o  segundo single que antecipa o segundo longa-duração. "Não Tarda", editado pela Cuca Monga/Sony Music, tem data  de lançamento agendada para 27 de  Setembro. A edição física do disco  servirá também como ingresso para  assistir à sua apresentação ao vivo:

5 de Outubro @ Hard Club, Porto
10 de Outubro @ B.Leza, Lisboa

Produzido nos estúdios da Cuca Monga este novo trabalho denota uma maior maturidade no processo de composição da jovem banda, afastando-se dos riffs rasgados que marcavam os dois trabalhos anteriores, deixando espaço para uma abordagem mais contemplativa, assente em cadências mais relaxadas e ambientes mais complexos.

JOANA ESPADINHA EM PALCO















"O MATERIAL TEM SEMPRE RAZÃO" NO TEATRO VILLARET
  BENJAMIM, LUÍSA SOBRAL E SAMUEL ÚRIA CELEBRAM COM JOANA ESPADINHA

O Teatro Villaret em Lisboa, foi o palco escolhido para a celebração de "O Material Tem Sempre Razão", o último trabalho da Joana Espadinha que foi publicado precisamente há um ano e que tem motivado rasgados elogios à cantautora.
 
Com participação especial na festa, os amigos Benjamim, Luísa Sobral e Samuel Úria juntar-se-ão a Joana e banda num concerto que promete uma visita exemplar ao melhor do léxico da pop produzida em Portugal. Se os convidados são insuspeitos que declarar sobre de "O Material Tem Sempre Razão" e conjunto de canções que Joana Espadinha criou?
 
No ano transacto fez um convite aos nossos corpos e corações com a canção “Leva-me a dançar”. E levou-nos de imediato - a abanar a anca mas também a activar a circulação das emoções ao som da sua voz forte e cristalina, emancipada e sedutora.
 
De declaração romântica, esta canção passou a um dos mais profundos marcos da música nacional de 2018. Foi a primeira canção da lista de melhores canções pela VICE, a mais votada pelo público do A3.30, integrou as dez melhores canções listadas pela ANTENA 3 e foi a primeira canção lançada de um disco considerado um dos melhores trabalhos do ano pela BLITZ, ALTAMONT, EXPRESSO ou OBSERVADOR, entre outros.

SEBASTIÃO ANTUNES & QUADRILHA AO VIVO















PERGUNTEI AO TEMPO
DIA 16 NOVEMBRO | CAPITÓLIO | 21H30
AVM MUSIC EDITIONS

Sebastião Antunes & "Quadrilha" escolheram para este concerto 20 canções que pretendem retratar as fases mais importantes da sua história.

Ao partilhar o palco com muitos convidados, o grupo quer reviver as festas, as alegrias, os bons momentos que ao longo dos anos deram tantas alegrias ao grupo e aos seus fãs. Estas são as principais razões para partilhar com o público mais um momento de celebração da vida, ao som de canções que fazem parte da memória sentimental de muitos de nós.

Contam-se as horas de estrada, encontros, discos e as idas e vindas de muitas influências. A proposta é cruzar num espectáculo as várias motivações que moveram esta "Quadrilha" ao longo de todo este tempo, juntam-se assim diferentes contextos, diferentes momentos no retrato de uma forma de ser que se veio afirmando, deambulando entre o último álbum do grupo, “Perguntei ao Tempo” e 25 anos de boas memórias sempre presentes na sua identidade. 

domingo, 15 de setembro de 2019

YOU CAN'T WIN, CHARLIE BROWN NO SANTOS SA CASA














Os You Can't Win, Charlie Brown passam hoje pelo Salao Brazil, quando forem 17h30. Afonso Cabral esteve à conversa com os SANTOS DA CASA - RUC sobre a digressão que assinala o seu décimo aniversário. Fausto da Silva e Nuno Ávila estão de regresso aos 107.9 FM quando forem 19h.
 

PROGRAMA DE 14/09/19

1 – Alma Menor – Botão de carne (c/ Luis Peixoto)
2 – Cataventos – Perfeito desconhecido
3 – O Gajo – Cacilheiro
4 – Rezas, benzeduras e outras cantigas – Oração a Santa Bárbara
5 – Gaiteiros de Lisboa – Chamateia (C/ Filipa Pais e João Afonso)
6 – Sopa de Pedra - Adeus ó serra da lapa
7 – Retimbrar – Viva
8 – Diabo a Sete – Tamboril

9 – Dullmea – Absentia
10 – Joana Guerra – Carpideiras
11 - Mathilda – I don’t like tea
12 – April Marmara – New home
13 – Silly Boy Blue – Alcohol
14 – Little Friend – Sombre song
15 – Allonesong – Rain on the beach

sábado, 14 de setembro de 2019

CAIO COM NOVO SINGLE E DOCUMENTÁRIO




















Leva-me Contigo, o Documentário

A Estrada Nacional 2, com os seus quase 739 quilómetros, é a maior de Portugal e uma das maiores do mundo. Atravessa Portugal de Chaves a Faro, numa linha contínua que não é feita só de asfalto. Estrada mítica e com identidade própria, é o mais belo caminho para conhecer as pessoas, as paisagens – o País, em suma.

O escritor Afonso Reis Cabral – autor dos romances O Meu Irmão (vencedor do Prémio LeYa) e Pão de Açúcar – decidiu percorrê-la a pé. Durante vinte e quatro dias, completamente sozinho, deixou que a estrada o guiasse: cruzou montanhas e planícies, mergulhou em rios, caminhou debaixo de tempestades e sob o sol ardente. Mas sobretudo parou para conversar com quem encontrava. No fim de cada dia, publicava na sua página de Facebook um diário escrito no telemóvel relatando os principais eventos da viagem. Com milhares de leitores, comentários e partilhas, os seus textos geraram grande entusiasmo. Durante a caminhada o Afonso filmou, com uma pequena máquina, passagens desta experiência única. Nos meses de Junho, Julho e Agosto, uma equipa portuguesa esteve a preparar um documentário para dar outro sentido ao livro. Com várias entrevistas ao escritor sobre a sua aventura e entrevistas com algumas das pessoas que foram essenciais durante o percurso, este documentário que terá o mesmo nome do livro, estará pronto em Outubro. Produzido pela Beautiful Confusion, realizado por João Pedro Félix e com banda sonora do CAIO que criou um tema inédito para este protejo: “Memórias de Amor”.

Sobre os autores :

 Afonso Reis Cabral nasceu em 1990. Aos quinze anos publicou o livro de poesia Condensação. É licenciado em Estudos Portugueses e Lusófonos, fez mestrado na mesma área e tem uma pós-graduação em Escrita de Ficção. Foi duas vezes à Alemanha de camião TIR em busca de uma história, a primeira das quais aos treze anos. Trabalhou numa vacaria, num escritório de turismo e num alfarrabista. Em 2014, ganhou o Prémio LeYa com o romance O Meu Irmão, que se encontra em tradução em Espanha e já foi publicado no Brasil e em Itália. Em 2017, foi-lhe atribuído o Prémio Europa David Mourão-Ferreira na categoria de Promessa, e em 2018 o Prémio Novos na categoria de Literatura. No final de 2018, publicou o seu segundo romance, Pão de Açúcar, com forte acolhimento por parte da crítica. Entre Abril e Maio de 2019, percorreu Portugal a pé ao longo dos 738,5 quilómetros da Estrada Nacional 2. Trabalha actualmente como editor freelancer. Nos tempos livres, dedica-se à ornitologia, faz Scuba Diving e pratica boxe.

CAIO é o nome artístico a que o lisboeta João Santos dá corpo. Um projecto artístico a solo com uma construção inspirada sobretudo no romance em que se pode transformar a vida - tanto nas suas catástrofes como nas suas grandezas.

 Com uma guitarra e voz o artista segue uma linha de composição num estilo José Gonzalez, acústico-ambiente, que alcança um misto de energia e vivacidade.

RUI DAVID ANUNCIA SINGLE









O músico e compositor portuense edita o seu álbum de estreia, “Contraluz”, no próximo dia 20 de Setembro. Um disco entre o intérprete que Rui David sempre foi e o autor que vem sendo. Daí a contraluz, porque há alguma coisa que se revela e outra que se esconde.

Depois de “Sem Medo”, tema da autoria de Jorge Palma com que Rui David se destacou no Festival da Canção 2018, e do single “Homem Novo”, com letra e música de Carlos Tê, segue-se “Sol da Primavera”, composto e interpretado em dueto por Manel Cruz. Este é o novo single que fará parte do concerto de apresentação agendado para 12 de Outubro no Auditório Carlos Paredes, em Lisboa, e que vai contar com a participação especial de Jorge Palma. Os bilhetes para o concerto custam 10€ e já estão à venda nos locais habituais e online.

“Contraluz” é uma edição de autor com distribuição da Sony Music e estará disponível a partir de dia 20 em formato CD e nas plataformas digitais.
 
Antevisão de "Sol da Primavera" de Rui David com Manel Cruz. O videoclipe do tema, realizado por Joana Linda, estreia também a 20 de Setembro, o mesmo dia em que "Contraluz" é editado
 

CUCA ROSETA UNE-SE À ORQUESTRA DE CÂMARA DE CASCAIS





















SLICK LANÇA SINGLE




















O projeto a solo de Hugo Oliveira, vocalista da banda algarvia badweather acaba de partilhar o seu novo single acompanhado de um videoclip, de tom descontraído e cómico, a igualar a música.

“Virginia” é o segundo tema que apresenta do seu primeiro EP “Bitter”, que tem lançamento previsto para Outubro deste ano. "Closure" foi o primeiro single e já se pode ouvir em todas as plataformas digitais. Este projeto foi completamente gravado e produzido pelo mesmo, com o produtor e guitarrista Alberto Hernández na mistura e master.

"Slick" é o nome desta abordagem a solo às composições de Hugo Oliveira, que sob este nome contam com uma vibe mais crua e experimental, semelhante mas distinta dos trabalhos da banda. Establecido no Porto, estes são os seus "desabafos sem compromisso". Este novo single aborda o universo do indie pop, com folk à mistura e letras que garantidamente ficam no ouvido.

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

PROGRAMA DE 13/09/19
















1 - Ivy - Black matter
entrevista Rita Sampaio (Ivy)
2 - Ivy - 8h17 am w/ Rui Gaspar
3 - Diabo a Sete - Corpo inteiro
4 - Retimbrar - Viva
5 - Bia Maria - Dissabor
6 - Janeiro - Solidão
7 - Reis da República - Fábula
8 - Caio - Memórias de amor
9 - André Júlio Turquesa - Super-herói
10 - Frederico Gonçalves - Estrela cadente

MICHELE RIBEIRO CONVIDA SALVADOR SOBRAL PARA O SEU DISCO DE ESTREIA




















Michele Ribeiro, pianista e compositora, apresenta o seu primeiro projeto autoral, Luz de Outono, a ser editado no próximo dia 20 de Setembro. O seu primeiro single, Rising Blue, foi editado no passado dia 6 e esta sexta-feira a artista lança “Luz de Outono”, a música que dá nome ao álbum e que conta com a colaboração de um convidado especial, Salvador Sobral.


O álbum apresenta a face instrumental da compositora e conta com a participação de dois convidados especiais, Salvador Sobral no tema "Luz de Outono" e Luanda Cozetti no tema "Um ser Matriz", poesia de Tatiana Cobbetti que assina também a direção do projeto. A artista esteve em estúdio com a sua formação preferida, um trio de Brazilian Jazz - Piano (Michele Ribeiro), Contrabaixo (Romulo Duarte) e Bateria (Rogério Pitomba).

Natural do Brasil, mas há 13 anos a viver em Portugal, Michele Ribeiro fez parte de diversos projetos musicais ligados ao jazz e a música ligeira, tendo acompanhado intérpretes portugueses bastante conhecidos como Paulo de Carvalho, Carlos Mendes, Vitorino, Luís Represas, Jacinta, Dora, Anabela, Carlos Coincas, etc. 

O concerto de apresentação do novo álbum tem data marcada para o dia 21 de setembro, na Fábrica do Braço de Prata, Lisboa

Nascida em Curitiba-Paraná, no Brasil, Michele Ribeiro iniciou os seus estudos musicais aos 11 anos e com 13 anos foi vencedora de um festival de música em Curitiba ao interpretar um tema de Billy Cobham.

Anos mais tarde entrou para a Escola de Música e Belas Artes do Paraná onde estudou piano erudito por 4 anos. Trabalhou em estúdio como compositora de arranjos para gospel big bands, jingles, spots publicitários e vinhetas. Em 2000 fez parte da Orquestra de Câmara Arturo Toscanini viajando pelo Brasil com o projeto Beatles Sinfônico. Em 2006 mudou-se para Portugal e licenciou-se em Piano Jazz pela Escola Superior de Música de Lisboa. Fez parte de diversos projetos musicais ligados ao jazz e a música ligeira, tendo acompanhado intérpretes portugueses de renome como Paulo de Carvalho, Carlos Mendes, Vitorino, Luís Represas, Jacinta, Dora, Anabela e Carlos Coincas.

Também faz parte de outros projetos com Silvia Nazário (Bossas e outras Novas), Luanda Cozetti (Couple Coffee), Gabriel Godoi, Maria Anadon, Ciganos d'Ouro, Diego El Gavi, Havana Way, etc.

O seu álbum de estreia, "Luz de Outono", dá destaque ao trio de Brazilian Jazz (Piano, Contrabaixo e Bateria).